Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




DOS PROTEGIDOS AOS PRETERIDOS

por Jose Miguel Roque Martins, em 06.06.20

Uma perspectiva interessante sobre as recentes medidas do governo, é o que revelam relativamente ás desigualdades de tratamento de diversos grupos sociais. Olhemos para os diferentes graus de apoio e manutenção de rendimento preconizados.

 

Sócios Gerentes, ( com trabalhadores e mais de 80.000 Euros de faturação): 0

Precários : 0;

Trabalhadores independentes: em função de rendimento medio de 12 últimos meses mas com limites de 481 Euros ( Março e Abril) ou 219 euros (maio) ;

Precários da cultura: 1334, duas vezes

Povo em geral: 70% do salário com o limite inferior do salário mínimo + complemento para um mês a 100%;

Funcionários Públicos : 100% em qualquer circunstância

 

As conclusões sobre realidades nem sempre são iguais.  A mim, parecem-me indiciar um claro padrão de desigualdades, dos protegidos aos preteridos.

 

PS: Será que um socio gerente de pequena empresa, não é um artista e como tal pode aceder aos apoios dos precários da Cultura? 



2 comentários

Sem imagem de perfil

De Isabel a 06.06.2020 às 11:51

Quem será que vai noticiar esta medida na tv e a vai tornar num dos assuntos falados em todos os  programas durante uma semana? E, objecto de opinião, com ar sério, por parte de políticos mascarados de comentadores? 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.06.2020 às 00:11


Para os donos de esta União Europeia a decisão tem sido simples.

Num prato da balança está toda a estratégica zona Atlântica, Madeira de Açores, águas territoriais da União Europeia e as pescas. Está toda a Penísula Ibérica, a pegada geográfica mais ocidental da União Europeia. Uma sossegada zona turística de cultura ocidental ... e a mão de obra a custos baixos. Ainda o sossego de alguns investimentos -altamente rentáveis- em zona politicamente controlada. Tudo bem.

No outro prato basta investir uns trocos para que por ali haja estabilidade, sossego político. Basta haver por ali uns responsáveis por manter um vasto funcionalismo -eleitorado seguro- coisa que um qualquer governo socialista/comunista cumpre a preceito. De ali não surgirão problemas

E assim vai a vida no cantinho dos protegidos. Os preteridos?. Que dêm corda aos sapatos.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    MMilagre português : o vírus está a circular em bo...

  • Vagueando

    "Os problemas parecem sempre ter a mesma origem. E...

  • zazie

    Quanto ao que retira da coisa eu retiro o oposto.S...

  • zazie

    O primeiro texto seu que achei interessante.Sim, s...

  • Anónimo

    Bom-senso , lucidez , preparação e enorme capacid...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D