Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Do triunfo "modernista" a Guterres

por João-Afonso Machado, em 09.01.15

PIRAMIDE.jpg

Em segunda leitura de O Segredo da Maçonaria, de Jacques Ploncard d'Assac, tantos anos depois, a tese do Autor ganha um novo alento. Dividindo a obra em duas partes, a última das quais (designadamente ao lançar chamas sobre o Concílio Vaticano II, inquisitoriando-o de permissivo e inquinado) merecerá todas as reticências próprias de uma análise histórica muito em cima da hora, enquanto a inicial parece espantosamente lúcida e sustentada.

Sirva de exemplo o excerto de uma entrevista ao Grão Mestre do Grande Oriente, Fred Zeller. Pergunta-se-lhe - «quando um franco-mação de François Miterrand ou de J. J. Servein-Schreiber encontra um franco-mação de De Gaulle, de Pompidou ou de Messner, o que dizem um ao outro?». Resposta - «informam-se mutuamente sobre o futuro e os diferentes problemas políticos, económicos e sociais que a Franco-Maçonaria estudou (...). Depois defendem no Parlamento as posições tomadas pela Maçonaria».

Se se traduzir esta realidade para português, sem dúvida encontraremos um motor de busca: o Partido Socialista; e uma motivação: a negociata, porque nunca foi outra a genuina motivação da Maçonaria. Num quadro, importa dizê-lo, transversal a todos os partidos. Mas cabem ao PS as iniciativas legislativas ditas "fracturantes" - ainda agora, o anunciado projecto de lei sobre a adopção por casais homossessuais.

Porquê? Para quê? Assim os espíritos encontrem respostas óbvias e "modernas" para estas interrogações, assim o triunfo da "revolução cultural" maçónica terá mais alcance. O de estarmos onde não somos. Notável trabalho!

...

Helena Sousa Franco, António Guterres, alguns outros mais... Que é feito das suas convicções socialistas? Onde pára a sua participação cívica?

Provavelmente, o «pântano» de Guterres tem sobretudo o significado de uma fuga sobre dos seus pares. Para não mais voltar ao seu convívio. Escondido atrás do alto cargo que lhe foi atribuido e renegando para sempre a politica partidária.

Guterres, candidato da Esquerda às Presidênciais? Só se com o exclusivo apoio do Partido Comunista...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De manuel branco a 10.01.2015 às 06:43

Dizia-se que a igreja de Inglaterra era o partido tory em oração. Vale um pouco para o que se diz do ps e da maçonaria. Desconfio no entanto que mesmo que os maçons no partido sejam muitos, o ps não tem o exclusivo. O PSD, pelo menos com a atual gerência, parece ser um viveiro. Do CDS, ao que tenho lido, também lá os tem e são influentes. Convém não esquecer igualmente que há a maçonaria regular e a irregular, o gol. Este parece detestar padres, a outra parece amar o negócio, mas isto vale o que vale, alguns dos maiores crápulas que por aí andam nas negociatas parece serem do gol.


Quanto às causas fraturantes: como diria o António Silva, deste já não há mais. foi quase tudo legalizado, com duas exceções de monta, as barrigas de aluguer e a adopção por casais do mesmo sexo. Do aborto ficou tudo farto, da direita à esquerda. Bem podem tentar repescar o assunto que ninguém o quer de volta. O casamento entre pessoas do mesmo sexo é a mesma coisa. Iam-me caindo os queixos quando vi na tv um dos primeiros casos, no Portugal rural, em terras que conheço. Dizia a irmã de um dos noivos: é meu irmão, gosto muito dele, não é o primeiro e não será o último. Fitinhas azuis, conservadora, garrafa de cerveja para ser bebida pelo gargalo e siga a música. Desconfio que aqui também não lhe vão mexer. Restam de facto aquelas duas questões. E uma terceira...
A igreja católica, invoca os oitenta e tal por cento de crentes para defender as suas posições. E aqui há um sofisma. É que a maioria dos católicos marimba-se literalmente para as recomendações da igreja. Eu vou até mais longe. Por vezes o que a igreja preconiza é em si profundamente imoral, isto mesmo, imoral. Dou apenas dois exemplos:
- um casal, homem e mulher, não pode ter filhos por infertilidade de um. Recorre à fertilização in vitro. O que diz a igreja? É condenável.
- uma adolescente fica grávida depois de ser violada. O que diz a igreja? A vida nasce com a concepção, ela que carregue com a gravidez.
Percebo a linha de orientação seguida pela igreja. É linear, é lógica, define o ponto de orientaçäo. Só que a vida não é lógica e a grande dificuldade reside na delimitação do que é moral e imoral numa época em que a sexualidade deixou de ser apenas vista em termos de procriação. Repetir a fórmula pela vida já não vai lá.
Quanto à maçonaria, depois de relvas, Abel Pinheiro, pessoal dos serviços de informações, creio que marco António costa, Magalhães, Luís Filipe Menezes e sabe-se lá mais quantos, já não dá para pôr o barrete apenas nos socialistas. Sim, é capaz de ser um problema. Eu não gosto de ser enbarretado, eles feitos uns com uns outros e eu em bola de ping pong. Só que é mais que um partido.  
 
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 10.01.2015 às 11:43

O seu quadro está muitissimo bem desenhado.
Note que eu tinha referido que a «implantação» maçónica é transversal a todos os partidos.
Que na «aldeia» tudo isso possa acontecer não admira: na contexto da afirmação do «moderno», é a aldeia quem mais precisa.
Obviamente a Igreja não teve discurso para acompanhar as circunstâncias. Na «aldeia» (onde vivo com todo o gosto) as homilias continuam a ser, grosso modo, um desastre.
Por fim: a adopção parece-me a única «causa» por que me apetece votar contra: é que as criancinhas não têm culpa nenhuma; e não são uns cãezinhos de peluche.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 11.01.2015 às 12:13

Respeitando a sua indicação, é realmente pano para muitas horas de mangas, Manuel Branco.
Sem imagem de perfil

De José Domingos a 10.01.2015 às 20:56


Antigamente era a cunha, depois tinha que se ser do partido. Agora tem que se ter avental, para se ser, supostamente alguém, mandam e decidem, sem terem sido eleitos por ninguém.
Não percebo, é como esta "gente", é tão adepta da democracia, e promove uma sociadade secreta.
Devem ser os "eleitos"
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 11.01.2015 às 12:15

A eficácia da maçonaria está precisamente em montar uma cadeia hierarquizada, em que os inferiores desconhecem os superiores mas aspiram a chegar lá. Esta ambição (de descobrir o secreto) é o «segredo» e a afinação da máquina.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...

  • Anónimo

    Este andaço para pouparem a vida dos animais é dev...

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D