Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




À atenção da esquerda

por Maria Teixeira Alves, em 25.02.15

O candidato do PS teve um momento de redenção. Depois do elogio à postura inicial do Syriza – quando este estava na moda por ser muito irreverente contra o Eurogrupo, quando todos os opinion makers vaticinavam o fim da troika; do poderio alemão e do fim da austeridade, por decreto e vontade de Tsipras e de Varoufakis – António Costa viu-se indexado à derrota destas promessas (o governo grego percebeu que tem de ficar no euro e tem de cumprir a austeridade). O resultado das negociações dos gregos com o Eurogrupo prova que em países que têm dívidas excessivas, não há alternativa à austeridade.

Ora depois de ter pronunciado frases como esta "esta política de austeridade fracassou", António Costa apercebeu-se que estava a percorrer o caminho do Syriza, pois iria, mais cedo ou mais tarde, engolir as suas próprias palavras. Hoje surpreendeu tudo e todos quando, no Casino da Póvoa, diz que Portugal está a vencer a crise: “A situação de hoje é bastante diferente da de 2011″. Ora aí está. 

Já agora gostava de esclarecer que, a propósito de se dizer que a dívida pública está maior, é preciso distinguir a dívida bruta da dívida líquida. 

As emissões de dívida não são forçosamente reflexo de gastos versus receitas do Estado. Emite-se dívida porque os juros a pagar são bons e depois deposita-se esse dinheiro (a render juros) para usar quando for preciso (pagamentos que o Estado tem de fazer no futuro). Portanto à dívida emitida tem de se subtrair os activos (dinheiro aplicado), para se saber qual é então a dívida líquida (e esta está a baixar). 

De uma vez por todas usem o indicador Dívida Líquida para avaliar o grau de endividamento do país!

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Luis AC a 26.02.2015 às 09:04

E no meio disto tudo, ninguém perde tempo a pensar o que raio estaria o PRESIDENTE DA CML a fazer no ano novo chinês DA PÓVOA...?!?!?!?

Se anda a espalhar pela cidade cartazes a dar as boas vindas ao ano novo chinês, então não deveria ter comemorado o mesmo com a comunidade chinesa de Lisboa?
Sem imagem de perfil

De António Maria a 26.02.2015 às 09:26

O senhor deputado Vieira da Silva, explicou ao País que o senhor Costa produziu aquelas declarações na qualidade de Presidente da Câmara de Lisboa, numa celebração do inicio do ano chinês.
Na Póvoa do Varzim?
Será que mudou de Câmara?
Se calhar sim, até porque os Lisboetas não têm dado pela sua presença.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.02.2015 às 10:30

Também se enganou no perdão ao Benfica. Afinal eram só 4,8 milhões do dinheiro do PS, mas ele não sabia.
Sem imagem de perfil

De João. a 26.02.2015 às 14:47

"Portanto à dívida emitida tem de se subtrair os activos (dinheiro aplicado), para se saber qual é então a dívida líquida (e esta está a baixar)."


Eu digo que isto é uma treta à moda de girl coelhista. Passe lá um link que noticie com base em dados oficiais esta afirmação da descida da dívida pública líquida. O que eu li por aí é que também a dívida líquida aumentou de 2013 para 2014. 
Sem imagem de perfil

De campus a 26.02.2015 às 15:08

Isenção do Benfica, afinal, seria de 4,6 milhões de euros! Costa, dizias que ias perdoar 1.8 milhões do dinheiro dos contribuintes, o que é que ias fazer aos outros 2.8 milhões ????
Sem imagem de perfil

De Simão a 27.02.2015 às 12:57

"..o governo grego percebeu que tem de ficar no euro..."

Eu não estaria tão certo disso.
Vários Media e comentadores têm sérias reservas quanto a isso e esta "time extension" pode funcionar para dar tempo a um "GREXIT" nas melhores condições possíveis para ambos os lados e, claro está, nenhum dos lados quer ficar com o ónus da responsabilidade nem ficar como o "mau da fita".
As "Instituições" não querem ser acusadas de precipitaar tal desfecho e o Syriza não quer sair pelo próprio pé e espera ser corrido "à vassourada" (têm feito assinaláveis esforços quase diários para isso e ninguém corre com eles o que provoca profunda consternação em Atenas) para se poder apresentar como "vítima" ao seu eleitorado.

Já em vários media anglo-saxónicos vi opiniões e comentários que corroboram este cenário: o GREXIT deixou de ser uma questão política....é apenas uma questão de matemática ao nível da Elementary School. A Grécia não pode continuar no Euro. É impossível para eles e para as "Instituições".

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    o 3º passo, a venda em hasta pública, em leilão po...

  • Tiro ao Alvo

    Este anónimo deve ser professor e interessado. Ess...

  • Tiro ao Alvo

    O problema é esse, caro anónimo: quem tem dinheiro...

  • Anónimo

    Tem razão. distraí-me. Mas esse aspecto é o menos ...

  • Anónimo

    Políticos que nunca passaram pela actividade econo...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D