Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




DA SALUBRIDADE

por FNV, em 29.05.12

1) O Pedro Picoito espoldra-se aqui em duas boas opiniões, ainda que registe que o outro Pedro, o Lomba, traz  " o governo anterior"  para  a conversa ( talvez em 2014 os analistas da área sejam capazes de criticar  este governo sem falar no Mano  Velho).

 

2) O adjunto de Miguel Relvas actualizava Silva Carvalho sobre o que se  discutia na AR ( dizem os media e não foi desmentido), comunicava frequentemente com o personagem  ( dizem os media  e não foi desmentido) e demitiu-se.

Ninguém o quer ouvir. Por falta de espaço e agenda?  Disponibilizo um gabinete  na clínica e faço a estenografia.



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Digo eu, não sei a 29.05.2012 às 16:01

Já agora, era boa ideia uma pessoa assegurar-se de que ninguém iria mandar destruir o que ficasse estenografado.
Sem imagem de perfil

De Gustavo Santos a 29.05.2012 às 16:52

Todas estas coisas que vamos sabendo, têm a grande virtude de delas termos conhecimento (ao menos isso)
Claro que podemos erguer os braços e bradar aos céus com sentidos "como é que isto é possível???!!!" mas, pelo menos, começamos a ter noção do pântano: é o primeiro passo.


O que me deixa desgostoso é a apatia perante o que justifica profundo escândalo. 
Culpa do executivo anterior? 
Águas passadas não movem moínhos. As águas presentes parece que também não.
Sem imagem de perfil

De O Falso Rei das Pampas a 29.05.2012 às 18:05

1) Passos Coelho e o seu Governo são a continuação do anterior.
Tens alguma dúvida?
2) Ninguém o quer ouvir porque estão empenhados em continuar com a mesma pouca-vergonha.
Duvidas?
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 29.05.2012 às 18:41

Olha quem aqui está...e se quiser eu ajudo na distribuição de cafés...
Imagem de perfil

De FNV a 29.05.2012 às 22:08

Claro, Fernando. E sirva-se.
Sem imagem de perfil

De Pedro Lomba a 29.05.2012 às 22:55


Voce, Filipe, já se esqueceu do que escreveu sobre o governo anterior; eu não. Bem regressado, com menos azedume.
Imagem de perfil

De FNV a 29.05.2012 às 23:25

Não, Pedro, está lá no Mar Salgado, no tempo em que escrevi por MFL e você, no Público, caracterizava Passos como o "intrujo de plástico" ( in  Uma questão de carácter), mas essa não é  a questão:  para criticar Relvas não é preciso trazer  os outros.
Azedume? Não se  apequeno-aportuguese; critics  and all that, dear chap.

obrigado pelo voto
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.05.2012 às 00:58

Para criticar Relvas não é preciso trazer os outros. Isso pode ser válido como princípio geral. No caso concreto é mais do que oportuno trazer os outros, quando os padrões são semelhantes e a passividade na sua resposta também. Quanto ao que lembra sobre o que eu escrevi sobre Passos Coelho, cita-me fora do contexto, mas também não percebo a que propósito vem isso. Talvez me queira esclarecer sobre eventuais incoerencias minhas. Nao vai ter sucesso. E o azedume não é pelas críticas, ora essa, mas pelo tom. Para criticar Relvas não é preciso trazer o que os outros escreveram sobre ele. Um abraço
Imagem de perfil

De FNV a 30.05.2012 às 08:53

Pedro,

"Uma questão de carácter" ,  e outros  textos seus  dessa altura, não vêm nada fora de contexto, antes pelo contrário: se PPC e a sua gente eram  assim, porquê a surpresa agora e porquê trazer  o governo anterior?


Abraço
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.05.2012 às 09:39


o contexto era a luta interna dentro do PSD onde me envolvi alguma coisa, bem como muitas das declarações e acções de PPC nessa altura. Para a frente, o Filipe, que fala em "surpresa", minimiza aquela que deve ser a posição de um eleitor que queria e quer de facto uma mudança (dar o benefício da dúvida, ter alguma boa fé, para não nos parecermos, por exemplo, com alguns que porque abominam PPC renegam tudo aquilo que têm dito anteriormente sobre o país. Eu não fiz isso e reconheço até que há qualidades no primeiro-ministro que eu não vi ou não quis ver (já não sei se posso dizer o mesmo do governo). Lá está, a boa-fé em que uns podem ou não acreditar. E se o Filipe tem razão quando lembra que o governo anterior está morto (veremos, ainda assim), a verdade é que o ponto do meu artigo, que subestimou, foi mostrar alguma relação de causa e efeito entre a "sujeira" do passado e a "sujeira" de hoje. Não esqueço que o apuramento de responsabilidades nos casos anteriores foi "boicotado" pelo PPC e a sua trupe. Daí a condescendência. Um abraço
Imagem de perfil

De FNV a 30.05.2012 às 10:15

E estamos  de acordo.

abraço.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Júlio Sebastião

    O António José Seguro começou a dar aulas de mestr...

  • Anónimo

    Há sistemas baseados no voto que não são democráti...

  • Elvimonte

    Já dizia Eça: "Os partidos elegem-nos e nós votamo...

  • Anónimo

    Que esperar de um Regime corrupto, de corruptos, ...

  • Anónimo

    Muito bem analizado. Apenas mais uma das consequên...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D