Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É admirável a democracia na América

por Jose Miguel Roque Martins, em 18.11.20

Nos EUA, Trump continua a demitir responsáveis por ele nomeados, por estes confirmarem os resultados das eleições.

O que faz uma democracia robusta, é muito mais do que uma arquitectura institucional adequada.  São as pessoas que as representam e os valores que são criados,  partilhados e entranhados na população.

Estes muitos Republicanos que validaram a justiça das eleições, sabiam que iriam ser despedidos. Mas acredito que nem pensaram duas vezes na hipótese de mentirem.

É admirável a democracia na América.

 

PS: Prova-se , também que a polémica sobre a maioria de juízes nomeados por republicanos no supremo tribunal não passa de uma histeria. 



21 comentários

Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 21.11.2020 às 11:58


Não é "a admirável a democracia na América", mas a admirável manipulação cá! Um assunto interno da América foi promovido a assunto importante para nós e alguns dos nossos assuntos importantes são ignorados.



Não explicou qual o interesse disto para nós? Nós temos os nossos problemas mas interessam as manobras de diversão para desviara a atenção deles. Se lá há problemas ou não, eles são muitos, que se intendam, pediram-lhe ajuda?


Depois nem sequer percebi o problema, Trump é Presidente até ao último dia e se fez algo é porque terá legitimidade para o fazer, é um não assunto para nós.



Devia era falar nos nossos problemas, na nosso democracia, eu falo neles mas não interessa que sejam conhecidos. E ainda há pouco tempo eu comentei um post seu onde disse que ignorou um comentário meu há já algum tempo, e continuou a ignorar apesar de falar num assunto importante para nós, as "filtragens" que os media fazem de modo a mostrar apenas o que lhes interessa ou o que não consigam ocultar. Antes do 25 de Abril também haviam "filtragens" e chamavam a isso censura.
Imagem de perfil

De Jose Miguel Roque Martins a 21.11.2020 às 18:29

 O que se passa nos EUA é de enorme importância em todo o mundo. E é tema de interesse para muitos de nós. Eu inclusive. 
Claro que há muitos outros temas e a política nacional é mais relevante. Por isso é alvo da maior parte dos post aqui no Corta fitas. 
Quanto aos media, sugiro que siga os post do jose Mendonça da Cruz que é quem mais e provavelmente melhor caracteriza os pecados da imprensa portuguesa! 
Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 21.11.2020 às 19:54


Não concordo, está a generalizar. Algumas coisas que acontecem nos EUA podem ser de enorme importância para o mundo, assim como o que acontece em mais alguns países, mas não devemos generalizar e neste caso concreto não percebo qual a importância, como disse é um assunto interno deles. Importante é o que tem impacto nas nossas vidas, ora isto que falou não tem impacto directo em nós nem podemos fazer nada pois é um assunto interno deles.


Disse a política nacional é mais relevante, outro problema é que para alguns pouco mais há além da política, é uma moda que se criou e é seguida. Alguns não sabem mas não existem dois poderes, mas quatro, sendo o quarto os media.



O assunto que falei e que também chamou de "pecados da imprensa portuguesa" é mais relevante para nós do que muito do que se passa nos EUA pois tem impacto nas nossos vidas.


Viu esta "noticia" muito importante para nos! Filho de Trump, Donald Jr., testa positivo para COVID-19. Será isto de enorme importância em todo o mundo?


Devia estar mais interessado no que acontece no seu país pois em geral é o mais importante.
Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 25.11.2020 às 21:32


Esperava que dissesse qual a relevância para nós do que disse no post. Não tem relevância!
Também estou a ver que não tem nada a aprender com os outros.



Este artigo fala no problema que eu disse: https://ionline.sapo.pt/artigo/677222/-problemas-globais
Onde diz: "Não costumo gastar muito tempo com os problemas internacionais em geral e da União Europeia em particular, porque existem problemas suficientes em Portugal a requerer a nossa atenção para me preocupar com as questões em que a nossa influência é fraca."


Existem mesmo problemas suficientes em Portugal a requerer a nossa atenção, mas interessam as manobras de diversão. É fácil criticar os outros mas por vezes também somos parte do problema.



Veja a quantidade de pessoas que falam nos "problemas globais". Alguns seguem os outros sem questionar o seu interesse, preocupante!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Danny the Fox

    Publicação interessante, mesmo para quem não está ...

  • pedro

    nao ouso dizer "excessivamente extenso", mas para ...

  • Anónimo

    Tem "costela" do Mestre Alçada Baptista...

  • Anónimo

    comparando os estados socialistas com as putas'pag...

  • Elvimonte

    Extraordinário o senhor Alexis de Tocqueville. Um ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D