Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dois grandes valores do jornalismo

por José Mendonça da Cruz, em 29.11.20

Duas histórias com alguns anos, sobre dois «grandes valores» do jornalismo que por aí anda.

Durante a campanha eleitoral de 2011, que daria a maioria absoluta ao governo Passos Coelho/Paulo Portas, soube-se, primeiro, que o governo de Sócrates andava a fazer dezenas de nomeações de última hora (que, ao contrário do que era dito, produziam efeito no momento, e não apenas quando publicadas em Diário da República) e, do mesmo passo, a dar instruções para as manter secretas.

Um «jornalista» da Sic, destacado para a campanha do PSD, abordou o tema. Terá ele investigado o caso, questionado as nomeações, perguntado sobre porque eram secretas, ou criticado Sócrates? Não. O «jornalista» disse que «era um caso de campanha», e que «vamos ver quanto tempo dura».

Com um pé na porta de saída, Sócrates contratara 600 funcionários públicos, e dera ordens para que as nomeações não fossem conhecidas. Mas, visto que o foram, pela boca de Passos Coelho, outro «jornalista» da Tvi foi mais longe. Longe, como? Terá ele questionado as nomeações feitas por Sócrates, ou investigado o que se passava? Não. Criticou os adversários de Sócrates e ralhou com a fonte. Disse o «jornalista»  que Passos Coelho faltou à promessa de não fazer uma campanha de escândalos, e que era «um caso de faz o que eu digo não faças o que eu faço».

Agora, uma adivinha: parece-vos ser possível que um ou outro destes «jornalistas» se chamasse Anselmo Crespo ou Bento Rodrigues? E onde estarão, e em que funções, Anselmo Crespo e Bento Rodrigues? E digam-me ainda se o advérbio adequado é este: «Naturalmente!»



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 10:32

Quando "jornalistas" se prestam a cumprir ordens de um cadastrado e a colocar-se a soldo de um celerado, estamos conversados sobre a sua idoneidade e estatura moral, não estamos? 
SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 11:25

Primeiro que tudo, tem de se começar a destralhar esta montureira. Tirar todo este entulho.
Depois, terraplanar e alisar. Arejar os solos. E plantar com novas culturas.


Com sua permissão, indico como OBRIGATÓRIO LER  no  blog portadaloja  a transcrição do texto:
"Desnorte" de M.Fátima Bonifácio


AP
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 11:55

Considerando o conteúdo, digam se em relação ao autor  o advérbio adequado é este: «Naturalmente!»
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 12:54

Acabo de saber que essa sumidade do Crespo combinou entrevista com Sócrates. Não gastemos mais latim com esta cáfila.


https://www.cmjornal.pt/tv-media/detalhe/novo-diretor-de-informacao-da-tvi-e-anselmo-crespo-jornalista-que-combinou-entrevista-com-socrates?ref=Mais%20Sobre_BlocoMaisSobre
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 12:58

É este o jornalismo que viceja actualmente em Portugal: o que garante boa vida aos seus cultores. 

Assim, o actual problema da Media Capital não é apenas o Ferreira dos barcos que aparece como Dr. Ferreira, em comunicados. É principalmente o de ele ter convidado para o barco em que serviu pata negra, o advogado Lacerda e outras figuras próximas do actual poder socialista. Esse é que é o problema. 

Está aqui  (https://portadaloja.blogspot.com/2020/08/a-realidade-politico-social-do-pais.html)e é bom não esquecer tal acontecimento deste Verão. Um douro cor de rosa:

(in portadaloja)

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 13:02

Esta fauna voltou a conferir dignidade à "mais velha profissão do mundo"...


JSP
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 13:59


Aqui também:


https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/entrevista-de-socrates-a-tsf-combinada-em-passeio
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2020 às 15:54

Naturalmente, meu caro Mendonça da Cruz.
Direi mais: obviamente, xuxialissimamente, javardissimamente lambebotas-sissimamente, e outros advérbios terminados em mente, como António Costa, Carlos César, e por aí fora.
Sem imagem de perfil

De s o s a 30.11.2020 às 23:47

é naturalmente natural que treinadores de bancada, o seu prazer seja esse. Ainda por cima nem se aprende nada, nem nada acrescenta.  E os leitores, os crentes e os ceticos, nao ligam nem vao procurar as narrativas outras originais. 


E podia  ( eu )  imediatamente identificar um caso camarario concreto em que aconteceu o mesmissimo, que o post diz, com a diferença que a camara virou socialista.  E o novo presidente nao tera conseguido se livrar dessas nomeaçoes da vespera. 


Conclusao: mais um post  meramente clubista
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.12.2020 às 11:13

"Naturalmente" e com muita gosma à mistura.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    UM ESPERTO MANHOSO E CONVENCIDO. Venezuelização em...

  • balio

    De que forma é que morrem as 12 mil pessoas por an...

  • balio

    Excelente comentário. Subscrevo a 100%.

  • Anónimo

    Os cidadãos têm o direito de dormir 365 noites por...

  • Anónimo

    Seria lógico que já tivesse sido feito um plano d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D