Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Descendo à cidade

por João-Afonso Machado, em 17.11.22

O programa de vacinas Casa Aberta, anunciado como está, parece uma maravilha. É entrar, apanhar a 4ª dose num braço e a da gripe do outro. Zás! - e vir de regresso cheio de acautelada saúde.

Não é assim. O Casa Aberta não vai além das 100 doses diárias, afora as pessoas que tenham marcações mediante as sms's recebidas dos competentes serviços.

E não é assim, e assim não será até 24 de Novembro, devido às greves dos enfermeiros e dos funcionários públicos. Ante o desconhecimento dos muitos que se deslocaram esta manhã ao Quartel de Transmissões no Porto e bateram com o nariz na porta. Como foi o meu caso.

É claro, não perdi o ensejo de dizer, aos seguranças e a quem quis ouvir, as necessárias verdades sobre a República. E sobre esta democracia. E sobre o Governo de Costa que já vive apenas uma realidade que é só sua.

É um mundo atarantado onde o talvez único ministro decente, o da Economia, se vê desrespeitado e incomodado por um bando de meninos rabinos, de súbito preocupados com o clima (decerto privados por ora de praia) e saturados de noites de cerveja em copos de plástico até ser dia, com umas naifadas à mistura. Meninos rabinos que se colam ao chão e para isso usam produtos altamente tóxicos e poluentes...

E Costa nada diz. Nem manda calar o Pedro Nuno. Nem vai além de promessas e mais promessas, como não explica nem aplica a massa europeia que já não sabemos onde está.

O que realizou o Governo em concreto? Qual a sua obra na Saúde, no Ensino, na Justiça? O que está para além dos projectos anunciados com pompa, às catadupas, o modo ideal de os portugueses não fixarem nenhum e o Governo se aguentar no regabofe?

Feitas as contas, fiz 70 quilómetros para uma vacina que não tomei. Paguei portagens e, claro, gastei combustivel; ou melhor - paguei taxas e impostos para manter o Costa Pança.

Descer à cidade é o que dá. Ah!  - se eu visse a víbora e o Costa não teria mesmo qualquer hesitação. Calcava-o e tornava a calcar, pelo sim pelo não.



15 comentários

Sem imagem de perfil

De balio a 17.11.2022 às 14:58


Pois a mim, aquando da minha segunda vacina, ainda no tempo do sr. almirante, aconteceu-me o seguinte:
Marquei a vacina, bem marcada, para uma determinada hora da manhã. Chegado ao local, no Estádio Universitário em Lisboa, vi que a vacinação já não era aí, mas num pavilhão a um quilómetro de distância. E ao lá chegar, já passava ligeiramente da hora marcada, vi que havia uma fila, no exterior do pavilhão, de pessoas de pé e ao frio. Disseram-me que, apesar de ter a vacina marcada para aquela hora, iria ter que esperar na fila, como se fosse um dos da Casa Aberta. Não estive para isso e fui-me embora.
Eu acho bem que façam Casa Aberta, mas não acho nada bem que não dêem prioridade àqueles que têm as vacinas marcadas.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 19.11.2022 às 19:19

E quanto ao resto (para além do covid 22) é o que se sabe ,caos em certos serviços hospitalares e um hospital ainda por aparecer feito em lisboa (lembram-se ainda do tal de  Todos os Santos? E não era referência ao selecionador) quando, por exemplo ,as urgências de S.José é...o que é(quem lá tem de ir sabe).Ontem um conhecido meu teve de lá ir passar umas horas ,passou pior com batimento cardiaco acima de 120 e tensão baixa, porque devido à tal greve não havia ninguém no Centro saúde almirante nos Anjos às 19h(e segundo o segurança do local foi assim todo o dia).
Imagem de perfil

De O primata apartidário a 19.11.2022 às 20:17

Claro que sim (segundo me disseram o espaço da sala das macas e do ambulatório é igual ao que era há muitos anos) mas isso agora não interessa. OS telecoisos das oito(a decorrerem agora) começaram com as "altas" personagens do estado que vão ver os jogos ao Qatar (rtp1) com as útimas do Costa das chamuças (sic) e um directo do Qatar (tvi).
Imagem de perfil

De O primata apartidário a 20.11.2022 às 09:41

Refiro-me obviamente ao serviço de Urgência de S.José.
Sem imagem de perfil

De entulho a 17.11.2022 às 15:48

a cobra cuspideira anda ao colo do pastel de Belém 
ou
quando a merda pensa que é pastel de nata
Imagem de perfil

De O primata apartidário a 19.11.2022 às 19:05

O inquilino de Belém-cascais é um grande anestesista(com todo o respeito pelos anestesistas hospitalares) deste regime social-abrilista de fantochada 
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 19.11.2022 às 21:38

Por falar em fantochada  https://grandefantochada.blogspot.com/2021/08/blog-post_29.html
Sem imagem de perfil

De mariam a 17.11.2022 às 19:14

Vacinas a ilusão do medo.É tão bom que meus vizinhos vacinados com as recargas todas tiveram Covid forte e um deles com dose dupla. Falaram-me dum caso que contraíu 5 vezes Covid e todo selado com vacinas.
Só vemos nas TVs os que vivem e enriquecem com o sistema.
Na minha casa não há vacinas e as coisas fluem.
As epidemias sempre passaram naturalmente.Recordo-me de duas.
Quase que a liberdade de escolher foi cortada. Perseguiam-se os Não vacinados saudáveis como se fossem a peste.
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 17.11.2022 às 21:06

