Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Acabar com patentes, acabar com novas curas

por Jose Miguel Roque Martins, em 06.05.21

De Biden ao Conselho Europeu chegam ecos da intenção de levantar patentes sobre as vacinas covid19. A acontecer, será celebrada como uma conquista do bem sobre o mal, da generosidade sobre a avareza. Na realidade é a política no seu pior. Uns fazem boa figura à custa do dinheiro dos outros, prejudicando todos os demais. Sem a perspectiva de lucro, quem irá fazer o desenvolvimento de soluções farmacológicas? Junta-se assim o roubo de propriedade intelectual à condenação de milhões ou biliões de pessoas que, no futuro, não serão salvas, porque há novos fármacos.

Se quiserem ser solidários ( o que se aplaude) comprem, a preço razoável, as patentes. Não impeçam que no futuro não haja inovação. 

Soluções ridículas não são um exclusivo português

 

PS: O pior é que o estrangulamento actual é a capacidade de produção e no caso da Astra Zeneca, a 1,5 Euros a dose, não se vê o que possa alterar-se. 

 



7 comentários

Sem imagem de perfil

De balio a 06.05.2021 às 11:05


o estrangulamento actual é a capacidade de produção


Exatamente. Tanto quanto leio, se Biden quiser facilitar a produção de vacinas, aquilo que tem a fazer não é levantar as patentes, mas sim eliminar os impedimentos à exportação de diversos componentes made in USA de que outros países necessitam para produzir vacinas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2021 às 11:20

«estado castrador» dos anos 60 deu mau resultado
agradecidos pelo terrorismo de estado 
Imagem de perfil

De demolidor89 a 06.05.2021 às 11:37

Não é regra, mas uma exeção, de uma medida de emergência. . Estão a morrer pessoas em todo o mundo e afetar a economia mundial. Trata-se de uma pandemia que já dura há mais de um ano.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2021 às 12:12

concordo com a urgencia. 
Mas não com a destruição da expectativa de ganho a quem investiga e descobre a solução. 
A solução é a solidariedade real: pagar para comprar a patente ( ou vacinas) para os paises mais pobres. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2021 às 14:59

Mas eles investigaram sozinhos? Não terão tido acesso gratuito aos dados de investigação de universidades estatais? 
E o financiamento maciço que alguns estados deram a esses laboratórios será devolvido a esses estados?
Imagem de perfil

De Jose Miguel Roque Martins a 07.05.2021 às 07:14

pelos vistos, não pressupunha que a patente ficasse do domínio publico. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.05.2021 às 12:57


Estas propostas de Biden e do Coselho europeu são apenas a usual auto-propaganda típica de entidades políticas a necessitar de trabalhar a imagem.

Mais uma inconsequênte mão cheia de nada. Quem tem a faca e queijo na mão neste caso é a poderosa indústria farmaceútica.

Os Estados (os contribuintes) que queiram ajudar o 3º mundo vão ter que simplesmente negociar produção protegida por patentes e outros protocolos.

Por exemplo: a União Indiana até tem as suas patentes e produção de vacinas. Quem é que Biden e a UE querem ajudar?. Como?.Bla, bla, bla.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    PP lembra-me a cebola.Debaixo de uma camada, há OU...

  • Anónimo

    Pacheco Pereira é uma daquelas personalidades da n...

  • Paulo

    É na regulação que o estado é necessário é onde ma...

  • Anónimo

    "intelectualmente desonesto".Mea culpa.JSP

  • Anónimo

    Pacheco Pereira tornou-se ( deliberadamente?...) d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D