Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Desinformação à descarada

por José Mendonça da Cruz, em 30.03.21

Da Meios & Publicidade, 26 de Novembro de 2020

«A Comissão da Carteira Profissional de Jornalista (CCPJ) decidiu retirar o título profissional de jornalista a Filipe Santos Costa. Em causa está a realização do podcast Política com Palavra que tem na sua base um contrato de prestação de serviços celebrado entre o ex-jornalista do Expresso e o PS para a realização de uma série de entrevistas a personalidades ligadas ao partido ou ao governo.»

Este Filipe Santos Costa está agora comentador na tvi, a avaliar as qualidades dos candidatos autárquicos do PSD.  Para mais apurado enviesamento, contracena com ele Anabela Neves. Tudo normal; afinal, Nicolau Santos preside à RTP depois de presidir à Lusa.



17 comentários

Sem imagem de perfil

De balio a 30.03.2021 às 17:22


Tal como há comentadores com tendência PS, também há comentadores com tendências mais à direita. Por exemplo, Paulo Portas e Luís Marques Mendes.


Os partidos que se podem queixar de não terem comentadores são o PCP, o BE, o Chega, a IL, o PAN. Agora, PS e CDS não se podem queixar.
Imagem de perfil

De José Mendonça da Cruz a 30.03.2021 às 18:22

Fica-lhe mal, caro Lavoura, fingir que não vê o que está à vista. Portas e Mendes nunca esconderam o que são. Filipe Costa, sim. Vendeu a sua condição de jornalista, e fez um podcast supostamente objetivo que, afinal, era pago pelo PS para defender os interesses do PS. Agora, na tvi, e como Anabela Neves (a quem só se ouvem críticas à direita, e loas aos socialistas), é como «jornalista» que comenta.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 20:40

E há uma outra grande diferença que o Balio não quer ver ou finge que não percebe: uns são comentadores cujas actividades tiveram ligações à política e assumem-no, enquanto que os outros nomes referidos são jornalistas.  Era suposto que estes se limitassem a informar e, se possível, i.e., com ojectividade, isenção e imparcialidade. Informação seca, rigorosa e não opinativa. É nisto que consiste a ética jornalística. "Komentadoria" a soldo, disfarçada de jornalismo é lesiva, é um embuste ao serviço de "interesses", com fins ocultos e perigosamente a maioria das vezes com o fito exacto de .desinformar, ludibriar e manipular. Como é o caso em apreço, com provas "comprovadas".  
Recordo-me bem desta Anabela Neves em 2009 a fazer descaradamente a campanha do Sócrates! Inesquecíveis os Komentários da sujeita com esgares de hiena.
.
Sem imagem de perfil

De balio a 31.03.2021 às 11:05

Se quer falar de ex-jornalistas que atualmente são comentadores e políticos, então deve falar também do PSD e do CDS. O governo de Passos Coelho esteve cheio de figurões que tinham sido jornalistas. Não é somente o PS que se serve de ex-jornalistas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 21:00

"Os partidos que se podem queixar de não terem comentadores são o PCP, o BE".  
Como?! Acha, então, que ainda precisam de mais reforços? Pois se o "jornalismo" é composto maioritariamente por figurões infiltrados destes partidos... 

Balio, Balio, não há pior cego do que aquele que não quer ver.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 21:38

Balio, os jornalistas, eticamente falando, não podem (não devem) ter tendências... se não, não são jornalistas. E nem socialistas serão, mas uns escroques, uns mercenários sem escrúpulos a quem se paga para um "serviço". Certamente a sua credulidade, Balio, não vai ao ponto de considerar que tem "ideologia" alguém que se presta a esta vileza de se vender.
Sem imagem de perfil

De balio a 31.03.2021 às 11:06

Eu concordo que os jornalistas não deveriam ter tendências. Infelizmente, porém, em Portugal muitos têm. E não são somente os do PS que as têm. Veja o Observador, está cheio de jornalistas altamente tendenciosos...
Sem imagem de perfil

De balio a 31.03.2021 às 09:25


Agora, na tvi, é como «jornalista» que comenta.


Se ele não tem carteira profissional, então não deve ser apresentado como "jornalista", e isso é um erro da TVI.


Mas você somente diz no post que ele "está agora comentador na tvi", não diz que é apresentado como "jornalista". Ele tem todo o direito de estar como comentador e nada há a criticar-lhe por isso. A tvi tem o direito de escolher os comentadores que quiser, e quem fôr convidado pela tvi para comentar tem o direito de aceitar. A tvi não deve é apresentá-lo como "jornalista".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.03.2021 às 11:09

Sem dúvida: a Moral tem dias... e está a caducar neste país de contorcionistas.
Lamentável!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 17:55

O comentador Louçã, de que partido é?
António Cabral
Sem imagem de perfil

De Carlos a 30.03.2021 às 20:39

Há gente que só vê o que quer.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 21:21

Eu não tenho essa sorte: só vejo o que não queria ver. Veja lá!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 23:19

Jornalismo "em família".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.03.2021 às 00:16

José Mendonça da Cruz, já ouviu este podcast? Merece a pena.


https://observador.pt/programas/ideias-feitas/portugal-ja-nao-e-para-os-portugueses/
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 31.03.2021 às 08:52

Ainda bem que a TV não tem cheiro.
O António Cabral pergunta bem o que é o Louçã. Para a SIC deve ser "só" Conselheiro de Estado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.03.2021 às 15:44

Esclarecimento para quem não anda a par destas coisas :  "Nicolau Santos " é  pseudónimo  do insigne Prof. Doutor Artur Baptista da Silva...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.03.2021 às 19:58

Certos jornalistas têm a coerência da Olívia patroa e da Olívia criada.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D