Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cóltura jeral subretudo inconómica

por José Mendonça da Cruz, em 03.12.23

A repórter da Sic anuncia, entristecida, que «a inflação baixou para 1,6%, mas os portugueses ainda não o sentem na carteira».

A repórter optimista da Sic acha, portanto, que quando a inflação baixa os preços baixam.

Lembrou-me outra jornalista pessimista que, certa vez, tendo o aumento das exportações passado de 4,5% para 3%, perguntava, entristecida, ao ministro da Economia se não estava preocupado por as exportações estarem a baixar.

Esta gente sabedora, que tem acesso à antena e não dispõe de editores que disponham de uns rudimentos, acha, portanto, que se um carro levar 6 segundos para ir dos 0 aos 100 km/h, se esse carro levar 15 segundos para atingir os 200 km/h vai mais devagar.

E é esta gente que nos exclaresse e induca e enforma.


16 comentários

Sem imagem de perfil

De urinator a 03.12.2023 às 14:59

esta jentalha instroi cadavez milhor purque sabaicha prapanhar du xão a enflassão
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 03.12.2023 às 15:20

Também há quem ache que o crescimento económico eterno é uma possibilidade. 
Sem imagem de perfil

De Manuel da Rocha a 03.12.2023 às 16:16

Lembre-se de quando os combustíveis sobem: 100% dos noticiários abrem com a notícia "Combustíveis vão subir 0,5 cêntimos, economia vai piorar 50% com nova subida de preços", jornais de fim de semana "Gasolina sobe 1 cêntimo, Gasóleo 0,5 cêntimos, preços sobem pela 7 semana consecutiva para o preço mais alto dos últimos 3 meses". Quando descem, não aparecem nos noticiários, nos jornais são notas da penúltima página, com um quadrado de 2 parágrafos. 
O mesmo para a electricidade. Sobe 2% no mercado regulado, é só comentadores a anunciar "preços podem subir 50000% e os portugueses não conseguem pagar", sobe 8% no livre, "É o mercado a funcionar, cabe aos portugueses procurar o  melhor fornecedor." 
Jornalistas passaram a ser vendedores de banha da cobra e pedem o triplo do preço do ouro, em troca de apoiarem políticos, sem o anunciar. 
Sem imagem de perfil

De João Brandão a 03.12.2023 às 16:42

É com 'crâneos' deste tipo que a CIA portuguesa, a 'Corruption Inteligence Agency', com sede no Rato, entende que o país se vai desenvolver.
O "português" utilizado no post parece-me já demasiado elaborado para muitos, ditos, professores.


Enfim, instantâneos desta Republiqueta Asinara.
Sem imagem de perfil

De Para os amigos tudo a 03.12.2023 às 16:50

Sei da informação ps aqui. 
Previsível sempre,reconfortante sempre com as promessas ps.
Dificuldades? Inflacções?,Madrugadas para uma senha no sns?Adiamentos?
Culpa dos outros,dos maus.
Sem imagem de perfil

De passante a 03.12.2023 às 17:32

exclaresse e induca e enforma


Que exagero. Eles só estão ali para atiçar o gado.

Sem imagem de perfil

De Cá não há bar a 03.12.2023 às 17:37

É fazerem as contas,precisam de calculadora ou têm dedos?
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 03.12.2023 às 19:22

Há uns anos atrás, um juiz achando que descontar 1/16 avos do ordenado, para pagar uma dívida ao Estado, "reduziuc para 1/6
Sem imagem de perfil

De IMPRONUNCIÁVEL a 03.12.2023 às 19:50

Mas um dos trunfos dos governos de A.Costa não foi de facto a Economia?
Por mais contas que se façam para o negar, a realidade é que foi o primeiro a ter «contas certas» e superavit.
Negar a realidade é, como dizia Sun Tzu, o primeiro passo para a derrota.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 05.12.2023 às 14:05


Então já não há mais vida para além do déficit? 

Eu também tenho superavit se usar a violência da lei para aumentar impostos   para niveis record mais a inflação que deve ser  adicionada aos impostos nos custos das famílias.


Agora vê-lá se consegues superavit com os orçamentos do Salazar/Marcelo? 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.12.2023 às 20:09

Puro masoquismo prestar atenção ao esgoto televisivo...a não ser para confirmar a cólidade daquilo que , cá na paróquia, passa por "Insino" ( sobretudo o designado por Superior...).
Juromenha

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • IMPRONUNCIÁVEL

    Haja coragem.PAREM, ESCUTEM, OLHEM.... Ouviram o D...

  • cela.e.sela

    a esquerda reacionária continua no:«bem, não é bem...

  • cela.e.sela

    D. Sebastião não quis regressar

  • Manuel da Rocha

    E a AD que fez desaparecer 70000 milhões de euros,...

  • Beirão

    A maltosa da bolha mediática não tem emenda nem ve...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D