Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




8%

por Jose Miguel Roque Martins, em 28.01.22

As sondagens valem o que valem. As ultimas trazem surpresas. A mais relevante é que, supostamente, apenas 8% dos jovens vota no PS.  Porque será? Quando vai o futuro chegar? 



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 28.01.2022 às 11:26

" apenas 8% dos jovens vota no PS. "
Não percebo a admiração, não será porque os outros já estão todos vacinados?
Sem imagem de perfil

De balio a 28.01.2022 às 12:24

Eu diria que não será precisa uma sondagem para constatar que os jovens se abstêm muito mais do que os velhos. E então a questão importante que se coloca é esta, por que é que a maioria dos jovens se abstém?
Sem imagem de perfil

De jose Martins a 28.01.2022 às 12:35

Não é a abstenção que está em causa: Há tantos votantes no PS como no Bloco e muito, muito menos, do que no PSD. Até a IL tem quase tantos como o PS
Sem imagem de perfil

De jose Martins a 28.01.2022 às 12:34

Muito bom!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.01.2022 às 13:23

"Para a esquerda, em particular para o Partido Socialista, a razão para Portugal continuar a cair cada vez mais em direcção à cauda da Europa é porque as políticas socialistas não foram tentadas vezes suficientes.

Assim, o que propõe António Costa é continuar a aplicar exactamente as mesmas políticas na esperança que estas produzam resultados diferentes – desta vez é que vai ser!"

(por João Cortez, in Insurgente blog.)


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.01.2022 às 13:32

Porque recordar é viver, e porque António Costa nesta campanha eleitoral tem insistido em associar as medidas aplicadas no âmbito do memorando de entendimento com a troika aos partidos de direta, memorando esse que foi negociado e assinado pelo Partido Socialista em consequência dos socialistas terem levado o país à iminência da bancarrota em 2011, deixo aqui este repost.

Ainda antes de qualquer pedido de ajuda internacional ou assinatura de qualquer memorando de entendimento com a troika para a execução de um programa de ajustamento, vale a pena recordar as iniciativas austeritárias do governo do Partido Socialista, então liderado por José Sócrates, para o orçamento de estado para 2011

Eis as medidas.  Faça-se  uso  delas.  Divulguem-se!

https://oinsurgente.org/2022/01/23/partido-socialista-o-partido-da-austeridade-2/


Sem imagem de perfil

De anónimo a 28.01.2022 às 18:13

Há uma faixa de jóvens, óbviamente sem prespectivas futuras, que se reconhece num qualquer bem propagandeado socialismo. Faz parte do amadurecimento pessoal. Não só em Portugal. Tudo bem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.01.2022 às 19:55

Socialismo tem ideias cristalizadas no tempo. Não conseguiu modernizar-se nem acompanhar as transformações do mundo. O PS é um partido anquilosado que se deixou ultrapassar e ficou para trás. Com isso atrasou as reformas necessárias e arrastou-nos o país para a pobreza , estagnação e para um vergonhoso lugar na cauda da Europa. Nunca é demais lembrá-lo.

Estudos recentes mostraram que o eleitorado do PS é maioritariamente constituído por pessoas mais idosas e menos escolarizadas, com mutas carências e portanto muito dependentes de subsídios. Logo, do Estado.


Os jovens de hoje estão muito mais informados. Preocupa-os o seu futuro e sabem que a resposta não está no PS(1). Vê-se pelo êxodo de jovens com qualificações que procuram singrar fora de Portugal. Portanto não vejo  qual o espanto de os eleitores do PS mais jovens serem "apenas 8%".


(1) A menos que tenham o "cartão" milagroso do partido (PS)...

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.01.2022 às 08:55

Uma análise sociológica do perfil dos eleitores :


https://observador.pt/opiniao/a-analise-sociologica-dos-eleitores/
Sem imagem de perfil

De Anónimo 78 a 29.01.2022 às 10:12

É bem possível e desejável que esta seja a última geração que dá maiorias aos socialistas mas, para já, uma boa parte desses 8% vai ou está na JS e ocupará lugares no governo e administração.
O PSD, neste prisma, é efectivamente um PS2 e até Rui Rio negociou com Costa a partilha das CCDR. No resto da esquerda, Catarina, Rui Tavares e a Sousa Real esfalfam-se por entrar. Na direita a questão é mais complicada, porque a ideologia - a cerca ao Chega - ainda parece sobrepor-se ao mercado de empregos. 
Mas, tal como no mundo desportivo, também há transferências, sendo o Chega a melhor evidência, logo seguido da IL onde recentemente assistimos a uma transferência mediática. Adolfo Mesquita Nunes decidiu sair do armário e do CDS e chegar-se à IL tendo logo recebido as boas-vindas de Cotrim de Figueiredo.
Eu, que sou cínico, acho que o Adolfo estudou as sondagens e concluíu que, com o potencial apoio do alegre "lobby" e na IL tinha maior probabilidade de voltar a secretário de Estado do que no CDS.
Sem imagem de perfil

De marina a 29.01.2022 às 15:21


não admira nada  , coitados , têm noção do difícil que lhes vai ser a vida depois destes amaanhãs todos a cantar. escola medíocre , trabalho escravo ( call center , moços de recados , mac , etc ) , reforma  lá prós 70 anos , ou seja , uma miséria de vida.
a geração dos meus pais comeu tudo e não deixou nada.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • lucklucky

    "Parece-me que a história é, por definição, o pont...

  • lucklucky

    E como digo desde há anos: Fujam de Lisboa, fujam....

  • Elvimonte

    (continuação)Smith, J.D. et al. (2016) “Effectiven...

  • Elvimonte

    (continuação)Radonovich, L.J. et al. (2019) “N95 R...

  • Elvimonte

    "Have you ever wondered who's pulling the strings?...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D