Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O insulto de António José Seguro

por Vasco Lobo Xavier, em 09.11.12

Desde sempre que os socialistas são assim.

 

Desde o tempo em que Soares se gastava pelos restaurantes de Paris à custa da mesada familiar até ao dos devaneios académicos de Sócrates nas escolas parisienses (custeadas, segundo se manda dizer, pela semanada da mamã), passando pelo indescritível Paulo Campos, que gasta dos pais para pôr os filhos na privada: desde sempre que os socialistas revelaram a maior das facilidades em torrar dinheiro. Principalmente se for dos outros e lhes cair no regaço.

 

Por isso é que Seguro & Companhia se opõem a cortes na despesa, não querem discutir reduções nas despesas, têm ódio à poupança, ao critério, ao rigor, à moderação e parcimónia. Para esta malta, o dinheiro há-de sempre aparecer. E se não aparecer aumenta-se a dívida e desgraça-se ainda mais o presente e o futuro. Quem vier depois que se lixe. Esta gente não percebe que o dinheiro, para o comum dos mortais, não nasce nem cai do céu e muito menos brota da Constituição. O dinheiro resulta do esforço das pessoas, do seu trabalho. E o dinheiro do Estado resulta do esforço dos contribuintes, que estão a ser esmifrados para pagar as consequências do desgoverno socialista. Por muito bonito que seja o texto constitucional, é evidente que não há dinheiro para pagar o estado de coisas em que os socialistas deixaram o país e é imperioso baixar os custos do Estado. Dizer o contrário ou recusar-se a fazê-lo é um insulto a todos os contribuintes.

Autoria e outros dados (tags, etc)



2 comentários

Sem imagem de perfil

De metoo a 12.11.2012 às 21:38

Mesada familiar uma gaita! O Presidente do Conselho de Ministros, Oliveira Salazar, chamou os Melo e o Champalimaud e disse que o Estado Português não podia subsidiar um exilado político (e trafulha). Como o trafulha (MS) ficaria sossegado se bem alimentado, eles, os capitalistas interessados, teriam de subsidiar o "desterro" em Paris. Foi o que foi feito. Mais pormenores a pedido.
Imagem de perfil

De Vasco Lobo Xavier a 13.11.2012 às 15:57

mais pormenores para quê? Está tão lindo assim...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Uma criatura malcriada, déspota e manifestamente i...

  • Antonio Manuel Santos Cristovao

    Fontes ? por favor todos os jornalistas que foram ...

  • Anónimo

    Amigos, o socialismo é uma doutrina da solidarieda...

  • Anónimo

    É verdade. Esbulhar a seu gosto a propriedade priv...

  • JP Ribeiro

    ...e as casas do concurso anulado serão entregues ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D