Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A propósito de livros

por João-Afonso Machado, em 29.01.17

MEMÓRIAS REDIVIVAS.JPG

Não sei se fará muito sentido divulgar num blogue um trabalho que se destina apenas a subscritores. Já na 2ª edição, sempre com todos os exemplares numerados, em conformidade com o seu adquirente devidamente identificado em lista integrante. Mas, de qualquer modo, aí vai:

Trata-se da correspondência de Camilo Castelo Branco, ao longo de quase 20 anos, com uma família minhota. Depois da descoberta de dúzia e meia de cartas inéditas do grande escritor, num arquivo em recuperação.

Por isso Memórias Redivivas. Porque elas eram já do filho de um dos correspondentes -  a quem Ana Plácido escrevia: «Camillo queria-lhe muito».

Não me limito a reproduzir cartas com uma ou outra nota de rodapé. Contextualizo-as, tento dar-lhes vida, restabelecer o diálogo (as outras fui buscá-las ao Centro de Estudos Camilianos...) entre quem as escreveu. Está lá o Camilo da ironia, do sarcasmo, do sofrimento, da gratidão. A relação de amizade vinha, senão da Maria da Fonte, pelo menos da boémia romântica portuense e anti-cabralista. Por isso estão lá, também, os seus amigos, a fidelidade e o empenho deles.

Talvez interesse aqui a ninguém. Ocorrendo alguma excepção, sempre acrescento: a 2ª edição está no prelo, a lista de subscritores vai aumentando... - procurem no Facebook o João Sem Terra, ele poderá adiantar algo mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)



2 comentários

Sem imagem de perfil

De Vasco Silveira a 31.01.2017 às 10:41

Caro João


Eu me confesso: não uso facebook, nem tenho smartphone ( apenas um telemóvel com teclas, memórias, e mais uma data de coisas desnecessárias). será que isso , ou melhor, o não isso me "desabilita" para subscritor? Espero, e peço,  que não.


O Camilo, que no seu melhor conheci tarde, para além das sua extraordinária qualidade literária, é talvez o mais Português dos nosso escritores: vernáculo até ao exagero, polémico insuportável, apaixonado, e profundo conhecedor, da história de Portugal, é sempre uma fonte de prazer, surpresa, e até irritação lê-lo. _Já estou com saudades de reler a "Queda...".
Portanto, se fôr possível , increvo-me.



Um abraço


Vasco


Post Scriptum: também tenho tenho procurado encontrar a correspondência " Minhotos,..."
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 01.02.2017 às 07:53

Caro Vasco:
Tudo se arranja.
Procura-me através de algum amigo comum, ou pelo mail deste blog ou por mensagem para o meu blog pessoal (MACHADO, JA).
Por razões que compreenderás, não deixo aqui os contactos pessoais.


Grande abraço
João Afonso

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    O Sr. Sócrates não está parado. Com este governo d...

  • Anónimo

    O jornalixo cá do burgo tem um ponto, cavalheiresc...

  • sampy

    A resposta de Moro é uma pérola:"Não debato com cr...

  • Anónimo

    O que é que a Greta tem que eu não tenho?Esta cois...

  • Anónimo

    Penso que quis dizer "subisse tão baixo".


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D