Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Elementar, meu caro Marçal

por henrique pereira dos santos, em 27.12.20

"uma outra ideia, defendida até por gente respeitável, segundo a qual seria possível atingir a imunidade de grupo sem uma vacina, o que não tem fundamentos nem precedentes", escreve o bioquímico e criativo nas Produções Fictícias David Marçal. num ensaio hoje publicado no Público, criticando epidemiologistas de Oxford, Stanford e Harvard, e muitos outros epidemiologistas, como Gabriela Gomes, por exemplo.

"A epidemiologia não é uma ciência para amadores", escreve no mesmo ensaio em que, pouco depois, explica o que é o efeito Dunning-Kruger: "Quando as pessoas são demasiado incompetentes, não conseguem sequer reconhecer a sua própria incompetência".

Eu, por acaso, acho que a epidemiologia, como qualquer outro campo do conhecimento, é também para amadores, para além de defender que o direito à asneira é sagrado, mas achei tão delicioso este ensaio que resolvi resumi-lo nos dois parágrafos anteriores, mesmo discordando do que lá está escrito.



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.12.2020 às 22:38

Esse indivíduo, no que toca a epidemiologia é um absoluto e incompetente amador e não cessa de se arvorar em especialista do tema. Como é que se ultrapassaram as 3 pandemias (de vírus respiratórios) do século XX? Em 18/19 não havia vacina e em 57/58 e 68/69 quando chegaram, já pouco vírus havia... Em epidemiologia, se não é boi é vaca. Como não foi com vacina (nem a população humana se extinguiu, que eu saiba), foi com imunidade adquirida pela contração da doença. Os vírus respiratórios funcionam de forma muito parecida. 
Sem imagem de perfil

De xico a 28.12.2020 às 00:14

David Marçal é alguém que despreza a sabedoria popular, (porque entende que só os cientistas são competentes), esquecendo-se que foi a sabedoria popular que levou à descoberta da vacina da varíola, por exemplo.
Sem imagem de perfil

De Elvimonte a 28.12.2020 às 11:25

É óbvio que quem escreve "segundo a qual seria possível atingir a imunidade de grupo sem uma vacina, o que não tem fundamentos nem precedentes", aparenta uma profunda ignorância, ficando sem se saber se é de ignorância que se trata, se os disparates que escreve servem o destaque que lhe é dado, ou se o complexo farmacêutico de interesses o tem na lista de avençados.


Em todo o caso, todas as grandes epidemias que assolaram a Humanidade antes do advento das vacinas, já que a imunidade de grupo sem uma vacina não tem fundamento nem precedentes, terão terminado por milagre epidemiológico. 

Sem imagem de perfil

De lucklucky a 28.12.2020 às 11:26


Credencialismo.
Tens um papel que diz que fizeste um curso logo já sabes tudo. Não interessa claro o valor do curso, o que se aprendeu no curso e se há algo mais fora do curso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.12.2020 às 15:34

a epidemiologia é tipo bruxedo e mau olhado
necessita duma vassourada
trabalheira por desporto no sector duma multi dos camones como gestor de marketing «a arte de vender merda com sabor à mesma»
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.12.2020 às 20:13

Não sei quem é David Marçal, nem faço tenções de me informar. Mas que é um grande presumido e um cabotino, dá para perceber (pelos parágrafos). 
E essa é boa, a dos "amadores" não poderem discorrer sobre assuntos fora da sua área! Também acho uma afirmação deliciosa, pelo atrevimento. 
Ainda tem muito caminho para andar, esse tal DM.


Sem imagem de perfil

De pitosga a 30.12.2020 às 23:29

Apesar de não acreditar em datas mágicas, que este ano seja de Paz para si e para aqueles que estima.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Júlio Sebastião

    O António José Seguro começou a dar aulas de mestr...

  • Anónimo

    Há sistemas baseados no voto que não são democráti...

  • Elvimonte

    Já dizia Eça: "Os partidos elegem-nos e nós votamo...

  • Anónimo

    Que esperar de um Regime corrupto, de corruptos, ...

  • Anónimo

    Muito bem analizado. Apenas mais uma das consequên...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D