Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ajuntamentos e Boas Festas

por João-Afonso Machado, em 22.12.21

O Governo, acabo de saber, proibiu ajuntamentos na rua de mais de dez pessoas. Não, não vou invocar semelhanças com as idas normas da II República, em que a PIDE onde visse conversa lia conspiração. Prefiro antes comparar esta restrição anti-colóquio com a - ainda da República de Salazar - licença de "uso e porte" de isqueiro. 

Jamais conheci alguém multado por acender o seu cigarro com um isqueiro. E jamais, também, conheci alguém que tirasse a referida licença. Ou seja, algo de inócuo, do ponto de vista da vigência ou da eficácia de obrigatoriedade. (Outra do antigo Código da Estrada consistia no lado do passeio em que os peões deviam circular "atento o seu sentido de marcha" - multa pelo incumprimento: cinco tostões!!! Estava lá bem escarrapachado nesse diploma legal!)

Não há meios para controlar esta imposição que deveria consistir somente numa recomendação. Nem sequer meritória porque nesta altura, as pessoas, a juntarem-se pró cavaco, até dispensam as esplanadas, antes preferem o interior dos cafés - está frio e vai chovendo.

Mas, sempre consciencioso, aproveito a oportunidade para desejar aos parceiros do Corta-Fitas e aos leitores, aqui deste lado da rua (- Estou sozinho, sr. Agente... -), sonoramente, com as mãos em concha na boca, um Santo Natal e um novo ano de 2022 sempre com saúde.

Muito Boas Festas!



7 comentários

Sem imagem de perfil

De António a 22.12.2021 às 13:39

Este governo tem tiques autoritários, tantos que na práctica estamos num regime autoritário. Esse é um problema grave e não será o fim da pandemia que o resolve de um dia para outro. Quarenta e oito anos demorou o autoritarismo anterior a ser resolvido.
Outro problema, igualmente grave, é o autoritarismo governamental ter derramado abundantemente sobre tudo o que usa farda, crachá, ou milita na função pública e suas muitas Autoridades. Começa a faltar-me a paciência para tanta sobranceria da parte de quem não é mais que os outros, mas que crê que o quero-posso-e-mando governamental também se lhes aplica. É que nem a eles nem ao governo.
Para alguns autoridade e autoritarismo poderá significar o mesmo. Não é.
Sem imagem de perfil

De aly kath a 22.12.2021 às 13:58

« poribidos ajuntamentos de + que 1»
permitido  x vírus per capíta
Sem imagem de perfil

De maria a 22.12.2021 às 19:31

Boas Festas e Bom ano 2022
Sem imagem de perfil

De aly kath a 23.12.2021 às 09:50

« quentes e boas »devido ao aquecimento global
Saúde e Fraternidade
Sem imagem de perfil

De Anónimo 78 a 23.12.2021 às 11:58

Há 40 anos o regime salazarista saía mal na quase totalidade das comparações. Hoje, exceptuando os 5 a 10% que gravitam nos partidos e suas extensões, é difícil encontrar uma comparação em que o regime salazarista não se mostre o menos mau.
Um Santo Natal e Boas-Festas.
Sem imagem de perfil

De Vasco Silveira a 23.12.2021 às 18:46

" ...E o senhor tem mantido as suas filhas isoladas ?"


esta era a pergunta de um dos muitos interlocutores telefónicos com acrónimos  diversos ( sempre com saúde, às vezes com PSP ) me faziam a propósito da infecção de várias pessoas em minha casa ( dois adultos e três crianças dos 8 aos 13 anos).
_"... Sim, claro, respondi eu, mas são crianças. Mas se achar bem, posso prendê-las com uma corrente à cama...!"
Saiu-se bem o burocrata , e acompanhou a minha gargalhada, bem como confirmou que sim, que estava a cumprir os procedimentos burocráricos, a preencher as casas, com uma cruz, sem qualquer relevância para o acompanhamento ou apoio de casos.


Num dia recebi 5 chamadas, tão parvas como aquela; no dia seguinte deixei de os atender ( 210 ... ...) para não ter que os mandar àquela parte.


Com os melhores cumprimentos ( do lado de dentro de casa)
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 23.12.2021 às 22:18

Eu só fico admirado, é como é que ainda há pessoas que alimentam a farsa.
Nem o facto do Durão Barroso ser o presidente da aliança global das vacinas desperta a mínima desconfiança. 
Parece que está tudo anestesiado, ninguém pensa, ninguém contesta, apoiam a segregação, apoiam a discriminação, apoiam a violação dos direitos humanos, será que esta gente também precisa de uma canga para viver?
Tristeza de gente, tristeza de país...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D