Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Tratado de Lisboa

por João Távora, em 13.12.07
Enquanto o elegante rio Tejo corre alheio para o oceano, Lisboa amanhece luminosa e azul para a assinatura do novo Tratado Europeu. O magnifico mosteiro dos Jerónimos e a Praça do Império são o cenário perfeito para a mais refinada promoção turística nacional. Estou certo que o banquete a servir hoje no Museu dos Coches, os vinhos, demais petiscos e toda a doçaria doméstica impressionarão da melhor maneira os ilustres convivas. Sem contar com as comezainas servidas aos motoristas, seguranças, jornalistas e restante staff, cuja qualidade nunca seria descurada pelo experiente Protocolo nacional, tudo contribuirá para o bom nome e imagem do novo Oeste europeu. Portugal, um irresistível destino de sol e praia, de congressos e incentivos, casamentos e baptizados, além do golfe e do bodyboard. Sem esquecer a bonomia nacional, a animada “movida”, o José Mourinho, os casinos e o Fado. Com tudo isto estão garantidos mais uns patacos, o emprego de muita gente e um desígnio nacional: o Turismo.
Amanhã, enquanto eles desmontam a feira, varrem os claustros e apanham as canas, analisemos os “recortes” de imprensa internacional, as reportagens televisivas, os resultados desta fabulosa operação de marketing.
Quanto ao tratado propriamente dito, nem sei em o que vos diga. Que me perdoem o José Manuel e o Luís Naves, mas o documento ainda lá está na minha mesa de cabeceira, à espera de uma oportuna insónia. Mas pelo que leio nos jornais, assino de cruz...



6 comentários

Sem imagem de perfil

De j.c. a 13.12.2007 às 12:40

Cruzes! Assinar de cruz ainda há-de ser a nossa cruz...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.12.2007 às 11:35

Hoje é que o Sócrates se vai fartar de falar inglês técnico...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.12.2007 às 11:33

Ó anónimo, e se falar do Millennium BPI?
Sem imagem de perfil

De Joshua a 13.12.2007 às 11:30

Fimeiras, Fado e Futebol
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.12.2007 às 11:28

E se no preâmbulo falar do Espírito Santo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.12.2007 às 11:24

Eu sou a favor do tratado se instituir um Rei da Europa.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • mitologia

    Então... menciona ali em cima aquela expressão, "T...

  • henrique pereira dos santos

    Zé Miguel, eu também estou de acordo que o problem...

  • Anónimo

    Estou chocado com a sua linguagem. Chocado e enoja...

  • Costa

    Fundou, salvo erro, cinco. Até agora. Mas não a ro...

  • zazie

    Citou-se?


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D