Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Confinamento

por henrique pereira dos santos, em 02.05.20

"37% foram infetados em lares, 33% nas próprias casas, 15% no trabalho, 7% em contexto social e 6% em instituições ligadas à prestação de cuidados de saúde."

Já sei, seria muito pior sem confinamento, a amostra não é representantiva, que é num contexto excepcional, que se andasse tudo na rua era isto a somar ao resto, etc..

A informação é imperfeita, tem limitações, etc., mas que responsabilidade tenho eu se a informação empírica, cheias de imperfeições, claro, aponta sempre no mesmo sentido?

No sentido inverso existem modelações matemáticas, bom senso, lógica e juras de que não sabemos nada, já quanto a informação verificável, népias.

Sabemos alguma coisa, a informação é imperfeita mas pela parte que me cabe não vejo qualquer utilidade em substituir dados reais por modelações matemáticas para tomar decisões que têm impactos dramáticas na vida quotidiana de milhares de pessoas.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.05.2020 às 18:18

o mal não está da matemática, mas em quem não a sabe usar
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.05.2020 às 18:24

como é que acha que o vírus entra nas casas e nos lares?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.05.2020 às 19:02

https://dicionario.priberam.org/confinamento (https://dicionario.priberam.org/confinamento)
Sem imagem de perfil

De pitó a 02.05.2020 às 21:21

Pelo buraco. Da fechadura.
Sem imagem de perfil

De zazie a 03.05.2020 às 09:38

Se trabalhassem, em vez de estarem confinados, sempre laureavam a pevide e dormiam com os/as amantes.
Poupava-se a contaminação caseira.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.05.2020 às 13:07

nos lares, por exemplo, não se trabalha, é confinamento total.
Sem imagem de perfil

De zazie a 03.05.2020 às 17:28

Deviam colocar os velhos ao ar-livre
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.05.2020 às 19:29

é a única solução. assim como as unidades de cuidados intensivos deviam ser ao ar livre.
Sem imagem de perfil

De zazie a 03.05.2020 às 20:07

Completamente. Funcionários, médicos, enfermeiras, entubados, tudo ao ar livre e a dormir ao relento.
Contra o confinamento, lutar, lutar!
Sem imagem de perfil

De zazie a 03.05.2020 às 11:27

Ou comessem em restaurantes e depois acampassem ao ar livre. A ver se a contaminação doméstica não baixava logo...
Imagem de perfil

De Eremita a 02.05.2020 às 18:45

Se não vê utilidade na modelação, talvez fosse melhor deixar de usar os números de mortes por gripe do CDC.


https://www.washingtonpost.com/business/2020/05/02/theres-more-accurate-way-compare-coronavirus-deaths-flu/
Sem imagem de perfil

De pitó a 02.05.2020 às 21:33


O post é bom. E é sóbrio — num tema em que a sobriedade não é ajudada.

Claro que ninguém pode afirmar algo sobre o que não se sabe.
Mas podemos sentir que há algo impalpável e que nos dá 'certezas' ou, quiçá, segurança de pensamentos. Acima de tudo, quando estamos rodeados por aquilo que eu considero mentira. Entre uma mentira e uma incerteza, eu nego a mentira. Mas sei que incerteza é incerteza.
Creio ter-me explicado.
Sem imagem de perfil

De pitó a 02.05.2020 às 21:37


Pereira dos Santos,
para compor isto tudo a Marta [que não é dos seguros OK] afirma haver erros de números porque há coisas que não são possíveis de automatizar. Um atestado que há gente que não sabe pensar.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • cela.e.sela

    a esquerda reacionária continua no:«bem, não é bem...

  • cela.e.sela

    D. Sebastião não quis regressar

  • Manuel da Rocha

    E a AD que fez desaparecer 70000 milhões de euros,...

  • Beirão

    A maltosa da bolha mediática não tem emenda nem ve...

  • Anónimo

    Não me lembro de ter ouvido ninguém, tirando os ex...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D