Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Desabafo...

por Luísa Correia, em 01.03.13

É verdade que "água mole em pedra dura tanto dá até que fura". Mas pode acontecer - e geralmente acontece - que o furo não danifique a essência da pedra e apenas sirva para pôr termo à persistência da água, fazendo que se escoe para outras paragens.
Nós, por cá, convivemos com muitas águas moles. Mas pior do que moles, sujas. Já tínhamos a comunicação social. Temos agora umas movimentações peregrinas, que se entretêm a imolar animais na ara das ideias ocas. No meu tempo de estudante, sempre se lutava por coisas mais substanciais, elevadas, exequíveis. E nunca vi que se sacrificassem os mais fracos. Por estes dias, confesso, sinto vergonha de pertencer à corporação dos que trabalham com leis.
Não há, felizmente, nada que a pedra dura - a gente, e a portuguesa como todas - tanto abomine como o descarado facciosismo e a descarada manipulação. É que tentem, sem a menor subtileza, lavar-lhe o cérebro; é que desdenhem da sua inteligência ou da sua capacidade de entrever a realidade que está para além dos punhados de areia grossa que lhe lançam aos olhos.
A pedra vai furar, sim, mas o furo servir-lhe-á de cano de esgoto.



4 comentários

Sem imagem de perfil

De say what? a 01.03.2013 às 15:37

Não percebi nada. Não podia ser mais... substancial?
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 01.03.2013 às 15:53

Não consigo, Say What? Há coisas que só me saem em meias palavras...
Sem imagem de perfil

De xico a 01.03.2013 às 20:39

Não sei que idade tem e não me atrevo a perguntar. Nos idos de 77/78 vi, em Coimbra, atirarem um gato embalsamado para cima de um palco onde decorria um espectáculo patrocinado pela embaixada americana.
Pode ser de mau gosto, mas aquele era um coelho bravo que estava guardado na arca frigorífica de algum caçador. Não foi sacrificado para o efeito. Há-de convir que um coelho congelado tem o mesmo valor que um frango.
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 02.03.2013 às 08:16

Se calhar, Xico, somos de colheitas próximas. Vi como e por que se lutava em 78. Mas também o vi em 73 e, só nos porquês, vai já um mundo de diferença.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Conde

    Há formas de pensar que revelam muito.É uma chatic...

  • Anónimo

    Ah, é o velho argumento de que perde a autoridade ...

  • henrique pereira dos santos

    Têm benefícios fiscais, têm concessões de serviço ...

  • Luís Lavoura

    sugeri que todas as organizações que recebem apoio...

  • Anónimo

    Esta coisa ou lá o que é, é uma miséria agora. é u...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D