Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foi acusado, o coitado

por henrique pereira dos santos, em 26.11.16

O Observador lá vai actualizando o obituário de Fidel Castro e, ao contrário do que acontecia na notícia original, já tem referências ao carácter do regime mas, francamente, a emenda é pior que o soneto:
"Amado por uns, odiado por outros, foi acusado de autoritarismo, radicalismo, violação dos direitos humanos e perseguição de religiosos e homossexuais. A situação em Cuba, levou milhares de pessoas a abandonarem o país, muitas delas de forma ilegal."
Foi acusado? Tudo lendas, claro, é gente que gosta de má-língua e acusa Fidel Casto de ser homofóbico, é apenas o radicalismo LBGT a acusar toda a gente de tudo, claro.
E são tão malandros, que não só abandonam o país como, criminosos, o fazem de forma ilegal, a ONU deveria olhar para este absurdo das pessoas abandonarem os países ilegalmente só para dizerem mal de governos catitas, em vez de abandonar o país legalmente, como faria qualquer pessoa de bem.

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernando S a 26.11.2016 às 11:55

Eh pá, o tipo até pode ter cometido alguns erros e algumas maldades, mas era de esquerda, fê-lo em nome do e para o povo, para o libertar da ditadura e da exploração capitalista e imperialista (veja-se como a seguir à revolução o povo cubano ficou livre e próspero !...).
Ok, vai ter de passar uns dias no purgatório mas depois vai certamente para o céu !... 
;) 
Sem imagem de perfil

De JC a 26.11.2016 às 13:20

Salazar foi o ditador, Fidel Castro é o líder histórico.
Que raio de vírus que se entranhou nestes jornaleiros da treta.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.11.2016 às 20:30

Nuns, foi o vírus da ignorância, noutros o da idiotice e noutros ainda, um vírus com características muito agressivas - o da ablepsia - ,
Sem imagem de perfil

De Amem a 26.11.2016 às 14:09

Da Wikipédia :
A economia de Cuba é sustentada por recursos naturais que variam de minerais como o níquel e cobalto, com paisagens tropicais que atraem milhões de turistas todos os anos. O capital humano é um dos principais pilares da indústria do país, com a maior taxa de alfabetização, expectativa de vida e cobertura de saúde de toda a região do Caribe.
O índice de pobreza de Cuba era o sexto menor em 2004 dentre os 102 países em desenvolvimento pesquisados pela a Pnud, organismo da ONU.[3] Em 2014 Cuba está entre os 44 países do mundo que ostentam um alto Índice de Desenvolvimento Humano (acima de 0,800); o IDH de Cuba foi 0,838 Na América Latinasó ficou aquém do Chile.[4] O maior gasto, proporcional ao PIB, do mundo com educação pertence a Cuba (8,96% do PIB), seguida da Dinamarca (8,51% do PIB) e Suécia (7,66% do PIB).[5]
De acordo com o relatório do PNUD sobre qualidade de vida e desenvolvimento humano, Cuba é o segundo melhor país para se viver na América Latina, com uma expectativa de vida de 78,5 anos e um de alfabetização de 99,8%, maior do que em países vizinhos, como México, Costa Rica ou as Bahamas. Em 2009, a UNICEF confirmou que no país houve uma desnutrição infantil de 0%.[
Imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 27.11.2016 às 08:52


Se bem percebi, como os indicadores económicos e sociais da Alemanha nazi eram bastante bons, Hitler fica legitimado, é isso?
Em qualquer caso, teríamos muito a discutir sobre esses números, mas não vale a pena porque as ditaduras não se legitimam pelos resultados, mas sim pelos processos de governo (o que significa que, para serem legítimas, têm de deixar de ser ditaduras).
Sem imagem de perfil

De Fernando S a 27.11.2016 às 10:20

Tendo naturalmente em conta que se passaram entretanto varias décadas e o mundo mudou, a verdade é que Cuba tinha já dos melhores indicadores sociais da América Latina e estava mesmo à frente de muitos paises hoje considerados desenvolvidos antes ... da chegada dos comunistas e de Fidel Castro ao poder !!...
Se não tivesse existido a parenteses comunista de varias décadas (e que ainda não foi fechada), Cuba seria hoje quase certamente o pais latino americano mais desenvolvido e mais próspero, muito provávelmente à frendo do actual campeão, o Chile (o tal pais onde um tal Pinochet fez um golpe militar para por fim a um processo de comunização liderado por um tal Allende) ! 

Já agora, apesar de ter resultado de um golpe de Estado e de ter caracteristicas autoritárias e repressivas, o regime de Fulgêncio Baptista era muito menos ditatorial e fez muito menos vitimas do que o regime comunista liderado por Fidel Castro !
De resto, foi muito graças a essa liberdade de movimentos dentro de Cuba que Fidel Castro e os seus apaniguados puderam desenvolver as suas actividades subversivas e conspirativas que desembocaram no derrube pela força do regime de Baptista.
Por exemplo, Fidel de Castro e um grande numero dos seus companheiros estiveram então envolvidos numa tentativa de golpe de Estado que falhou, foram presos e condenados a anos de prisão, mas acabaram por ser libertados ao abrigo de uma amnistia menos de 2 anos depois.
Imagine-se só o que lhes teria acontecido se fossem opositores ao regime castrista : o mais provável é que tivessem sido fuzilados, quando muito teriam apodrecido durante décadas nas masmorras comunistas !!
Sem imagem de perfil

De JC a 27.11.2016 às 21:11

Cuba é um país assim tão bom que nem se percebe porque raio os cubanos fogem todos para os EUA.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Todos devem ir votar , não no PS e esquerdas. Port...

  • Anónimo

    E a malta bovina a deixar se ir docemente para o p...

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D