Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coisas em que ninguém repara:

por Vasco Lobo Xavier, em 24.02.16

A comunicação social faz eco desta enormidade e fica-se pasmo pela falta de reacção.

 

Na véspera, no segundo dia do debate parlamentar na generalidade sobre o Orçamento do Estado para 2016, o ministro das Finanças, Mário Centeno, afirmou que, “se e quando” o debate em torno da renegociação da dívida pública se colocar em Bruxelas, Portugal estará presente na discussão, “mas não a suscitará”.

“Quanto ao debate que refere em relação às questões da dívida – que muito bem referiu que não temos uma visão necessariamente coincidente – o Governo está aberto para esse debate. Não o suscitaremos, mas estaremos lá se e quando esse debate se vier a concretizar em termos europeus”, respondeu o ministro das Finanças a uma questão colocada pelo deputado do PCP Paulo Sá.

O PS, diz Centeno aos Comunistas e Bloquistas, não suscitará a questão da reestruturação da dívida pública portuguesa mas participará na discussão se esse debate se colocar em Bruxelas. A ninguém (PCP, Bloco, PS, comunicação social...) ocorre que Bruxelas não suscitará coisa alguma e que se o vier a fazer é porque estamos de novo feitos em cacos, em mais uma falência de Portugal pelos socialistas e aliados de ocasião.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De jo a 24.02.2016 às 16:43

Descanse que Bruxelas vai discutir o assunto. Como já começou a discutir o assunto da dívida grega.


A dívida não se consegue pagar, não vale a pena pôr a cabeça na areia e dizer o contrário.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2016 às 17:21

O Vasco sempre a descobrir coisas fantásticas, que mais ninguém vê ou que uma entidade se esforça por esconder. Parecem episódios do Ficheiro Secretos. É emocionante. Eu, à primeira vista, tomaria aquilo literalmente: que o Centeno diz e quis dizer aquilo que disse: que não suscita em Bruxelas a renegociação da dívida, a não ser que Bruxelas toque no assunto. 

Sem imagem de perfil

De Costa a 24.02.2016 às 18:49

A comunicação social está deslumbrada (há uns comentadores e uns cronistas que dizem e escrevem umas coisas dissonantes da linha oficial, mas dizem-nas e escrevem-nas em canais, horas ou publicações irrelevantes para o povão ). O PC o BE esperam a desgraça por ser nela que vicejam (o que seria deles se toda a gente estivesse bem e, na verdade, com uma forma de vida e bens em risco pela voracidade fiscal e pela ruína generalizada que já aí de novo se antevê?); ou não fosse a república popular a sua raiz. Quanto ao PS, é simples: está atarefado a proporcionar à sua clientela a sua hora de saque.


O povo está ou saturado de pagar (mal sabe que pagará ainda mais, pelo rumo que as coisas tomam) e condicionado por isso (votou como votou e desse voto veio esta inominável bizarria), ou desesperado e condicionado por isso (idem), ou é apenas estúpido, estúpido sem remissão, e incapaz de ver a mais do que o curtíssimo prazo. Ou tudo isso.


Mas é Portugal. Está muito bem assim e nem podia ser de outra maneira.


Costa
Sem imagem de perfil

De RO a 24.02.2016 às 21:12

O povo ainda nāo está saturado de pagar. Mais, agora paga com gosto, porque agora temos um governo de esquerda, amigo do povo, agora é um prazer pagar impostos.


E já nāo sei se somos mesmo um povo de estúpidos, mas pelo menos, parece que os estupidos sāo assíduos quando há eleiçōes.


Quatro anos depois da ultima bancarrota e aí vamos nós de novo a caminho. E os tripulantes da nave sāo os mesmos.
Imagem de perfil

De cristof a 25.02.2016 às 16:05

Esse é um mistério que se decifrado fará o sucesso duma força politica nova que queira acabar com a Brigada das Colheres a volta do tacho publico, que nos tem governado depois do Salazar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2016 às 19:49

DÍVIDA EXTERNA: nunca somos donos duma - apenas a passamos à geração seguinte.

Como os rolex.... :-)

Quando a gerção seguinte se qeixa de lha deixarmos: esta é a sábia resposta.
Sem imagem de perfil

De McMangus a 24.02.2016 às 20:37

"Não o suscitaremos, mas estaremos lá se e quando esse debate se vier a concretizar em termos europeus (http://observador.pt/2016/02/24/bruxelas-diz-divida-portuguesa-nao-esta-debate-neste-momento/)"


Até parece que se Bruxelas puxar o assunto, o Governo poderia recusar a discuti-lo! Grande LOL.
Sem imagem de perfil

De ali kath a 24.02.2016 às 22:56

'Os juros das Obrigações do Tesouro português a 10 anos subiram para 3,47% esta quarta-feira no mercado secundário. O prémio de risco também subiu. Itália e Grécia acompanharam o novimento de alta. Alemanha financia-se a menos de 1% a 30 anos'
o pião de briga do anel nas orelha ainda não ispilicou
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2016 às 11:42


Alicate, isso da iliteracia matemática é tramado, mas eu sei que você não tem culpa, que o problema é desta educação que nos dá o Estado, etc e tal.

Evolução dos juros da dívida soberana em Portugal, a dez anos, nos últimos três dias:

 25/02 - 3,437%

24/02 - 3,366

23/02 - 3,384

Sem imagem de perfil

De mary a 04.03.2016 às 08:21


Eu sou uma mulher casada no momento com dois filhos e eu estava preso em um
situação financeira em agosto de 2012 e eu precisava para refinanciar e pagar
minhas contas para o meu filho medicação. Eu tentei procurar empréstimos de vários
empresas de empréstimo privados e corporativos, mas nunca com sucesso, ea maioria dos bancos diminuiu o meu crédito. Mas como Deus teria, fui apresentado a uma mulher de Deus um credor privado empréstimo por um amigo chamado Mr. James e eu tenho uma soma de empréstimo de US $ 160,000USD e hoje sou proprietário de uma empresa e os meus filhos estão indo bem ... assim que eu quero aconselhar qualquer um na necessidade de um empréstimo para contatá-lo rapidamente via e-mail em: (goodnewsloaninvestment001@gmail.com) ele não sabe estou fazendo isso eu oro para que Deus o abençoe para as coisas boas que ele tem feito na minha vida.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Pedro Nunes

    Já tinha saudades de ler os textos do Henrique.

  • Anónimo

    O Henrique devia ser leitura obrigatória. ;-) Obri...

  • Anónimo

    a sociedade citadina actual é coprofágica, vai mor...

  • Luis Lavoura

    Essa de querer comer somente peixe, por razoes amb...

  • Anónimo

    Salva qualquer um com magros resultados no balanço...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D