Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Acho que o facto de António Costa não gostar do debate político (não é calhado para isso, como se pode ver na Campanha) e de não gostar de estar dependente dos media para tudo e mais alguma coisa (condição de quem está na oposição), não ajuda a desembaraçar o impasse político.

António Costa passou de Ministro a Presidente da Câmara, está habituado a consensos ditados por si, não está para estar a ajudar a consensos liderados por outros e que ainda por cima perpetuem essa sua condição de mero líder da oposição que não lhe agrada nada.

António Costa gosta de inaugurações, de ser convidado, de ser procurado, de ser ouvido, de tomar decisões. Ele meteu-se nisto quando tinha a certeza que o PS ia ganhar as eleições, nunca pensou que o povo português não o elegesse. Agora já a Câmara de Lisboa está a ser gerida por Fernando Medina, portanto já não pode voltar para o seu antigo posto.

António Costa está nesta situação por engano e quer emendar a mão, e por isso o motor da sua decisão, quanto a consensos à esquerda ou à direita para que um Governo tome  posse, está intimamente ancorado a esse seu desejo de definir o seu futuro próximo profissional.

Cavaco Silva tem de pôr ordem nisto e indigitar Pedro Passos Coelho a formar governo. Não se pode dar margem a equívocos porque há sempre quem os aproveite.

A coligação ganhou as eleições deve governar e o PS perdeu e deve fazer os acordos necessários para o viabilizar. É simples. 



15 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2015 às 13:10

A partir de amanhã vai ser guerra aberta ao PR se as coisas não correrem de feição. Vamos descer ao nível da chinela.
Sem imagem de perfil

De joaquim a 11.10.2015 às 14:24



Claro. A coligação de direita ganhou deve governar  Que eu saiba a coligação de esquerda não concorreu, enquanto tal , não apresentou  programa , nem acordo escrito de programa entre os três parceiros .
o costa que pare com a brincadeira.
Sem imagem de perfil

De João. a 11.10.2015 às 16:20

Infelizmente para a sua tese vivemos num regime parlamentar onde uma aliança entrePS,PCP e BE é perfeitamente possível. O PS, o PCP e o BE não são obrigados a engolir o paf no governo. Quando o inefável Portas nas eleições passadas propunha que PSD e CDS podiam governar sem ganhar as eleições já não havia problema.


A democracia é o governo da maioria - aquilo que o paf não é e o PS, PCP e BE em conjunto são.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 11.10.2015 às 18:21

Por amor de Deus. Nem comento. Qual é o programa dessa coligação de esquerda de que fala? Não conheço.
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 11.10.2015 às 19:15

Maria Teixeira Alves, é claro que nesta fase não há programa, até porque essa coligação é apenas uma hipótese. O que sabemos apriori é que nunca será um programa que ponha em causa o cumprimento do tratado orçamental, que ponha em causa a nossa presença no euro ou o rigor nas contas públicas, isso garante o PS, os outros é que teriam que ceder aqui. Agora, há propostas do PCP e do BE que podiam integrar um programa de governo de esquerda, se pensarmos em setores como a educação ou a saúde, por exemplo.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 11.10.2015 às 22:56

Os programas de governo têm de ir a votos, isso é que é a democracia
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 11.10.2015 às 23:02

mas não podiam ir para a educação, para a saúde, para a cultura? e ficavam as pastas mais sensíveis, finanças, economia, negócios estrangeiros para o ps
Sem imagem de perfil

De xpto a 12.10.2015 às 11:18

Cá tá o miguelito que, felizmente, não é da Mafada.
Sem imagem de perfil

De JOSÉ CUNHA a 11.10.2015 às 19:19

        O Dr. António Costa deve saber como político que é há mais de 50 anos quais as regras e o sentimento do voto do povo português para não fazer ondas, quem ganhou eleições foi a coligação  são estes que devem governar por mais quatro anos sem interrupções de qualquer espécie. Portugal não pode nem deve entrar daqui a meses em novas eleições seria uma ruína para as débeis finanças públicas e para o resto da descredibilização do partidos políticos portugueses.
       Ninguém perdoaria ao Dr. Costa esta aventura de pretender ganhar na secretaria aquilo que perdeu nas urnas, juizinho e sentido de estado para respeitarem o sentido de voto dos portugueses que de forma esclarecedora apreciaram os dois partidos com as suas propostas de governo ou seja coligação e PS.
    Caso curioso os Bloquistas e a CDU, estão mesmo ressabiados com os resultados dependurando-se no A.Costa a pedir socorro e governo de maioria de esquerda esta mesma que não acredita na EUROPA que felizmente pertencemos.Todos nós esperamos pelo bom senso do P.S. e seu secretário geral.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2015 às 19:52

António Costa tem 54 anos.
Começou cedo...
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 11.10.2015 às 18:21

Apoiado João, assino por baixo!
Sem imagem de perfil

De oscar maximo a 11.10.2015 às 21:03

Infelizmente para a sua tese, a avaliação de se essa possivel coligação pós-eleitoral apresenta alguma garantia de estabilidade é ainda das poucas funções exercidas pelo PR, e não por qualquer comentador de blog.
Sem imagem de perfil

De Josephvs a 11.10.2015 às 19:23

"O vice-presidente da Reserva Federal, Stanley Fischer, afirmou que o banco central norte-americano prevê uma primeira subida das taxas de juro antes do fim do ano"


Esta noticia não lhe tira o tesão Ó Costa???
Sem imagem de perfil

De joaquim a 11.10.2015 às 23:59



A criação da frente de esquerda é infantil porque o PS sendo um partido de esquerda... não é da esquerda   O bloco não se sabe bem o que é, ainda não saiu da casca .O PC (partido comunista)  bebe no karl marx , no Lenine  e no staline o seu programa i.é sociedade igualitária com o proletariado e os trabalhadores, sociedade sem classes sociais e apátrida, apropriação dos meios de produção. empresas , bancos  propriedades agrícolas com  nova reforma  agraria, ETC  Penso que não é viável na época que vivemos
 
Sem imagem de perfil

De Pedro Pampolim a 07.11.2015 às 14:33

Eu sei que em Portugal, a maior parte das pessoas adora o FB. 
Não é o meu caso obviamente. Por isso a sigo no Twitter e no Blog. 
Abra mais links no seu Blog. Há por aí muitos sítios onde a corja que nos quer controlar não chega nem nunca vai chegar ;) Dá trabalho mas garante transparência e liberdade de opinião.


Onde opinar, tem a minha leitura.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Na bicha, minha senhora, na bicha.Recusar colonial...

  • Luís Lavoura

    uma acção coerciva de uma violência brutal, sem cu...

  • Luís Lavoura

    Sim, Marina, as pessoas em Lisboa estão todas borr...

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/retorno-ao-normal-de...

  • Anónimo

    Deu-se ao trabalho de verificar as credenciais de ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D