Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



De purga em purga

por Pedro Correia, em 25.10.07
A direcção do PCP acentua a intolerância contra os militantes que pensam de maneira diferente, transformando cada divergência numa "dissidência" sem retorno. O afastamento de autarcas prestigiados, como Carlos Sousa, que deu a vitória ao partido nas últimas autárquicas em Setúbal, e Barros Duarte, a quem o PCP deve a reconquista da câmara da Marinha Grande, demonstra que a cúpula comunista não esqueceu nada nem aprendeu nada: continua com os tiques autoritários de sempre. Que o diga Luísa Mesquita, uma das mais dinâmicas e combativas deputadas das últimas legislaturas, agora posta à margem pela direcção parlamentar como se tivesse lepra. Nada disto me surpreende: toda a história do movimento comunista é atravessada por brutais purgas "purificadoras". Nos seus tempos áureos, o camarada Estaline, que a última Festa do Avante! evocou com tanta nostalgia, chegou a decapitar mais de 80 por cento do comité central do partido soviético, condenando os seus melhores quadros ao degredo ou à morte. As execuções passaram à história, mas a semente estalinista perdura nos partidos comunistas que sobraram. Incluindo o português. De purga em purga até ao silêncio definitivo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o tempo que passa

por Pedro Correia, em 12.10.07
Ouço Bernardino Soares na televisão a perorar sobre o Orçamento de Estado. E logo me lembro de excelentes deputados do PCP que tive a honra de conhecer pessoalmente. Deputados como Luís Sá, João Amaral, Octávio Teixeira e Lino de Carvalho. Que diferença.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Coca-Cola é vermelha, pá!

por Pedro Correia, em 11.09.07
A revista da Festa do Avante!, repito, está tecnicamente bem feita. E foi bem gerida comercialmente: os camaradas nestas coisas não perdoam. Quarenta e uma das suas 112 páginas são de publicidade - na grande maioria referente a municípios geridos pelo PCP (a Câmara de Setúbal, certamente por falta de verba, só adquiriu um quarto de página, enquanto as de Almada e de Arraiolos reservaram uma página e a do Seixal ficou com a contracapa). Mas o facto mais relevante foi a página inteira de anúncio à Coca-Cola, o que só comprova que "todo o mundo é composto de mudança". A "água suja do imperialismo" andará agora menos turva?

Autoria e outros dados (tags, etc)

O "fascismo" vem aí

por Pedro Correia, em 11.09.07
Os responsáveis pela Festa do Avante! - e desde logo o seu director, José Casanova - editaram uma revista (bem feita, diga-se, e cheia de publicidade) com um editorial violentíssimo contra o Governo.
Nesse editorial lê-se o seguinte:
- "O Governo PS/José Sócrates tem vindo a levar por diante a mais perigosa ofensiva contra o regime democrático."
- "O Governo PS/José Sócrates leva essa ofensiva mais longe e mais fundo do que qualquer governo anterior e confere-lhe uma tónica crescentemente antidemocrática."
- "Trata-se, com efeito, de uma política (...) que tem como alvo prioritário os valores de Abril que venceram o fascismo."
- "Trata-se de uma política de cujo conteúdo essencial emergem sinais de iniludível cariz fascizante."
- "Os perigos que espreitam a democracia no nosso país são por demais evidentes."

(os sublinhados são meus)
Daqui se infere que eles - os responsáveis pela Festa do Avante!, o director do jornal e a direcção do partido - já chamam fascista a Sócrates.
Bem sei que o PCP - como o pastor da história, sempre a clamar que vira lobo - vê o "fascismo" em todos os cantos. Mas, que me recorde, há muito que não ia tão longe numa invectiva a um governo do PS. Notícia, pois. Quem falou em fascismo e no eufemístico fascizante foram eles. Não eu.
Dá para perceber, não dá?

Ups, parece que não...
Escandaliza-se o Filipe Moura não com este linguajar extremo dos editorialistas do PCP mas com o título do DN. "Eles são dos portugueses mais honestos, bravos e trabalhadores que se podem encontrar", proclama. José Casanova, Jerónimo de Sousa, o "bravo" Bernardino Soares e tutti quanti bem podem agradecer-lhe: é difícil haver elogio mais rasgado.
Esteja descansado o Filipe: para a próxima prometo-lhe um título mais respeitoso (o respeitinho é muito bonito). Se entretanto "os sinais de iniludível cariz fascizante" não me fizerem perder o pio.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Salva qualquer um com magros resultados no balanço...

  • Anónimo

    o pescador é um predadoranualmente são lançadas no...

  • Anónimo

    os seres humanos anteriores à agricultura morriam ...

  • António

    A I.L. pode não ter amarras, mas tem tiques. Não f...

  • Anónimo

    Não havendo escrúpulos,sem atenção à diversidade d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D