Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Têm medo, têm muito medo

por José Mendonça da Cruz, em 25.03.12

Notem como vários comentadores, alegados jornalistas e membros do antigo governo se mostram incomodados e receiam a perspectiva de que o governo Sócrates e a forma como arruinou o país venham a ser pomenorizadamente escrutinados. Reconhecerão esse incómodo e esse medo nas afirmações de que «não é oportuno», «os juízos fazem-se em eleições», «é uma campanha», «é a justicialização da política». Segundo se depreende, participam nessa inoportunidade, nesse juízo, nessa campanha, o Tribunal de Contas, os revisores oficiais de contas, os juízes, o governo, os cidadãos, alguns jornais, os factos, a realidade e a vida.



7 comentários

Sem imagem de perfil

De zé mª a 25.03.2012 às 10:00

Já não me surpreende e perdoe-me a expressão "mam@ram todos". Investiguem até à exaustão, doa a quem doer. Eu e  muitos de nós, cidadãos sérios e honestos (ainda os há), não suportamos mais esta vergonha sem tamanho, mas com rasto ...
Sem imagem de perfil

De Têm mesmo a 25.03.2012 às 11:44

E caíu em desuso uma expressão (que muita dessa gente apreciava), que é "Quem não deve não teme."
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 25.03.2012 às 12:35

Diz o povo que quem não deve, não teme.
Pelos vistos muita gente teme...
Sem imagem de perfil

De Domingueiro a 25.03.2012 às 12:43

Até o pateta Alegre, que já tem mais que idade para ter juízo, veio com essa de o emigrante em Paris já ter sido jugado politicamente, como se uma coisa tivesse alguma coisa que ver com outra (e não caíssem em cima daquele de Oeiras que se tem safado de ir dentro, e outros mais, quando usam o mesmo argumento)
Sem imagem de perfil

De ...corrigindo... a 25.03.2012 às 15:21

julgado
Sem imagem de perfil

De JSP a 25.03.2012 às 15:33

A prova acabada de que este é um regime corrupto, de corruptos e para corruptos.
Perdoem a paràfrase...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2012 às 21:11

O que seria muito útil ao país era um escrutínio sério ao trabalho dos juízes.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    (cont.)"havia rumores de fuzilamentos sumários; um...

  • Anónimo

    (cont.)Ainda assim, nos primeiros momentos a eufor...

  • Anónimo

    (cont.)Do lado de cá, em Portugal, sabemos como fo...

  • Miguel Neto

    Resta saber em que grau a entrada de migrantes na ...

  • lucklucky

    O pior é que o Fernando Rosa deve saber. Mas o dis...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D