Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




«Estamos zangados porque o desmentido não deixa dúvidas!»

por José Mendonça da Cruz, em 26.09.14

Tendo o primeiro-ministro posto as contas em ordem sobre os arremessos de lama, parece que as dúvidas que restam no largo do Rato e entre os lacaios do Rato mais azedos nas redacções são estas: que Pedro Passos Coelho demorou muito a esclarecer, e que se «escondeu atrás das instituições».

Três observações sobre isto:

1ª. Os que falam de demora continuam a cair no erro de desvalorizar a extrema frieza do PM; pessoalmente, prefiro esta frieza às reacções destemperadas e ordinárias do PM de péssima memória; neste ambiente de esgoto, anda muita gente esquecida do que é a normalidade democrática.

2ª. Os que acusam o PM de esconder-se atrás das instituições parecem ter esquecido paixões bem recentes pela Constituição; pessoalmente, julgo que ganhamos em sanidade ambiental e clareza política com o «normal funcionamento das instituições», ou, no caso, quando são as instituições, a AR e a PGR, a esclarecer ou desmentir aquilo que ninguém, nem o próprio visado, poderia esclarecer ou desmentir com tanta prova, imparcialidade e certeza.

E 3ª. observação, dirigida aos ingénuos: quem julga que um desmentido ou um esclarecimento de Passos Coelho no princípio da semana teria resolvido alguma coisa mostra surpreendente inocência e demonstra acreditar em fadas, nomeadamente: a) que as acusações não têm qualquer relação política ou cronológica com o facto de dois protagonistas queridos das governações socialistas terem acabado de ser condenados em tribunal por corrupção e má gestão de dinheiros públicos; b) que as acusações e suspeitas publicadas por televisões e jornais resultam de trabalho jornalístico e não de trabalho político e serventuário; c) que os pseudo-jornalistas e serventuários se contentariam ou calariam (ou sequer ouviriam) algum esclarecimento ou desmentido vindo do próprio alvo das suas campanhas.

Ora a candura e a inocência e a ingenuidade são coisas muito calorosas, mas não exageremos.

E insisto: tendo o PM prometido tirar «todas as conclusões e consequências» dos acontecimentos desta semana, que «conclusões e consequências» tira para os promotores e alimentadores da campanha política e difamatória e para a benevolência de que gozam? 



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Cfe a 26.09.2014 às 15:40

Excelente. Mas os praguejadores vão assobiar para o lado.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 26.09.2014 às 16:02

Significa que ele vai continuar na liderança do PSD? Que pena que a Troika não o leve para Bruxelas...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.09.2014 às 17:16

Não deixa dúvidas?!


1,000 contos por mês no final da década de 90 durante 3 anos e não deixa dúvidas?!
Pena tenho do que a minha geração tem que passar para que os que nunca têm dúvidas continuem por aí a "amanhar-se".


provavelmente sou eu que tenho de nascer mais 10 vezes para ver isto de outra forma e deixar de achar que estamos literalmente entregues aos bichos.
Sem imagem de perfil

De murphy a 26.09.2014 às 23:45

Para quando uma carta anónima a denunciar que Passos "puxou os cordelinhos" na PGR para safar o seu amigo Relvas?...
http://jornalismoassim.blogspot.pt/2014/09/corolario-da-esquerda-boazinha-vs.html (http://jornalismoassim.blogspot.pt/2014/09/corolario-da-esquerda-boazinha-vs.html) 
Sem imagem de perfil

De bald a 27.09.2014 às 01:44


boas,
uau...!!!
não ficam dúvidas para quem quer colocar umas talas e ignorar todas as situações que se foram sucedendo...
toda a gente sabe o que a tecnoforma fez (ou quereria fazer): "aplicar" dinheiro de fundos europeus na formação de pessoal - cerca de 1000 - em NOVE aeródromos do centro do país onde só TRÊS estavam a funcionar com cerca de UMA DEZENA de trabalhadores... isto tudo com uma mãozinha do relvas... quem mais! (googleit: tecnoforma aeródromos). nem vale a pena dizer mais nada do quão pouco claro isto é, envolvendo o sr. relvas, então... só coisas honestas se podem esperar!
de todos, o ppc, até nem é dos que desgosto mais, mas para quem queria passar uma imagem de pessoa correcta, já houve alguma situações em que se pôs a jeito... e este é mais um dos casos (mas todos têm, não é exclusivo dele). esses, "pagamentos por representação" eram e são, muito comuns e uma forma contornar a lei... ainda hoje se faz, mas que a sua credibilidade e seriedade ficam afectadas, disso não haja dúvidas, e tudo porque está ligado a uma empresa com historial muito duvidoso.
pior ainda, foi a conferência da tecnoforma para o ppc... roça o ridículo.
os partidos políticos, e principalmente as j's, infelizmente, parem estas criaturas muito pouco sérias, para ser meiguinho... esta gente, infelizmente, é a "escola" que tem (ou a falta dela). enfim, o país que temos...
quanto às observações... nada... fait-divers, banalidades sem interesse, o normal... toda a gente sabia como isto iria terminar, porque todos (os partidos) têm "em casa" situações iguais ou piores e já sabiam toda a argumentação que iria ser formulada e apresentada, portanto nada de novo. só não percebo é o espanto com que alguns receberam as declarações.
concluindo, esclarecidos, sim, na medida em que não há ilegalidades e é prática corrente, mas que as situações são muito pouco claras, é uma evidência. no entanto, concordo que não se deve fazer um caso disto, porque é igual para todos e não vale a pena andar a colocar mais instabilidade num país em constante "vibração".
cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Ziobello a 14.10.2014 às 16:43

podemos somente esperar que no futuro, as coisa vao melhorar

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ouvi há pouco na sicN pelas 20h :26m (é uma interv...

  • Elvimonte

    O negacionismo da sazonalidade de todos os coronav...

  • Marques Aarão

    Com este circo montado deixou de haver palhaços sé...

  • henrique pereira dos santos

    Não, são os países europeus com maior incidência r...

  • Anónimo

    Caro Henrique,Permita-me que o informe que deixou ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D