Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




À atenção de todos nós

por João-Afonso Machado, em 24.06.13

A imensidão do Brasil dispersa bastante o desejável prumo da análise que a sua actual situação merece. Por onde começar, ante os que nos é dado ver? Talvez perguntando ao nosso velho Marocas para que serve um "Partido dos Trabalhadores". Sim, um partido de Esquerda nado e criado sob a benção universal dos camaradas, feito todo ele a pensar em favelas, multidões de esfomeados, abismos sociais... Enfim, nisso mesmo, nos trabalhadores.

E, é claro, um partido assim desenhado, socialista, recheado de amigos de Mário Soares, há-de, por defenição, passear sempre na governação de mãos dadas com o Estado Social.

Pois é o que se tem visto em S. Paulo, no Rio, em Niterói, Belo Horizonte... Com a turbamulta levando tudo à frente, sem transportes públicos nem serviços de saúde (então e o socialérrimo SNS, camaradas?) mas com uma Copa e uns Jogos Olimpicos à porta...

Dilma, já se percebeu, não tem o fôlego de Lula. De momento, enaltece o diálogo, anseia dialogar e promete novas medidas. Muito mal vão as coisas quando principiam as ofertas do pacote... Até porque fica a inevitável interrogação: então mas porquê só agora? Onde esteve o pacote até agora?

Infelizmente, tudo isto faz lembrar as aventuras de Tintin entre os Pícaros. Com Dilma, um Tapioca de saias; e Serafim Lampião, o loquaz Soares, ligeiramente menos encurvado mas por igual empenhado no Carnaval socialista.

 

 



8 comentários

Imagem de perfil

De monge silésio a 24.06.2013 às 14:01


--há partidos que não têm quadros.
--o PT não tem quadros para um gigante como é o Brasil; cultiva a veia do populismo à falta de massa cinzenta capaz;
--num mundo como é o de hoje onde a literacia é maior, o povo já não vai em futebóis.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 24.06.2013 às 14:38

Mas é capaz de ainda ir em sambas...
O PT não é diferente de qualquer partido socialista é a Demagogia posta em discurso
(não me refiro a países ditos socialistas da Europa progressiva (UK, Suécia, etc).
Sem imagem de perfil

De Comunista a 24.06.2013 às 16:50


Na verdade o que faz lembrar este post é a costumeira mania que em Portugal os inferiorizados têm se tentar dar lições ao Brasil tentando desesperadamente ungir-se de alguma importância. Vê-se muito este comportamento entre os direitistas.

Curiosamente não se vê ninguém naquelas manifestações a exigir a privatização do ensino público, da saúde, dos transportes, ou seja, os temas da agenda direitista são perfeitamente desprezados pela vasta maioria dos manifestantes que, segundo pesquisas, têm o apoio de 75% dos brasileiros.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 24.06.2013 às 20:32


Pois não. O que se vê é o protesto generalizado contra a falta de assistência na saúde, transportes e corrupção no Poder, sendo que este pertence ao Partido dos trabalhadores.
Mas acredito que um comunista faça a quadratura do círculo.

Que é como quem diz: nada do que a gente vê na TV ´´e verdade.
Imagem de perfil

De Perplexo a 25.06.2013 às 18:56

JAM, não era mais sincero fazer um post com seis parágrafos a chamar f da p ao Soares e no fim por um linhinha sobre o Brasil?
Mas, enfim, é o que temos. O que se passa no Brasil não encaixa nas leituras da História que a direita ou a esquerda clássicas fazem, daí tanto nervosismo.
A questãoé só uma: o poder corrompe. O PT, que sempre foi revolucionário, chegou ao poder e ficou deslumbrado com o luxo. Em dez anos já roubaram muito mais que os patifes dos militares que ninguém quer que voltem - nem eles, felizmente. A corrupção do sistema - do PT mais os outros partidos (30!), todos juntos a explorar o maná - ultrapassa tudo o que nós possamos imaginar - e aqui até estamos habituados a uma corrupçãozinha...
O difícil vai ser a evolução da situação. Esperamos sinceramente que o Brasil consiga andar para a frente e não caia na mão de outra corja, seja qual for a bandeira que apresente.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 25.06.2013 às 20:32


Gostei do seu comentário.
Anoto apenas que não gastaria seis § a chamar fdp a Soares.
Só porque não funciono assim.
Mas ainda hoje li com interesse a crónica de Paulo Rangel no Público sobre a revolucionarite que afecta Soares ultimamente. É notória.

Não lhe chamo caquexia. explico-a como a) necessidade de um descrente mostrar que está vivo. b) um afloramento do genuino Soares, um homem que só encabeçou a reacção ao PREC porque o PREC o ultrapassou em determinada altura.
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 30.06.2013 às 19:42

O Soares diz que não entende o que se está a passar no Brasil. Então haja alguém que lhe explique que por lá, estão fartos de 10.000 casos "Emaudio" que aaté agora, como em Portugal, têm ficado impunes. Ele que tome boa nota. 
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 30.06.2013 às 21:39


Tenho tentado explicar-lhe isso, Nuno, mas o Soares não vem ao CF.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • José Carlos Menezes

    No mundo de tolerância e integração, para que a so...

  • Elvimonte

    Para se relativizar estas questões de assédio nada...

  • Anónimo

    pm pedinte profissional sempre de mão pronta a rec...

  • Anónimo

    Já se adivinhava que mais tarde ou mais cedo havia...

  • Anónimo

    sonham com o regresso de che e de dani vermelho nu...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D