Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Biqueira larga

por Vasco M. Rosa, em 04.03.14

A patrulha política não desarma, e foram apanhar o ministro Pires de Lima com sapatos estrangeiros numa fábrica de calçado. A mesquinhez dá pontapés, mas não é assim que chegará a parte alguma: não é pelo ministro ter 365 pares de sapatos portugueses no armário que a retoma aparece, sobretudo porque o português PL é livre de calçar de acordo com o seu gosto pessoal, o que pode não coincidir com a produção nativa, boa parte da qual sai directamente para as fronteiras. 

Querem, gostariam de instaurar um policiamento estético-patrióico? Ah, mas isso dá pano para mangas, e qualquer um de nós poderia, se aceitar perfilar-se nessa trincheira insana, apontar a alvos da sua preferência negativa, de modo a examinar hábitos, manias, escolhas pessoalíssimas como as de os sapatos que calçamos podem ser.

Essa agressividade bloquista, atiçada pela inveja e inflamada pelo desespero ou desamparo, pode frutificar aqui e ali, mas por pouco tempo. E no entanto deixará um rasto de ignomínia e cabonitice que se pode assemelhar àquela bosta que se agarra aos sapatos e é preciso esfregar e esfregar em ervas ou num tapete barato para poder entrar em casa...

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Frederico Pinheiro de Melo a 04.03.2014 às 21:58

cabotinice (a dislexia é insidiosa)
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 05.03.2014 às 17:19

Sim, eu concordo que "não é pelo ministro ter 365 pares de sapatos portugueses no armário que a retoma aparece". Mas não deixa de ser esquisito que o ministro português da economia tenha preferência por calçado importado, quando Portugal tem fabricantes de altíssima qualidade.
Sem imagem de perfil

De sapatilha a 05.03.2014 às 19:44

Não uso nem gosto de berloques,de qualquer cor.No entanto,reconhecendo-me e ao ministro o direito de calçarmos o que quisermos(e pudermos) não deixa de ser estranho que o ministro,naquela situação particularíssima,não tenha considerado a
probabilidade de lhe fazerem tão oportuna pergunta.E de estar à altura dessa situação particular(calçando também sapatos portugueses,como afirmou,seria essa
uma oportunidade para o fazer).

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Luís Lavoura

    Os debates televisivos têm euforia e sobreposição ...

  • Luís Lavoura

    Eu sigo um método muito simples para decidir em qu...

  • Anónimo

    Hoje em dia há filhos, com e sem religião, seja de...

  • Pedro Picoito

    Acho. (Não acho nada, estou a gozar.)

  • Luís Lavoura

    vá para casa fazer filhos, muitos filhos, a única ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D