Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




BPI tem de se divorciar de Isabel dos Santos

por Maria Teixeira Alves, em 05.01.16

Se há alguma coisa que transparece da troca de cartas e recados entre a administração do BPI e o accionista angolano Santoro (de Isabel dos Santos que em Angola é accionista do BFA através da Unitel) é que o futuro passa por um divórcio. 

O BPI tem de deixar partir o BFA e em troca tem de convencer Isabel dos Santos a sair do capital do BPI: O Caixabank tem de ser o comprador desse capital, desbloquear os votos e fazer o banco liderado por Fernando Ulrich partir para outras aquisições. Em Portugal, através da compra pelo BPI do Novo Banco, por exemplo, ou aquisições fora de Portugal (evitem Brasil, Angola e Moçambique) de forma a voltarem a ser um grupo com lucros consolidados (o que deixa de acontecer sem o BFA). 

Este é o momento ideal para o fazer, se não o fizerem agora poderão não ter nova oportunidade e o BPI pode estar em risco. Ou poderá cair no colo de Isabel dos Santos. 

A carta de Fernando Ulrich à Unitel de Isabel dos Santos é o culminar de um casamento dificil que teve já fortes revés, como a oposição à OPA da Caixabank, que impediu que o BPI se mantivesse na corrida ao Novo Banco; uma proposta de fusão com o BCP, do accionista angolano, que ficou na gaveta por inacção; esta cisão simples com destaque dos activos angolanos que tem agora a oposição violenta do grupo de Isabel dos Santos e uma proposta alternativa para comprar 10% do BFA por 140 milhões de euros, sendo que apenas 50 milhões são pagos pela Unitel o resto é ao longo de três anos, provavelmente com os lucros do BFA. 

Será esta solução proposta suficiente para ultrapassar os grandes riscos a Angola? Vejamos o que diz a carta publicada hoje na CMVM, do BPI em resposta à carta da Unitel:

"Porém, perante o enquadramento e as circunstâncias que acima se descreveram, o Conselho de Administração do BPI concluiu que nenhuma delas se apresentavam como meio adequado para resolver a questão da ultrapassagem do limite dos grandes riscos para o qual o banco tem de apresentar uma solução dentro prazo que para o efeito se encontra definido por decisão do BCE.
(...) o BPI irá agora analisar as propostas apresentadas por V. Exas, e transmitir-lhes-á a sua posição sobre as mesmas logo que tal análise se encontre concluída".

É este o momento para negociarem um divórcio amigável. Parece-me.

P.S. Obviamente que um cenário de compra do Caixabank da posição da Santoro implicaria uma OPA.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Ali Kath a 05.01.2016 às 22:39

o problema do rectângulo depois de 35.iv chama-se socialismo e social-fascismo.  dos banquinhos já lá vão 6.  parece uma barbearia à antiga: '-o freguês que se segue!'
é fácil emprestar o dinheiro dos outros; difícil é recuperá-lo.  sou do tempo do crédito difícil.  a minha família não se deu mal com essa situação.
venho na lista dos maçons que anda na Net.  abandonei essa javardaria quando despejaram lá toda a rataria voraz e imbecil.
nos anos 50 e 60 assisti à criação do MPLA. tive outras fontes.
Sem imagem de perfil

De Fino Punkto a 13.03.2016 às 05:44

Boas.
Certamente sabe indicar-me se a família Ulrich, mais concretamente Fernando Ulrich (BPI) e/ou o seu tio, Ruy Ennes Ulrich têm ligações à maçonaria. 
Cumps

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D