Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Apologia da pouca honestidade

por João-Afonso Machado, em 10.02.24

Eis que principia o debate. Intervenientes o irrequieto Pedro Nuno e a salobra Inês. PS versus PAN. Dada a palavra ao primeiro, Montenegro, um ausente, é a bola que logo corre no relvado. A pivot impôs contenção, felizmente, iamos já não sei onde.  Talvez na veneranda questão do aeroporto... (Que raio de desporto, a porcaria da política!) Prosseguimos. Com a ferrovia, tema candente, tão quão imobilizado. Ponto primordial no articulado: então a Linha da Beira Alta? Está para quando o comboio? Aos costumes (ficção), o ex-ministro ficou calado!

Depois o debate avançando para o lítio e o lobo ibérico. Golo do PAN! Vantagem para a região transmontana. Não sem que o cosmopolita Santos não demonstrasse atrapalhação. Mas em República reina o PS. Obviamente na vacuidade de opções.

Prosseguem os ataques à AD. Não, não, a arguente é do PAN, relembremos sempre. E há outro tema, o da carga fiscal. O discurso prossegue entre dizeres genéricos que nada explicam. Intervalo sem golos socialistas.

Assim também no que toca aos profissionais do Ensino. Negociações, negociações... A menina Inês ataca nos animais, pouca obra demonstrada. Concordo, eu aficionado da tauromaquia; dono de cães quase filhos. (No mundo solitário em que tantos vivem o bicho, cão ou gato, é a famíla...)

Por fim, o SNS e a política ambiental. Tudo vai mal, nem os portugueses admitiriam ouvir o contrário. Mas a culpa é do PSD, pormenorizadamente. Por acaso - o PSD - ausente do debate, logo impossibilitado de se defender. O vídeo-árbitro anula a jogada suspeita.

Funciona assim a "ética republicana". A quem agradeço imenso pela confirmação do que sempre pensei e acreditei. Sem ajudas tecnológicas - o fora-de-jogo é evidente!


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 11.02.2024 às 00:45

Engraçado, no debate do Montenegro com o Raimundo - o PS - ausente do debate, foi várias vezes atacado e não vi da sua parte qualquer tipo de indignação. Não será sectarismo a mais? Ou não viu o debate?
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 11.02.2024 às 01:26

Não vi o debate.
Montenegro atacado por quem?
Logo a abrir o debate, sem mais considerações prévias?
Sem imagem de perfil

De cela.e.sela a 11.02.2024 às 10:01

perguntadores e comentadores: frustrados ao serviço do ps.
não se fala do Cafofo: só de Calado
Imagem de perfil

De O apartidário a 11.02.2024 às 17:46

Como é possível alguns atores mediáticos se prepararem tão mal para assuntos como os dos polícias?

https://sol.sapo.pt/2024/02/10/a-impreparacao-dos-jornalistas-e-dos-comentadores/
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.02.2024 às 13:47

O Sr. Carlos Sousa passeia pelos blogues o pânico em que vive.


Ou de como pessoas com capacidade para pensar, demonstrada noutros temas, perdem a noção das coisas quando ficam à rasca.
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 11.02.2024 às 15:48

Por acaso vê-se pelos partidos que estão a crescer que é só por pessoas inteligentes. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.02.2024 às 17:34

Obrigado por vir confirmar o que eu disse a seu respeito no "estar à rasca".
Quanto ao eu ter dito também que o considero com capacidade para pensar quando de outros temas, nem de eu o estar a elogiar como também sendo capaz de escrever coisas inteligentes, nem agradeceu (mal agradecido).
Tal é o pânico saltou logo para a tirada despropositada habitual em que os  outros são todos burros, já na tropa era o único que ia com o passo certo.
São pessoas assim, que acham "deploráveis" quem não pensa como eles, que estão a dar cabo da democracia.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 13.02.2024 às 10:52

Tem razão. Os inteligentes terão que votar Esquerda. Os outros são burros.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 11.02.2024 às 06:00

O Votómetro é uma ferramenta interativa que lhe permite, em minutos, descobrir com que partidos se identifica mais nas Legislativas 2024. Responda às perguntas e partilhe o resultado.



A Ideologia de pacotilha é uma coisa linda.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.02.2024 às 13:49

Isto de acreditar mais em "ferramentas interativas" que na própria cabeça deve ser bom, poupa o cérebro, não sei é para o quê.
Sem imagem de perfil

De balio a 11.02.2024 às 09:58

"menina Inês"


Não percebo qual a motivação de tratar mulheres adultas por "menina". Julgava que esse disparate estivesse confinado às mulheres do Bloco, agora vejo que também abrange a líder do PAN.


Um bocado de respeito ficaria bem ao autor.
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 11.02.2024 às 10:19

Bem, a menina Inês sempre é melhor que a salobra Inês. 
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 11.02.2024 às 11:20

Conseguimos importar dos US não só a política espectáculo, mas também a infantilização. A Europa faleceu. É uma Disneylandia onde o wokismo (que não se resume aos malucos fluidos do cabelo roxo) está em franca expansão e não tem rival. Gajos como o Voltaire já devem ter a camisa rota de tanto rolar no caixão. Adultos responsáveis precisam-se.
Sem imagem de perfil

De Albino Manuel a 11.02.2024 às 18:32

US, Disney, woke. Diria que não foge ao self-service.
Sem imagem de perfil

De João Brandão a 11.02.2024 às 11:39

Por falar em fora-de-jogo, esta falta não chega ao 'penalty' da outra que dizia que o pai é mais velho que a avó, ou coisa parecida.

Sobre isto, os partidos da 'direitinha' - tipo 'há dê' nada balbuciam.
Imagem de perfil

De O apartidário a 11.02.2024 às 11:46

Então a sra do Pan ainda não sabe que o progressismo é monopólio da esquerda? Centro progressista!? 
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 11.02.2024 às 12:22

Água  salobra: nem doce nem salgada...
Honra lhe seja feit, e eu esqueci de a fazer, defendeu  o aeroporto de Beja como solução,  o que acho muito bem
Imagem de perfil

De O apartidário a 11.02.2024 às 19:23

Apresentação do programa de governo socialista (baralhar e voltar a dar) 


https://oplanetadosmacacospoliticos.blogs.sapo.pt/apresentacao-do-programa-de-governoe-a-85547
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.02.2024 às 13:28

Dois  parasitas  imprestáveis    -   ma s , aparentemente , com "ingénuos" que   lhes prestam atenção...
Mas é o que temos    -     e, muito pior, o que somos...
Juromenha  

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Beirão

    A maltosa da bolha mediática não tem emenda nem ve...

  • Anónimo

    Não me lembro de ter ouvido ninguém, tirando os ex...

  • Antonio Maria Lamas

    Um muito oportuno texto. Que os candidatos adversá...

  • Anónimo

    As opniões de Paulo Nuncio, são banais. Mas foram ...

  • Anónimo

    Por mim foi uma enorme satisfação e só tenho a agr...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D