Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A ameaça

por João Távora, em 29.08.07
Os incêndios no Peloponeso, a que pela TV assistimos atónitos do sofá, devem preocupar-nos profundamente. Apesar daquela estranha língua, os protagonistas, a acção e os cenários são-nos demasiado familiares. Depois, suspeito que aquela catástrofe não ocorre em Portugal apenas por mero circunstancialismo meteorológico. Quando, perante a estatística dos incêndios em Portugal este Verão, as autoridades se vangloriam da eficiência alcançada, fico desconfiado. É fácil atirar “postas de pescada” quando as circunstâncias são favoráveis, e manda a prudência um pouco de modéstia. Que a floresta, quando arde, chamusca qualquer governo.



10 comentários

Sem imagem de perfil

De H.R. a 30.08.2007 às 13:11

Caro anónimo das 15.51,
O foguetório já tinha sido proibido o ano passado. Deduzo que, felizmente, este ano a restrição foi devidamente cumprida.
De aplaudir essa limpeza feita pelas gentes da região. Fosse em todo o lado assim.
Quanto ao voto... sublinho a sua ironia. Mas não lhe atribuo (a Sócrates) tal mérito ;)
Sem imagem de perfil

De anónimo das 15.51 a 30.08.2007 às 03:49

Há muito para arder ainda, descanse! Mas que está mais limpo está. Desde 2000 que vivo nesta região e foi o primeiro ano que vi pessoas a limpar terrenos. Não sei o que se passou mas que muita gente os limpou é um facto.

E outra coisa: este ano não houve o foguetório habitual nas aldeolas. Suponho que tenham proibido os foguetes?

Ironizando: só por isso já merecia votar no Sr. Sócrates novamente.
Sem imagem de perfil

De H.R. a 29.08.2007 às 17:51

Caro anónimo das 15.51... Desculpe lá mas disse quase tudo no fim: "Obviamente o facto de também estar quase tudo queimado responde 50% pela menor incidência de fogos este ano". Quando não há quase nada para arder, como é que podem existir incêndios em igual número?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.08.2007 às 15:51

Só mesmo quem vive enfiado em Lisboa é que não se apercebe das diferenças que têm ocorrido nas zonas florestais do nosso país.

Eu vivo na Lousã e, costumando andar por toda a região de montanha (digamos assim), verifico muito mais limpeza em toda a área florestal, sobretudo junto às áreas de maior tráfego turístico onde o risco potencial é maior. Obviamente o facto de também estar quase tudo queimado responde 50% pela menor incidência de fogos este ano.

Mas é necessário dar algum crédito ao trabalho desenvolvido nos últimos anos.

E ah: não sou do PS nem aprecio este governo por aí além - mas também não sou cego.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.08.2007 às 15:49

Desta vez estou totalmente de acordo com o J. Távora.
Os anos anteriores mostraram que a situação poderia acontecer também aqui. Não faz sentido todo este vangloriar-se.
O que faz sentido é aprender com erros anteriores e prever situações como esta da Grécia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.08.2007 às 15:42

Ainda bem que os incÊndios não se estão a passar cá, pois caso contrário os nossos helicópteros ser-nos-iam tão úteis quanto o estão a ser para eles - talvez estivessem a ser reparados na Madeira, em vez de nas Baleares.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.08.2007 às 15:40

"Os incêndios que do Peloponeso assistimos atónitos do sofá?"

- Oh! Cenário Dantesco,
- cruzes, cruzes!

Poderia ser o início dos lusíadas, versão "a grécia está a arder"...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.08.2007 às 15:09

É de facto inacreditável que não tenham tornado público o protocolo assinado entre o Governo de Sócrates e S. Pedro!
Sem imagem de perfil

De Luís Bonifácio a 29.08.2007 às 15:00

O nosso governo é pobre e mal agradecido. Se este ano não houve incêndios isso deveu-se a um pequeno facto:
A contratação de Simão Pedro, pescador israelita, conhecido por andar sempre com um par de chaves na mão e que nas últimas temporadas tinha prestado serviço noutras campeonatos incendiários europeus.

E o ministro nem sequer a ele se referiu.
Mal-educado!
Sem imagem de perfil

De H.R. a 29.08.2007 às 15:00

Completamente de acordo caro João. Este ano está muito fácil ter um registo de incêndios do que em anos recentes... Mesmo que os aviões adquiridos continuem sem tirar as rodas do chão...
Agora é preciso é não esquecer de pagar a promessa a São Pedro ;)
Um abraço

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    E essa história de embalar quem lha contou?"Durant...

  • Anónimo

    Hoje, na TV, o Dr. Filipe Froes fez uma declaração...

  • Anónimo

    Mas... não se derrubou já uma ditadura?!...

  • Anónimo

    Com sua permissão, José Mendonça da Cruz: "Em Port...

  • Anónimo

    Pois poderá arriscar uma multa de 80 milhões. Pode...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D