Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Da inequidade...

por FNV, em 21.07.12

"O destino do país está na mão de aposentados. O presidente Cavaco Silva, a primeira figura do Estado, é reformado. A segunda personalidade na hierarquia protocolar, Assunção Esteves, é igualmente pensionista. Também nos governos nacional e regionais há ministros que recebem pensão de reforma, como Miguel Relvas ou até Alberto João Jardim. No Parlamento, há dezenas de deputados nesta situação. Mas também muitas câmaras são presididas por reformados, do Minho, ao Algarve, de Júlia Paula, em Caminha, a Macário Correia, em Faro.

É imensa a lista de políticos no activo que têm direito a uma pensão. Justificam este opulento rendimento com o facto de terem prestado serviço público ao longo de doze anos ou, em alguns casos, apenas oito".

 

comentário aqui.

 

Nada a opor a reformas no final de uma vida de trabalho,  mas... serviço público de oito anos? A segunda figura da hierarquia protocolar, Assunção Esteves, foi nomeda para o TC  no mesmo ano em que começou a sua carreira universitária ( depois de uma bolsa na Alemanha e de um título de baquetebol). Uma jovem, já se vê. Oito anos depois estava reformada.

É uma pena que ninguém  requeira que o TC se pronuncie sobre a igualdade entre um operário que só se pode reformar aos 65 anos  e estes personagens.



4 comentários

Imagem de perfil

De monge silésio a 21.07.2012 às 08:05


1.-Curioso foi nunca levantar a voz em dez anos de lama, e outros dez antecedentes de paleio com cheiro a bafio.
2.-Havia uns tipos nesta horta que bem diziam qualquer coisa, mas eram uns mal-dispostos, mal-educados (não pode haver educação num bordel), e que diziam umas coisas que a maioria tratava de dizer que era mentira (pois não se estuda, julga-se).

3.-Há quantos anos M. Soares teve direito à pensão, ou Assunção Esteves?...Agora isto é tudo amendins para entreter, pois a Mae de Todas As Bolhas está a chegar, e bem depressa...isto não é um desejo, é uma necessária certeza.
Sem imagem de perfil

De Se fosse só isso... a 21.07.2012 às 08:51

Então e os que aproveitaram a sua "carreira política" e saltaram para administrações de empresas, muitas vezes dos sectores que tinham governado, mas também outras vezes de áreas de negócio de que não percebiam patavina, e os deputados advogados que fazem leis à medida dos interesses dos seus clientes?

Ainda há poucas semanas, Paulo Morais, da Associação Transparência e Integridade, foi ao "Olhos nos Olhos", de Medina Carreira, e deu um panorama arrepiante dessas poucas-vergonhas, e a própria SIC transmitiu um programa, a que chamou "Profissão: ex-Ministro", e seguiu o rasto de Manuel Dias Loureiro, Jorge Coelho, João de Deus Pinheiro, Joaquim Ferreira do Amaral, Luís Mira Amaral, Joaquim Pina Moura, Mário Lino e Luís Parreirão. E claro que há muitos mais.

Isto não tem remédio mesmo.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 21.07.2012 às 21:33

Não há dúvida que estas reformas dos políticos, antes dos 65 anos, como está previsto para os outros, é uma vergonha.
Que essa gente, no fim do serviço que prestarem ao País, receba uma compensação, tipo subsídio de integração, tudo bem. Mas pensão de reforma, tudo mal. E, para mim, o Presidente da República devia dar o exemplo. Mas não deu...
Sem imagem de perfil

De henedina a 23.07.2012 às 00:21

A constituição ... trabalho igual salario igual, neste caso reforma.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • voza0db

    Não te safas com punições! Basta olhares em redor....

  • Anónimo

    As pernas do Sr. Neeleman não estão a tremer. Apen...

  • Ricardo Miguel Sebastião

    Afastar o investimento estrangeiro talvez não, afi...

  • Luís Lavoura

    Ora, julga o autor do post que noutros países não ...

  • Anónimo

    Escreva aqui o seu comentário...pelo menos o puto ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D