Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Alemanha

por henrique pereira dos santos, em 02.12.20

Os gráficos de evolução de novos casos e mortalidade covid na Alemanha são estes dois.

alem cas.jpg

alem mor.jpg

Temos duas hipóteses: ou os Alemães desaprenderam da Primavera para agora e o aumento de cerca de 30% de mortalidade resulta de má gestão da epidemia, ou a evolução da epidemia depende menos de cada um de nós e das autoridades do que nos querem fazer crer.

Adoptem o ponto de vista que vos parecer mais razoável aplicar à interpretação dos dados.



6 comentários

Sem imagem de perfil

De balio a 02.12.2020 às 09:49


Seria conveniente colocar também um gráfico do excesso de mortalidade.


É que todos os números sobre o covid estão feridos de incerteza, dado que os testes PCR são muito pouco fiáveis e dado que um morto é considerado vítima do covid desde que tenha testado positivo, independentemente da verdadeira causa da morte. Pelo que, também não é certo que um morto-covid tenha sido efetivamente matado pelo vírus.


Só as estatísticas da mortalidade total nos podem dizer se há efetivamente uma epidemia em curso, ou não.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2020 às 14:59

Ó lavoura vai-te... Põe tu o gráfico
Sem imagem de perfil

De balio a 02.12.2020 às 09:51

Há (parece-me) uma terceira hipótese: dado que a Alemanha é muito grande, os mortos atuais podem ser em regiões da Alemanha que na primavera foram menos afetadas.
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 02.12.2020 às 10:38

Também seria bom saber porque é que depois de tantas medidas de contenção, depois da obrigatoriedade das máscaras, depois dos confinamentos a Graça Freitas apanhou o covid.
Será que violou alguma das medidas?
Ou será que o covid não respeitou o recolher obrigatório?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 02.12.2020 às 23:41

Talvez seja um sinal que deixou de ser de Esquerda. Como sabemos segundo os jornalistas o vírus não ataca as manifestações de Esquerda...
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 02.12.2020 às 23:50


"a evolução da epidemia depende menos de cada um de nós e das autoridades do que nos querem fazer crer."


Isto.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • João

    É isso. Eis a razão pela qual o Benfica usava cami...

  • zazie

    Mas v.s sabem o que dizem ou são extra-terrestres?...

  • voza0db

    O que é um facto é que não interessa o grau académ...

  • voza0db

    A diversão é continua!Durante a época de natal e p...

  • Elvimonte

    O efeito do Natal:- na Turquia http://prntscr.com/...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D