Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cristas contra o liberalismo de merda

por José Mendonça da Cruz, em 30.10.13

A ministra Assunção Cristas anunciou hoje que o seu ministério tem em fase adiantada de preparação um diploma sobre a emissão doméstica de excreções. A nova legislação pretende colocar ponto final à actual situação anárquica da emissão de urina e fezes pelos residentes dos fogos, estabelecendo tectos para cada um dos comportamentos de acordo com horário, número de ocupantes do lar e número máximo de correspondentes descargas de autoclismo ou método equiparável no período entre as 19  horas e as 7 horas do dia seguinte. Fonte próxima do ministério revelou ao Corta-Fitas que o governo está a contemplar um tecto máximo de 2 descargas de urina e uma de fezes por indivíduo/fogo/noite. Pessoas cujos problemas de saúde não permitam cumprir estes limites poderão munir-se de uma licença especial para expelir urina ou fezes supranumerárias na Loja do Cidadão ou na sua Junta de Freguesia («É uma espécie de cartão do chichidadão», gracejou fonte próxima do processo). O CF soube ainda que o ministério está a contemplar entregar a responsabilidade de fiscalização do cumprimento das novas normas à ASAE, tendo em conta a experiência acumulada na análise de casas de banho públicas. Para financiar essa acção será criada uma taxa adicional sobre o consumo de água, medida por um novo tipo de contador a pagar pelo utente/emitente e que será montado obrigatoriamente nos autoclismos. A elaboração das novas regras tem contado com a participação de várias Camaras Municipais, por ser do entender deste governo que uma situação de urina e fezes regulada contribuirá fortemente para a melhoria da gestão dos esgotos e efluentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Castilho a 30.10.2013 às 01:18

Pois é... Fácil é zombar do que não se conhece... !  Se tivesse vizinhos com cães, que ladram todo o dia, que expelem as urinas para a rua, através dos canos das varandas... etc. etc.  - decerto que não zombaria desta medida da Sra. Ministra.
Devo dizer que não simpatizo lá muito com a Sra. super-ministra, mas acho que esta é uma medida acertada, que, no meu entender só peca por não ser mais restritiva...
Imagem de perfil

De José Mendonça da Cruz a 30.10.2013 às 01:35

Meu caro Castilho, é antipática essa mania de pressupor que só se critica porque se desconhece. Ao contrário, conheço muito bem:
a) vizinhos com cães -- o condomínio tratou disso e todos cumprem, sem necessidade de intervenções paternalistas;
b) vizinhos barulhentos -- já me mudei de duas casas por causa de insuportáveis níveis de ruído a todas as horas, e em ambos os casos constatei a total incapacidade e falta de vontade das autoridades para fazer cumprir a lei.
E da consideração das duas experiências concluí que o Estado poderia tratar de si --. para gastar o que não tem e nos tira --, em vez de meter-se a regular tabelas de cães e gatos.
Sem imagem de perfil

De Pedro Sarmento a 30.10.2013 às 16:28

No meu prédio há DONOS que incomodma os meus 2 cães... uma Bouvier Bernoi de 3 anos e 35 Kg e uma Rafeiro do Alentejo de 7 meses e 30 Kg.... Barulho??? Só nos andares de cima..... Piriscas só no meu terraço.


Este governo não tem nada mais preocupante para tratar. pqp
Sem imagem de perfil

De Joaquim Amado Lopes a 31.10.2013 às 11:25

"Se tivesse vizinhos com cães, que ladram todo o dia, que expelem as urinas para a rua, através dos canos das varandas... "
Está portanto a dizer que o número de cães que cada família poderá ter depende do tamanho desses cães, directamente relacionado com a quantidade de urina produzida diariamente? E será também considerado se cada animal realmente faz as necessidades na varanda?
Quanto ao ladrar, o meu Rottweiler de 42kg raramente ladra (só quando os gatos o provocam a partir do quintal do lado) mas mas um vizinho meu (com quintal) tem um rafeiro com menos de 15kg que passa literalmente o dia inteiro a ladrar (ladra a TODA a gente que passa e a rua tem algum movimento).



Esta medida não peca por não ser mais restritiva mas sim por ser cretina. Porque é o Estado a intrometer-se numa matéria em que não tem nada que se meter e porque, embora pretenda endereçar dois problemas directamente relacionados com o tamanho dos animais, nem sequer distingue entre cães "a sério" e cãezinhos "a pilhas".
Existem leis/regulamentos sobre o barulho e sobre higiene pública que servem perfeitamente para lidar com os cães que ladram e a urina "expelida" para a rua. 
Imagem de perfil

De Pedro Freire a 30.10.2013 às 01:24

Soube também de fonte geralmente bem informada que o projecto de legislação referido inclui um capítulo relativo ao número de quadradinhos de papel higiénico que é permitido dispor nas sanitas domésticas por dia. Este limite tem dois objectivos: 1) Prevenir entupimentos nas condutas por acumulação de papel; e 2) Reduzir o consumo deste bem para evitar que venha a faltar no mercado, como ocorreu recentemente na Venezuela. Como se vê, são medidas de grande alcance.
Imagem de perfil

De José Mendonça da Cruz a 30.10.2013 às 01:37

A Venezuela, claro... Bem lembra, caro Pedro Freire, os exemplos a que o Estado português aspira.
Imagem de perfil

De João Távora a 30.10.2013 às 11:00


"João Almeida parece depois ilibar Assunção Cristas: "Considero que estas medidas são muito mais fruto da burocracia técnica do que da decisão política."
Pouco depois, João Almeida escreveu o seguinte: "Acabei de colocar a questão à ministra. A resposta foi esclarecedora. O projecto de diploma foi trabalhado tecnicamente e ainda não foi avaliado politicamente."


Abraço!
Sem imagem de perfil

De carneiro a 30.10.2013 às 11:34

Ainda hei-de ver os ministros do CDS a elaborar Planos Quinquenais.
Sem imagem de perfil

De Comunista a 30.10.2013 às 14:42

Já elaboraram. Fizeram-no em conjunto com o PS, o PSD o FMI, BCE e Comissão Europeia: chama-se "Pacto de Agressão".
Sem imagem de perfil

De carneiro a 30.10.2013 às 21:31

São coisas diferentes.
 O Pacto de Agressão é uma coisa  criada por uns monstros da direita capitalista internacional destinada apenas a tramar o Povo Eleito da Esquerda,  em especial a classe profissional dos sindicalistas. É uma coisa má, portanto
Por seu lado, os Planos Quinquenais garantiram ao fim de cada 5 anos a Suprema Felicidade e o Garantido Progresso dos Povos.  Eram uma coisa boa, portanto.
Convém ter as ideias claras.
Sem imagem de perfil

De Carlos Conde a 30.10.2013 às 16:27

Existem muitos filiados no PSD e CDS que, ideologicamente, são comunistas fanáticos.
Já disse isso a alguns mas não reconhecem nem aceitam a mudança.
Esta dra Cristas então é um comunista travesti.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • xico

    "A Universidade de Coimbra caminha como dantes pel...

  • Anónimo

    Um animal omnívoro só pode comer capim,qualquer di...

  • Anónimo

    Saudemos a chegada da geração flocos-de-neve a Coi...

  • Anónimo

    Ó homem, você também é sempre do contra, nada do q...

  • Tiago

    Se uma vaca pesa pelo menos 500kg, e as cantinas c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D