Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




(Des)confiança

por João Távora, em 10.07.20

O que esta pandemia deixou a nu foi a arrogância dos políticos que pretenderam serem capazes de a controlar (os bezerros de ouro sempre foram uma tentação para os pategos). O maior problema é que o povo não deixará de lhes cobrar os seus efeitos quando não tiver pão para por na mesa. As moratórias e o Lay-off não vão durar sempre, e cada mês que passa, mais serão os empresários em desespero que como recompensa de tentarem por as suas empresas a carburar apesar das quebras de facturação significativas perderam a elegibilidade para os apoios do Estado. Não há recuperação económica sem confiança e não vai ser fácil inverter-se a narrativa do medo que com tanto denodo foi fomentada. Continuemos a brincar às máscaras e limpem as mãos às paredes, que o Inverno vem aí, o vírus por cá andará e a tragédia não será na enfermaria.  



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.07.2020 às 19:31

Mais ninguém pode morrer com Covid!
Essa é leitura dos media,  e  portanto dos fracos líderes ( não é piada; é só uma forma de "os" designar)que temos; e assim será, até morrermos todos de fome, sem ninguém para responsabilizar: foi o covid...!


Cumprimentos


Vasco Silveira
Sem imagem de perfil

De voza0db a 10.07.2020 às 21:02


"que o Inverno vem aí, o vírus por cá andará", qual vírus?! Algum em particular?!



É que durante TODO O ANO temos vírus e bactérias a matar milhares de tugas com PNEUMONIA!


Não compreendo o que de especial teve esta época de gripe - quantidade de mortes não foi de certeza - para se destruir a vida dos tugas, logo destruir Portróikal!


Mas por outro lado nada como uma boa destruição para no meio do caos se tentar limpar a casa!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.07.2020 às 05:47

Acho que está enganado: os portugueses são uns papalvos, por isso não vão cobrar nada, nem mesmo quando não tiverem pão na mesa. O novo mantra é "a  culpa é da pandemia". (Ou do Passos ... tudo é possível.)


"Com os subornos certos aos pelintras certos, nos partidos, nos “media” e no que calha, é claríssimo que o PS conquistou, no sentido bélico, os portugueses. A culpa é do PS? Lamento, mas a culpa é dos portugueses."  - Alberto Gonçalves  (hoje no Observador)




Sem imagem de perfil

De isabel a 11.07.2020 às 12:07

O português é conformista e cada vez menos evoluído mental e politicamente por efeito da bacoca tv que lhe é prantada. 
No entanto, é um prazer verificar a qualidade da escrita de tantos que sabiamente criticam a situação e falta de perspectivas do país.
O que eu não vejo é quem faça qualquer coisa que se veja, tenha dimensão e sequência para alem de escrever. E, ainda por cima, perdem tempo a criticar aqueles que, melhor ou pior, tentam combater este estado de coisas.
Somos o tal povo que nem se governa nem se deixa governar, triste sorte a nossa!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.07.2020 às 05:55

https://observador.pt/opiniao/o-povo-merece-a-arrogancia-do-ps/ (https://observador.pt/opiniao/o-povo-merece-a-arrogancia-do-ps/)



De leitura obrigatória. 
Sem imagem de perfil

De M a 11.07.2020 às 12:13

"pretenderam ser"

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Sousa

    E pegando nalgumas palavras do primeiro-ministro, ...

  • Anónimo

    caro senhornestes tempos aburguesados e politicame...

  • Anónimo

    Caro Senhor"Apesar dos frequentes casos de corrupç...

  • Carlos Sousa

    O que me está a causar apreensão não é a DGS fazer...

  • Albino Manuel

    A monarquia espanhola vai aguentar. Derrubá-la é c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D