Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Comissão Europeia avalia pedidos e sugestões de ministros da ...
O Conselho Europeu aprovou um novo fundo de recuperação económica assente numa revisão do próximo quadro financeiro plurianual (que será financiado por emissão de dívida por parte da Comissão Europeia). Estima-se que o fundo terá cerca de 1,5 biliões de euros.

O que falta saber? Falta saber se este fundo financiará os Estados Membros através de subvenções diretas ou através de empréstimos, ou de um mix dos dois.

Os países mais endividados querem que seja por subvenção porque os empréstimos agravam a dívida pública dos Estados-membros. A maioria defende um mix, mas há quatro países que defendem que deve ser apenas através de empréstimos. Mas a presidente da CE defende o mix de ambos.

Outra coisa que falta saber é para que servirá esse dinheiro? Esse fundo é uma espécie de um Plano Marshall e para reestruturar a economia europeia, por exemplo, para a reindustrialização os estados, com vista a diminuir a dependência económica, por exemplo, dos produtos da China ou para a digitalização da economia. Este dinheiro não servirá para financiar o Estado Social.



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.04.2020 às 22:59


Mais tentativas, retóricas, de centralismo numa maré de "salve-se quem puder se for capaz", soa ao classico "pontapé na lata rua abaixo", jangada verbal atirada a náufragos, apenas par disfarçar posições irredutíveis por definição.
Já é tempo de encarar a realidade, planear e sobretudo agir com o existe nela.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.04.2020 às 08:47

kosta vai criar
30 mil observatórios
id de autoridades
ib de comissões
milhões de turistas aguardam em Vilar Joli
Sem imagem de perfil

De Isabel a 24.04.2020 às 13:32

1,5 mil milhões de incentivos num PIB da UE de mais de 15.000 mil milhões de €, serve para enganar quem?
Sem imagem de perfil

De Vasco Silveira a 24.04.2020 às 17:22

Cara Senhora
"...falta saber para que servirá esse dinheiro. "
Se quisermos que a UE responda a essa questão não vai correr bem: a título de justifação desta afirmação, dou o exemplo de um estado que em trinta e cinco anos de adesão já recebeu, em termos  líquidos, verbas comunitárias superiores a 60 do seu PIB; não tendo no entanto convergido com o rendimento médio per capita, da UE, tendo aliás divergido nos últimos 25 anos.
E todos essas verbas (repito 60 % do PIB portugês) eram destinadas e libertadas sob condição de preencherem os requisitos de destino definidos pela união.


Deixem o "animal empreendedor" ser o melhor avaliador, comprometam-no, mas libertem-no de políticas industriais e de desenvolvimento falhadas tantas e tantas vezes.


Cumprimentos


Vasco Silveira
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.04.2020 às 19:06


Os politicos da UE estão a brincar connosco.Há dias aprovaram 540B€ para financiar a economia . agora comunicam que vão criar um fundo de recuperação com 1,5B € para relançar a economia.Portugal terá direito a  , no máximo 1%.Tal significa receber e poder aplicar 150M€. Com este valor vamos relançar o quê? As comemorações do 25 e Abril?Estou farto da irresponsabilidade e das mentiras dos nossos politicos . Esta será a bazuca do PM |AC e do MF |MC para resolver a crise? Os nossos politicos arrebentaram com a nossa economia !


Gonçalo Sequeira Braga

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D