Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Espaquê?!

por José Mendonça da Cruz, em 28.05.23

Ah que sorte haver o Benfica, ah que conveniente esta guerra na Ucrânia, ah que bom haver eleições na Turquia, ah que emoção a Mortágua é lésbica. Se não fosse Benfica e Ucrânia e Turquia e as lésbicas as nossas televisões teriam que noticiar coisas de Espanha, eleições importantes em Madrid, em Sevilha, na Andaluzia toda, na Espanha toda de cima a baixo e de um lado ao outro (a menos que, compreensivelmente, as tvs se focassem nas Canárias). Até agora só vi que a RTP tenha reparado: até tinha lá uma repórter a dizer aos espanhois que partidos deviam desaparecer e como deveriam votar eles.

Ou a sério: chegou a isto o «jornalismo» em Portugal?! São esta choldra as direcções de «informação»?! Estão à espera de quê, de instruções dos comissários, de ouvir a voz do dono, do «enquadramento» do Bloco, de recuperarem do choque?! Não sobra um resquício de um átomo de brio ou vergonha, pobre gente sem espinha nem competência, pobres diabos que julgam que apagam o mundo quando não lhes convém?!


19 comentários

Imagem de perfil

De O apartidário a 29.05.2023 às 07:23

O rigor e a isenção não passam de palavras sem sentido e trans(formadas em piadas.
Imagem de perfil

De O apartidário a 30.05.2023 às 14:20

A informação enviesada anda de mão dada com a dissonância cognitiva 
https://institutomillenium.org.br/politica-e-torcida-os-riscos-da-dissonancia-cognitiva/
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.05.2023 às 10:07

Não tiveram tempo para essas minudências. Estavam entretidos com as eleições da Turquia
Sem imagem de perfil

De Jorge a 29.05.2023 às 10:25

O jornalismo hoje em dia é um eufemismo. Sobre Espanha e a mais que provavel vitoria da direita nicles. E noticias sobre a desastrosa governação socialista a ponto de o Costa lá do sítio ser assobiado de cada vez que sai à rua, nicles. Não vá o mesmo acontecer por cá. 
Sem imagem de perfil

De Francisco Almeida a 29.05.2023 às 10:51

Tem toda a razão mas ainda é pior do que isso. Não consegui ver em lado nenhum a explicação da importância das eleições na Turquia, designadamente do facto do opositor a Erdogan ser um azeri e das possíveis consequências disso.
Mas lá explicaram que se deu o "regresso" de Louçã mas sem sequer insinuar que era para reocupar o lugar do Boaventura como mentor.
Sem imagem de perfil

De César a 29.05.2023 às 12:16

Quando os telejornais abrem com um clube de pontapé na bola e alguns alienados aos saltos a comemorar um campeonato, quando empobrecer alegremente, e ser assaltado em impostos não preocupa o cidadão comum, quando em cima disto tudo temos propagandistas a quem chamam "jornalistas" a darem as notícias como lhes convém, vemos a que estado chegou o país. Um país em que a vida faz parte do futebol e não o contrário, em que se "escondem" notícias para não melindrar a narrativa do politicamente correcto que se quer fazer passar, é um país sem futuro.
Como dizia, William Randolph Hearst" jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Tudo resto é publicidade".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.05.2023 às 15:31

Reles prostitutos/as    -   além de ignorantes/incompetentes....
São os novos "gouvarinhos"  :  para além de Badajoz, desconhecimento total...
JSP
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 29.05.2023 às 16:37


Os jornalistas são para a Política o que os padres foram para Igreja.
Hoje a moral. o que é virtude e o que é pecado é definido pelo telejornal.

A Política substituiu a Religião no Ocidente como mecanismo para alcançar a purificação.

