Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O «momento do investimento»

por João-Afonso Machado, em 24.05.13

A afirmação de Álvaro Santos Pereira só não constituirá um dogma se pecar por defeito: «estamos atrasados uma década». Eu diria muitas mais: estamos atrasados todas as décadas perdidas em republicanices que levaram Portugal para muito longe do são convívio com as grandes nações civilizadas. (O Ultimato? Qual deles, de 1910 para cá?...).

Seja como for (e deixando de lado as mais profundas questões a que havemos de agradecer o caos instalado), a intervenção do Ministro prende-se com aqueloutro anúncio de Vítor Gaspar, sem dúvida bombástico, - «chegou o momento do investimento», pressupondo a consolidação das contas públicas.

Terá mesmo chegado? É que para vender não basta o vendedor - urge também o comprador... O «momento do investimento» é o momento dos investidores. A sua bendita aparição.

Mas o ministro Álvaro disse mais, frisou tratar-se de investimentos de curto prazo, os quais contariam já com fundos e benesses fiscais. A Esquerda duvida, como lhe compete. Crê-se, no entanto, ser de acreditar. O plano faz sentido, do mesmo modo que se deve reparar as fissuras da casa antes de iniciar outros melhoramentos. Talvez Passos Coelho seja, afinal, dotado de lucidez e Gaspar não o tontinho que muitos queriam ver a falar sozinho aí pelas ruas.

 


3 comentários

Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 24.05.2013 às 16:43

Você tem a chave e não abre a porta.


"É que para vender não basta o vendedor - urge também o comprador."


Precisamente. Os que os inquéritos aos empresários denunciam há largos meses é que pior, muito pior, que o acesso ao crédito  ou coisas parecidas, o que mais os inibe de investir é a falta de procura. 

Sem imagem de perfil

De Krasnodemskyi a 24.05.2013 às 21:02

Caro/a I. Rodrigues,

Perdoe que discorde. Há investidores. Não há são oportunidades de investimento razoáveis.
Posso contar o meu caso pessoal: sou meio português, vivo fora de Portugal e tenho procurado activamente oportunidades de investimento. Deparo-me frequentemente com 3 problemas:
- expectativas inflacionadas cada vez que se houve que há \"investidores internacionais\"
- Empresários Chico Espertos frequentemente focados no pequeno lucro imediato em vez de se preocuparem com o pote de ouro no final do arco íris
- equipas de gestão de qualidade duvidosa que seguem o fantástico exemplo dos seus patrões

Não quero fazer generalizações, mas quase todas as tentativas de investimento e negociações realizadas redundaram em falhanço por causa de pelo menos uma das três razoes detalhadas em cima.
E isto quando não há a famosa intervenção de um político local ou de alguém que trabalha para uma dessas \"agências estatais\".
Imagine o que pensarão investidores não portugueses que procuram negócios com PMEs...
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 27.05.2013 às 11:47

Os problemas com que se depara não me espantam, correspondem a um perfil que reconheço bem.
No entanto concordará que não é a falta de um "super crédito" que o inibe.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D