"Na minha casa não há vacinas e as coisas fluem."
É melhor ressalvar estas vacinas covid, senão ainda a acusam de ser negacionista.
Todos os que eu conheço que levaram estas "vacinas" tiveram complicações bem graves e nunca mais ficaram bem.
Imagem de perfil

De O primata apartidário a 19.11.2022 às 18:50

Check https://sol.sapo.pt/artigo/785893/havera-vida-alem-do-mundial-de-futebol-

Pela primeira vez, em muito tempo, desliguei a televisão, apesar de precisar de estar informado sobre o que se passa no mundo enquanto não chego à redação do jornal. Por volta da uma tarde, já com o televisor do meu gabinete ligado, pensei que Lisboa teria servido de local de partida de alguma nave espacial que iria atingir Marte, mas acordei rapidamente para a realidade e percebi que estavam a filmar o avião de seleção portuguesa a caminho do Qatar. Mais no link acima
Imagem de perfil

De O primata apartidário a 19.11.2022 às 19:01

"Entretanto temos mais um candidato à O-nu" 
https://desporto.sapo.pt/futebol/mundial/artigos/hoje-sinto-me-qatari-arabe-africano-gay-trabalhador-migrante-infantino-defende-qatar-e-fala-em-hipocrisia-europeia

Reparem que o homem infatino(ou infantil) fala em 3000 anos (quase no tempo de Abrâo) de pecados europeus.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 21.11.2022 às 13:39

Mais mil anos e eramos todos culpados pela escravatura (segundo algumas teses foi mesmo escravatura a mão de obra usada) na construção das piramides do Egipto. 
Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 20.11.2022 às 17:35

Caro João Afonso, permita-me uma sugestão: não perca tempo - e energia, e dinheiro - com (mais) vacinas «covideiras».
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 20.11.2022 às 18:50

Caro Octávio,  a 4.a dose vai. Não me dei mal com as outras.  E nunca sabemos o que vem aí. 
Abraço 
Sem imagem de perfil

De Elvimonte a 23.11.2022 às 01:42


"The last two weeks [Wed, 29 Dec 2021 11:18 UTC]
have brought three new studies finding negative efficacy for two vaccine doses, meaning the vaccinated are more likely to be infected than the unvaccinated. These are study findings, not raw data, so have been adjusted for various biases and confounders, making it harder to dismiss them as anomalous or skewed."


" Vaccine effectiveness against SARS-CoV-2 infection with the Omicron or Delta variants following a two-dose or booster BNT162b2 or mRNA-1273 vaccination series: A Danish cohort study" 
https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.12.20.21267966v3.full



"COVID-19 vaccine surveillance report Week 51"
https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1043608/Vaccine_surveillance_report_-_week_51.pdf



"Outbreak caused by the SARS-CoV-2 Omicron variant in Norway, November to December 2021"
https://www.eurosurveillance.org/content/10.2807/1560-7917.ES.2021.26.50.2101147#html_fulltext



"The pre-print study (not yet peer-reviewed) ... found negative effectiveness (i.e., where the vaccinated have a higher infection rate than the unvaccinated) for three doses against all Omicron subvariants (BA.2, BA.2.12.1, BA.4 and BA.5) except BA.1, where the waning was slower. "


"Effectiveness of mRNA-1273 against infection and COVID-19 hospitalization with SARSCoV-2 Omicron subvariants: BA.1, BA.2, BA.2.12.1, BA.4, and BA.5"
https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2022.09.30.22280573v1.full.pdf 


"A new study [in children] published in the New England Journal of Medicine (NEJM) shows not only that the effectiveness of the Pfizer Covid vaccine becomes negative (meaning the vaccinated are more likely to be infected than the unvaccinated) within five months but that the vaccine destroys any protection a person has from natural immunity."


"Effects of Vaccination and Previous Infection on Omicron Infections in Children"
https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMc2209371



"The effectiveness of the Covid vaccines against serious disease declines to zero and turns negative within 12 months, official figures from the Netherlands show. "
https://www.rivm.nl/covid-19-vaccinatie/bescherming-coronavaccins-tegen-ziekenhuisopname/booster-en-herhaalprik-bij-ouderen-nodig-om-bescherming-op-peil-te-brengen



"Effectiveness of the fourth dose against infection started at just 52 percent during the first five weeks after administration and dropped to negative 2 percent at 15 to 26 weeks. A growing number of studies have detected negative effectiveness, which means the vaccinated are more likely to get infected."

Podia continuar, mas já é tarde (isto dá trabalho, hora e meia já passo sem eu dar por isso) e acho que não vale a pena.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • entulho

    na minha aldeia, ex-vila acastelada da Casa do Inf...

  • Anónimo

    Se reparar, caro Sr., não divergimos assim tanto e...

  • Marques Aarão

    Por associação de ideias arrisco uma das frescas d...

  • Anónimo

    E, como disse, partem e nunca mais regressam!

  • henrique pereira dos santos

    Vê-se bem que o senhor anónimo não partilha os meu...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D