Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A esquerda portuguesa é uma espécie de Stasi

por Maria Teixeira Alves, em 14.08.18

op_57507_web_summit.jpg

 Ao ver a indignação da esquerda portuguesa ao convite de Marine Le Pen para oradora da Web Summit, e a pressão da imprensa portuguesa  sobre o governo para pedir explicações, lembrei-me daqueles tempos em que a Stasi queimava livros e proibia a publicação de outros. Tudo em nome de uma higiene cultural que tomavam como certa e justa.

A esquerda portuguesa está a fazer o mesmo quando quer proibir a presidente do partido francês Frente Nacional de ser oradora da Web Summit. Isto apesar da organização, em nome da defesa da pluralidade de opinião, ter defendido a sua presença. A pressão da esquerda levou Paddy Cosgrave a passar a batata quente da decisão tirana de proibição para o Governo português.

Caminhamos para um mundo onde os Republicanos nos EUA deixam de ser considerados legítimos para governar, a direita europeia deixa de poder ter espaço de opinião. Qualquer dia proíbem o CDS de falar em público (em nome duma higiene cultural qualquer). Vão proibir países com líderes de direita de estar na União Europeia. Um passinho mais e começam a queimar os livros de autores de direita, ou, mais higiénico, a proibir as livrarias de os vender.

Tiranos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



14 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.08.2018 às 00:43


Na verdade o que os jovenzitos do BE demonstram é a fragilidade das suas mentes e das suas convicções. Mas isso sempre foi óbvio para quem observa aquele partido de pseudo pequeno-burguezitos. Enfim, crianças a brincarem "aos adultos".

O mais curioso será ver os crescidinhos no governo a acagaçarem-se com tão infantis interjeições. Sintomático.
PS- Não foi Macron que ganhou as eleições em França.  Foi "tous le monde" contra Madame Le Pen. E agora, José?. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.08.2018 às 13:38

Inacreditavel, tanto blabla sobre a liberdade de expressao...mas qd chega alguem que nao defende como a esquerda portuguesa, o repovoaento islamico de Portugal, nem das principais capitais europeias e censurado!!!??? A esquerda islamica queria era o Soros na Web sumit...esquerda de meca... é o que é!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.08.2018 às 13:49

Vivemos de novo no tempo da censura e do fascismo. Só que como o Salazar já morreu e este fascismo é de sinal contrário a ordem é para festejar...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.08.2018 às 19:24

O conceito de liberdade de expressão desta esquerda é o de serem livres de dizer todos oa disparates que entenderem e sem limites, impedindo que aqueles que opinam diferentemente se possam expressar.
Na verdade, essa gente convive bem com os métodos da stasi. São uns "democratas" de pacotilha.
Perfil Facebook

De Vitor Prata a 15.08.2018 às 19:25

O conceito de liberdade de expressão desta esquerda é o de serem livres de dizer todos oa disparates que entenderem e sem limites, impedindo que aqueles que opinam diferentemente se possam expressar.
Na verdade, essa gente convive bem com os métodos da stasi. São uns "democratas" de pacotilha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.08.2018 às 21:45

Preguiçosos estes da esquerda ! não se querem dar ao trabalho de aproveitar a vinda dessa senhora cá para lhe fazerem certas perguntas cujas respostas servem esquerda...
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 16.08.2018 às 13:42

Censura? Lanço um desafio: encontrar edições em português de Adam Smith, Ayn Rand, John Stuart-Mill ou Von Mises. Boa sorte.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.08.2018 às 13:03

André, e porque não os edita? Ou os nossos liberais apenas pregam a competência e o empreendedorismo e não os praticam? 
Sem imagem de perfil

De EMS a 17.08.2018 às 18:13


Encontrei bastantes. A sorte não foi necessária.



https://www.fnac.pt/A-Revolta-do-Atlas-Ayn-Rand/a1258467#

https://www.fnac.pt/ia99054/John-Stuart-Mill
https://www.fnac.pt/mp9805425/A-Mentalidade-Anticapitalista
https://www.fnac.pt/Riqueza-das-Nacoes-Vol-1-Adam-Smith/a140314?omnsearchpos=1#


Do Adam Smith não encontro a "Teoria dos sentimentos morais" mas ninguém lê isso.
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 20.08.2018 às 09:07

Óptimo, folgo em saber, excelente notícia. Há uns atrás comprei em espanhol e inglês porque não encontrava em Portugal.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.08.2018 às 13:47

Estamos a assistir a uma verdadeira guerra cultural, onde vale tudo desde denegrir, perseguir, condenar e censurar . Nos EUA desde Obama que o FBI e o IRS foram instrumentalizados para perseguir conservadores e quem não pensa de acordo com o politicamente correto progressista. Já os Media de referencia e as empresas privadas que dominam a internet como a Google, Apple, Facebook, Twitter etc  procuram  desativarem, impedirem o acesso a contas de activistas conservadores que denunciem a preconceito e desinformação dos media tradicionais. Os media estão a tronar-se num verdadeiro poder politico usado pelos estados ( não é só a China infelizmente ) para monopolizarem o pensamento único e o comportamento único politicamente correcto ( e marxista/progressita como é evidente ).Essa tendência está também a chegar à europa e vamos todos sentir o lápis da censura novamente.
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 17.08.2018 às 14:15

Sinais dos tempos. Antes a informação não chegava a toda a gente, nem com a rapidez de hoje, as pessoas não estavam 24/24 ligadas à net a serem constantemente bombardeadas com informação, esta circulava mais lentamente, o que permitia uma análise mais cuidada e ponderada. Os governos e os media compreenderam que esta rapidez, acesso constante à informação, que não permite análises, criticas ou refutações, porque não há tempo, lhes permite influenciar muito mais facilmente o pensamento e a linguagem. Claro que como nem toda a gente é carneiro e ainda há quem use o cérebro, há que os silenciar, são pedras no sapato. Por isso o apelo cada vez maior dos conservadores a que as pessoas se "desliguem", consumam noticias com moderação, leiam mais livros, pensem pela própria cabeça. É cada vez mais importante que o façamos.
Imagem de perfil

De slade a 17.08.2018 às 16:21

E se fosse bem mais simples: uns estão mais próximos do que está certo do que outros.
Por exemplo, entre Vercors (Jean Brulle) e o seu Le Silence de La Mer e Ayn Rand, autora dessa ode ao egoísmo primário que é Atlas Shrugged, a obra que os conservadores americanos têm como símbolo, não há escolha, há certo e errado, sem intersecção.
 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.08.2018 às 22:12

Estou ligeiramente de acordo. Vou revelar que musica oiço para conseguir pintar as minhas abstracções, por ex.: 
PASODOBLES TAURINOS EN SEVILLA
https://www.youtube.com/watch?v=M4BRFL9MagA
Cumprts, fl
https://pintorfranciscolaranjeira.blogs.sapo.pt/

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se fala do PCP, sim.Meter o BE no mesmo saco é ceg...

  • Anónimo

    Como é óbvio, o Passos nem sequer vai tentar. Como...

  • Carlos Gonçalves

    Eis, calma aí. O trampolineiro, pelo menos, já não...

  • Anónimo

    Caiu a máscara ao Marcelo. O outro nem máscara usa...

  • Carlos Gonçalves

    Eis, calma aí. O trampolineiro, pelo menos, já não...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D