Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A César o que é de César

por João Távora, em 17.04.18

carlos_cesar_PS_1-925x578.jpg

Carlos César não é nem mais nem menos que os seus colegas que se aproveitaram duns regulamentos para sacarem o mais lucro que possível do mandato de deputados para o qual foram eleitos – nada de ilegal reclama o socialista. O problema é que, de um deputado se deve exigir um exemplo ético imaculado (em vez de republicano), que é muito mais que o exercício estrito da lei. Ocupar um lugar no hemiciclo de São Bento jamais deveria ser tomado como uma regalia mas como uma missão. É por isso que estes casos denunciados pelo Expresso deveriam ser impiedosamente condenados por uma sociedade civil exigente. De resto, a tolerância ou indiferença perante tudo isto diz mais sobre nós como comunidade do que sobre os prevaricadores.  



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.04.2018 às 16:41

......"É por isso que estes casos denunciados pelo Expresso (http://expresso.sapo.pt/politica/2018-04-13-Deputados-das-ilhas-reembolsados-por-viagens-que-nao-pagam#gs.dVqEXGs) deveriam ser impiedosamente condenados por uma sociedade civil exigente. De resto, a tolerância ou indiferença perante tudo isto diz mais sobre nós como comunidade do que sobre os prevaricadores".......  

Assino por baixo.
António Cabral
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.04.2018 às 17:57

Não vale a pena.
Que consequência, isto de assinar e condenar, 
uma prática de rapinagem de décadas?
Vem de longe, é como a fama do brandy Constantino.
E do patriota Valentim Loureiro, início do Regime e tantos outros, fim do Regime com Varas & Cia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.04.2018 às 18:51

Sem dúvida. Curioso é que se o sistema eleitoral fosse alterado para um formato em que os candidatos estariam em nome próprio no boletim de voto do seu círculo eleitoral, o Sr. Carlos César muito provavelmente tornaria a ser eleito deputado.

"... De resto, a tolerância ou indiferença perante tudo isto diz mais sobre nós como comunidade do que sobre os prevaricadores.  ...".

É apenas mais uma das más censequências de um sistema político patológico, doentio, que alheou a sociedade do processo de representatividade política e desresponsabiliza eleitoralmente os seus actores.
Democracia representativa ?. Claro, há quem se veja efectivamente representado ...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.04.2018 às 19:57

Depois do barco e dos estaleiros de Viana a personagem estaria remetida às bordas pelo próprio partido, não fosse o caso de a coisa se ter transformado numa aberração.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 18.04.2018 às 10:01

Porque é que este post singulariza o deputado Carlos César? Ele fez o mesmo que muitos outros deputados fazem e, no passado, fizeram. Em particular, muitos deputados do PSD.
Imagem de perfil

De João Távora a 18.04.2018 às 12:46

Talvez porque César seja presidente do PS. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2018 às 13:13

Podem dizer o que quiserem que ninguém, no seu perfeito juízo, acha normal receber duas vezes o pagamento de uma despesa que fez. Tratando-se de deputados, o que se espera é que revejam rapidamente regulamentos ou leis que autorizam pagamentos/reembolsos em duplicado. Trata-se de dinheiro que saiu dos bolsos de contribuintes que, na sua maioria, vivem com grandes dificuldades.
Tudo o resto são cantigas de mau pagador.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 18.04.2018 às 17:02

A César o que é de César e o resto, em primeiro lugar, para os seus familiares e depois para os outros.
À mulher do César dêem-lhe o que mais puderem, mas com cuidado, para que ela pareça séria e se cumpra o ditado: "à mulher de César não basta ser séria".

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D