Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ai mata, mata!

por João Távora, em 23.06.16

Adrian silva.jpg

Ontem pelo minuto 80 do Hungria vs Portugal ainda fiz sinal do meu sofá para a equipa médica a pedir assistência e substituição. Por isso não sei se estou em condições no próximo sábado para assistir àquilo que se prenuncia um desastre. 

Aquela defesa e meio campo tremem como varas verdes, não há coração. Acontece que na hora certa faltou coragem a Fernando Santos para por a rodar um meio campo entrosado e rotinado a jogar para a frente, como pede o nosso sistema de jogo e os grandes artistas que fazem a diferença no ataque. A insistência em João Moutinho em baixo de forma desautorizou qualquer outra solução perante a restante equipa e ontem na segunda parte notou-se que faltou àquele sector um patrão. Essa autoridade não se confere de um dia para o outro e o que ontem vimos foi um meio campo transformado numa geringonça periclitante, que é o que está a dar. Foi o que aconteceu quando o treinador em desespero colocou um miúdo de dezoito anos a liderar aquele sector nevrálgico. Fernando Santos improvisou mais uma vez e a desconfiança entranhou-se entre os jogadores do meio-campo que parecem estar jogar sobre brasas. Este estado de coisas conjugadas numa eliminatória com a Croácia, uma equipa coesa e determinada, não augura na da de bom. Oxalá eu me engane.  



3 comentários

Sem imagem de perfil

De António Ramalho a 23.06.2016 às 19:18

Salvo o devido respeito, o que não augura nada de bom é estarmos a criar um clima de "altas pressões" junto daqueles que:
1. mais que ninguém, querem dar o seu melhor;
2. mesmo que quiséssemos não podíamos substituir por outros (nesta fase mudar de seleccionador não é possível, ou é?);
Só quem não faz é que não erra. Para quem está de fora, que é o nosso caso, se errarmos ninguém vai ligar pevide ao que antes dissemos... afinal, quem está sob pressão é Fernando Santos, não é o senhor nem sou eu; se acertarmos, o único gozo que daí podemos tirar é escrever em blogues ou redes sociais aquela famosa tirada "eu bem que avisei!", algo que deve proporcionar torrentes inesgotáveis de prazer perante o desgosto de termos sido eliminados como, aliás, já tínhamos vaticinado. Acha mesmo?
Já li coisas suas bem mais interessantes. Esta deixa mesmo muito a desejar.
Termino com uma pergunta: qual das hipóteses seguintes lhe daria maior satisfação, (1) eventualmente que Portugal fosse Campeão Europeu (mesmo que não acredite, faça um esforço de imaginação); ou (2) ter acertado no seu vaticínio?
Arrisco agora eu um vaticínio: se for a primeira hipótese, nós 2 e mais 10 milhões de portugueses ficaríamos felizes; se for a 2.ª, creio mesmo que só o senhor e mais meia dúzia de pessoas que andam a ter atitudes similares é ficariam felizes (e mesmo assim duvido).
Cumprimentos
Imagem de perfil

De João Távora a 23.06.2016 às 20:09

Deixe estar António Ramalho, que vozes de burro (a minha) não chegam ao céu. Isto é só aqui a gente a falar... 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.06.2016 às 18:40

Cuidado! Há tanto lagarto por aí :P

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    A Cimeira Social esteve muito bem, foi uma sensaçã...

  • Anónimo

    Quem não conhecesse bem o país, acharia que a sua ...

  • AVS

    Ao longo dos anos que vou acompanhando alguns blog...

  • Anónimo

    Quando um governo concentra em si tal poder que é ...

  • Maria

    Parabéns, retratar melhor está cambada é impossí...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D