Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sócrates e a sua filosofia da História

por João-Afonso Machado, em 27.10.13

As contas são simples: a 1974 quem soma 36 anos obtem 2010. Foi um ano em que o País convulsionava e a Av. da Liberdade, em Lisboa, transbordava de gente e se dizia assistirmos, então, às maiores manifestações de sempre. Convém lembrarmos porquê e por causa de quem.

Estavamos todos à rasca. Tudo faltava e o Governo teimava tudo correr pelo melhor.

Foi isso mesmo que José Sócrtaes ainda há pouco reafirmou na televisão. Não foi?

No fundo, Catroga tem carradas de razão...

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De carlos a 28.10.2013 às 10:10


Dívida pública em percentagem do PIB.

2005……..67,7%

2006……..69,4%

2007……..68,4%

2008……..71,7%

2009……..83,2%

2010……..93,5%

2011……..108,2

2012……..124,1

2013……..131,3%

Assim de Março de 2005 a Junho de 2011 a dívida passou de 67,7% para cerca de 100% (Junho de 2011) enquanto de Junho de 2011 a 2013 a dívida subiu 31,3%. (de 100% para 131,3%).

A subida da dívida pública tem uma média de 5,4% ao ano no tempo de Sócrates enquanto na governação de Passos Coelho e Portas o aumento da dívida de Junho de 2011 a 2013 é de 31,3%, isto é, uma média anual de 12,5%. Passos e Portas batem claramente Sócrates. mais que duplicam a média anual da dívida do tempo de Sócrates.

 

 

Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.10.2013 às 13:04

Não: herdaram a dívida que vinha subindo do tempo de Sócrates.
veja o caso evidente das PPP.
Sem imagem de perfil

De carlos a 28.10.2013 às 17:24


Segundo dados do INE e dados constantes do orçamento rectificativo, o investimento em Portugal começou a diminuir a partir de 2007, tendo-se registada uma quebra muito mais acentuada a partir de 2010, ou seja, após a entrada da “troika” e do governo PSD/CDS.

Assim, enquanto entre 2005 e 2010, portanto num período de 5 anos, o investimento caiu em 10,9%, entre 2010 e 2013, portanto num período de apenas 3 anos com a “troika e o governo PSD/CDS, a redução do investimento atinge 38%. Entre 2010 e 2013, o investimento total em Portugal a preços constantes, ou seja eliminando o efeito do aumento de preços, diminui de 33.232 milhões € para 22.984 milhões €, o que significa um corte de 10.248 milhões € (menos  30,8%).

Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.10.2013 às 18:03

Evidentemente.
Quando Sócrates deixou o Governo, o Estado português já não conseguia financiar-se nos mercados externos.
Aliás saiu em 2011 e como bem diz o investimento começou a cair mais acentuadamente um ano antes, em 2010. Isso diz tudo.
É ver a  polémica dele com o M. das Finanças T. de Sousa, agora vinda a público.
Sem imagem de perfil

De carlos a 29.10.2013 às 10:11


CRESCIMENTO

2005………0,8%

2006……..1,4%

2007……..2,4%

2008……..0,0%

2009………-2,9%

2010………1,4%

2011........-1,5%

2012……..-3,2%

2013……..-1,8%

De Março de 2005 a Junho de 2011 a média anual de crescimento foi de mais 0,33%. DE Junho de 20011 a 2013, na governação Passos/Portas o crescimento deu lugar à recessão e foi de menos 2% ao ano.

 

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Todos devem ir votar , não no PS e esquerdas. Port...

  • Anónimo

    E a malta bovina a deixar se ir docemente para o p...

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D