Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Duas nacionalizações* no mesmo dia!

por José Mendonça da Cruz, em 02.07.20

Vamos ser a inveja da antiga Albânia, de Cuba, da Venezuela. Não imaginam já as filas compactas de investidores estrangeiros a quererem criar cá empresas?!

 

*Na língua de trapos socialista parece que quando uma empresa passa de privada a detida pelo Estado em 72,5% isso se chama «reversão».



6 comentários

Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 02.07.2020 às 22:51

Socializam-se nos prejuízos, privatiza-se lucros. Em Portugal, como me parece no resto do mundo, o Mercado Livre é só para os pequeninos. Dirão porventura que a Efacec empregava 2500 pessoas. Bem, só desde Março os desempregados aumentaram umas centenas de milhares. A estes quem os foi buscar? Quem lhes deu a mão?


Uma paródia. No final ainda vamos ter de pagar ao Estado Angolano caso se prove que as acções de Isabel dos Santos foram compradas ilegitimamente com dinheiros públicos. 
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 03.07.2020 às 09:54

Ora, julga o autor do post que noutros países não se faz exatamente o mesmo, em circunstâncias análogas?
Estamos perante dois casos excecionais, como qualquer pessoa reconhece.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.07.2020 às 21:23

Não julga. Sabe que não é assim. Veja o que a GB fez com as empresas, ou o que a Alemanha fez com a Lufthansa. Mas é claro: são países que poupam, em vez de andarem a gastar com medidas demagógicas com uma mão e a fazer cativações com a outra.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.07.2020 às 11:33


As pernas do Sr. Neeleman não estão a tremer. Apenas a saltitar alegremente a caminho do Banco.

Por outro lado livrou-se da batata a ferver que é ser acionista de uma empresa como a TAP neste momento de pandemia.
Quanto aos contribuintes só resta esperar pela divulgação, de aqui a uns anos como usualmente, de mais umas claúsulas ocultas de este novo contrato, celebrado entre os políticos de um governo socialista e um calejado empresário do ramo do transporte aéreo.

Será ainda será este PM no exercício do cargo. Nada que preocupe ninguém ... excepto os contribuintes que tentam sobreviver na actividade privada.
Sem imagem de perfil

De voza0db a 03.07.2020 às 16:17


O ideal é deixar falir o que não tem asas para voar... E este pássaro falso sempre foi um buraco negro no que toca a finanças!


Mas há que assegurar neste belo Portróikal a continuidade da existência de bons tachos para quando se termina o penoso serviço público!


Quanto à MANADA de boçais tugas... Bom, esta está apenas a ver qual o Pasto que estará mais verde e apetitoso
https://i.postimg.cc/nrD87c8k/decisao-votar.jpg (https://i.postimg.cc/nrD87c8k/decisao-votar.jpg)

para depois ir para lá votar, digo, pastar!
Sem imagem de perfil

De Isabel a 04.07.2020 às 11:30

Não sei se alguma vez gente com fome, sem dinheiro para tratar da saude, para alugar casa, para estudar, para ter um computador ou, vá lá, um smartphonezito, sempre com a preocupação de contar os tostões, etc etc, alguma vez foi a inveja de alguém. Nós é que vamos ficar cheios de inveja ( ou de raiva por termos sido mansos ) ao olharmos para qualquer lado e vermos sempre os outros a viver melhor do que nós. Isto é, se não estivermos já incorporados na futura Ibéria, por insuficiência de meios para subsistir independentes.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foi precisamente isso que foi feito com o primeiro...

  • Anónimo

    É aquilo que se faz com os eucaliptos.Quando se co...

  • henrique pereira dos santos

    No fundo foi o que fizemos antes do último fogo, m...

  • Anónimo

    os novos deuses humanos querem contrariar a nature...

  • Susana V

    Interessante. Não seria mais eficaz deixar toda a ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D