Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A família cristã - uma urgência

por João Távora, em 18.06.19

Festa da Familia.jpg

No passado Domingo na Quinta das Conchas ao Lumiar decorreu durante o dia a "Festa da Família", uma jornada com actividades diversas organizada pelo Patriarcado de Lisboa que contou com a participação de vários movimentos católicos e culminou numa missa campal presidida pelo Cardeal Patriarca que reuniu centenas famílias e onde se abençoou cerca de 200 casais que celebravam este ano 10, 25, 50 e 60 anos de casamento.

Estranha é a invisibilidade mediática deste acontecimento, pela sua relevância e grandiosidade, tanto mais numa conjuntura em que tanta falta faz evidenciar a fecundidade do perene modelo de família cristã que todos sabemos vai rareando e cedendo à hegemonia da cultura individualista e hedonista. Desconfio que estamos (alegremente) a cavar a sepultura da nossa civilização.

 

Fotografia daqui



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2019 às 10:51

Sr. João, a família cristã é apenas um modelo histórico e cultural entre outros. Não é nenhum valor absoluto. Há muitas pessoas em união de facto, famílias monoparentais, casais LGBT, etc, etc. Não há um modelo melhor do que outro. As pessoas adultas e autodeterminam-se. Tudo é relativo e depende da sensibilidade e da vontade de cada um, desde que não resultem daí prejuízos para terceiros. Já passou o tempo do outro senhor, em que tudo tinha que ser da mesma maneira. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2019 às 11:34

devem ter  importado parte das noivas de Santo António
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.06.2019 às 12:26

Sempre que há celebrações e ajuntamentos de grandes famílias no Parque das Conchas, nunca passa por lá a visibilidade mediática.
Muito menos se são assuntos presididos por entidades clericais...
Sem imagem de perfil

De EMS a 19.06.2019 às 15:08

Qual é o interesse jornalístico em noticiar um grupo de pessoas que foram á missa ao domingo?
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 19.06.2019 às 15:40

Sobre o linque para a "família cristã" do João Távora:

1) O facto de nascerem filhos fora do casamento não quer dizer que esses filhos não vivam com o seu pai e a sua mãe. Por exemplo, eu não sou casado (nem sequer pelo civil!), porém vivo com a minha mulher e com os nossos filhos há já 20 anos. Por outro lado, há muitíssimos filhos que nascem dentro do casamento mas cujos pais rapidamente se divorciam, pelo que, para efeitos práticos, acabam por ser filhos de pais não casados.

2) O modelo de família do João Távora, com avós e tios todos a viverem junto ou por perto, é muito bonito para quem tem a sorte de ter casa e trabalho todos na mesma cidade. Muita gente, para seu azar, foi forçada a viver longe da cidade onde nasceu. Muita outra gente tem pais que faleceram cedo. Por exemplo, a minha mãe nunca conheceu os netos (nem o pai dela conheceu os filhos dela), e os pais da minha mulher vivem a uma centena de quilómetros e só de vez em quando vêem os netos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.06.2019 às 12:29

É uma vergonha para a igreja portuguesa. Após tantas parangonas sobre o dia do Corpo de Deus, não houve um site oficial (patriarcado, ag. iglésia, etc) que informasse sobre o percurso da 'grandiosa' procissão. Vergonha.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se Portugal é um pseudo país não sei o que estás c...

  • Rui

    Quantas ligações OPO-LIS estão previstas. Já viu? ...

  • Rui

    Total desconhecimento da realidade económica do pa...

  • Rui

    Verdade, desde que seja um hub. Por acaso o senhor...

  • Anónimo

    concordoPor isso eu tenho a ideia que a democracia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D