Nós também por isso temos jornalismo de regime de Partido Único. A TVI, SIC , RTP pensam todas o mesmo sobre tudo. Logo é natural que tenhamos um Regime de Partido Único ainda que formalmente Democracia

Por causa disso o PS esteve no poder na larga maioria do tempo e foi preciso uma bancarrota para só por momentos sair.
Note-se que a SIC,TVI, RTP nunca deixariam um governo de direita governar com um programa de direita. A violência política a que eles em "Newspeak" chamam de activismo para proteger essa violência  estará logo a seguir a uma eleição. 
Sem imagem de perfil

De Elvimonte a 29.05.2023 às 17:09


Edward Louis Bernays (1891-1995), o austro-americano pioneiro no campo das relações públicas, publicidade e propaganda, fundamentou todo o seu trabalho em princípios segundo os quais as pessoas são irracionais e as suas decisões, comportamentos e percepção da realidade são facilmente manipuláveis. Tão longe e tão perto dos nossos ancestrais hominídeos, não tendo a generalidade das pessoas consciência disso, de tal forma que têm sido e continuam a ser vítimas da propaganda enquanto outros a usam conscienciosa e implacavelmente. 


"Through clever and constant application of propaganda, people can be made to see paradise as hell, and also the other way round, to consider the most wretched sort of life as paradise." (A. Hitler)


“The people can always be brought to the bidding of the leaders….All you have to do is tell them they are being attacked and denounce the pacifists for lack of patriotism and for exposing the country to danger. It works the same in any country.” (J. Goebbels)


"Former CIA agent Frank Schnepp perfectly describes the process of laundering disinformation to the press in order to get the public to believe government narratives. (...) Based on this testimony, the CIA would lie to journalists, float the same lie within their own agency and agencies in other countries so that journalists would corroborate it, and peddle false information through trusted media figures."
(https://www.sott.net/article/474046-Still-relevant-Watch-this-1983-interview-with-a-former-CIA-operative-who-explains-how-he-circulated-disinformation-by-using-journalists)


"The work of secret counterintelligence services is to misinform the public in order to shape opinion, and that’s what this is. (...) The current [2017] U.S. government campaign to slander Russia over anything and everything it does bears all the earmarks of a classic disinformation campaign. (...) Recently declassified documents (https://www.cia.gov/library/readingroom/document/cia-rdp80b01676r001700030003-0) reveal the CIA’s propaganda extended to all the mainstream media outlets ."
(Artigo originalmente publicado em 2017 e republicado em https://www.veteranstoday.com/2022/11/06/american-imperialism-leads-world-into-dantes-vision-of-hell/ )


"Our job Is to control exactly what people think" (Mika Brzezinski, jornalista, autora e comentadora em directo na TV americana - https://www.youtube.com/watch?v=quU_Tbv96Wk)


Numa recente peça (https://caitlinjohnstone.com/2023/05/28/most-propaganda-looks-nothing-like-this/), Caitlin Johnstone aprofunda a relação entre jornalismo, propaganda e condicionamento da opinião pública.
Imagem de perfil

De O apartidário a 30.05.2023 às 15:10

Além disso (que não é pouco) temos a dissonância cognitiva 
https://imagenssem.blogs.sapo.pt/vies-de-confirmacaoo-que-e-afinal-34173
Sem imagem de perfil

De João Brandão a 29.05.2023 às 18:14


Pois … ainda há quem insista em chamar a isto democracia.
Sem comunicação social capaz - agora é mais intoxicação social - e desmandos sortidos à, ainda que socialista, constituição, ou se esqueceram da definição … ou da vergonha! 
Sem imagem de perfil

De passante a 29.05.2023 às 23:56


chamar a isto democracia.


"Democracy is the theory that the common people know what they want, and deserve to get it good and hard.", como pontificou o camarada H. L. Mencken


Isto é como aqueles jogos com graus de dificuldade crescente, agora joga-se sem cortar (muitas) cabeças, e sem metralhar indiscriminadamente a canalha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.05.2023 às 19:28

Quando a direita sobe ao poder nunca mais há paz. É diariamente vilipendiada pela Kumentadoria e pela "choldra das direcções" num autêntico terrorismo da parte da comunicação social.  
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.05.2023 às 14:03

É de leitura obrigatória e para divulgação:

https://observador.pt/opiniao/o-ovo-kinder-da-serpente/

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Andre A.

    Pelo seu texto, o português (generalização difícil...

  • henrique pereira dos santos

    Qual é a utilidade de escrever esta estupidez a pr...

  • Anonimo

    E no entanto há quem o faça Não se pode dizer que ...

  • Anonimo

    Uma das coisas que mais me espantam é a quantidade...

  • Anonimus

    Tem toda a razão.Os americanos que conheço dizem i...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D