Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda a propósito das galinhas

por Maria Teixeira Alves, em 30.01.12

Finalmente alguém olha para esta barbaridade que são as galinhas nos aviários, não posso deixar de elogiar a iniciativa da União Europeia. Vejam o vídeo do post do Rui Tabosa, para perceberem. É engraçado, a esquerda anda sempre muito frenética a querer acabar com as corridas de toiros, que é muito menos bárbaro do que a forma como as galinhas são tratadas nos aviários, mas como as galinhas não chegam para afrontar as elites, os esquerdóides nunca lhes ligaram nenhuma [às galinhas].


33 comentários

Sem imagem de perfil

De Costa a 30.01.2012 às 12:26

Minha senhora, tal como é de bárbara estupidez pretender justificar a crueldade para com os animais com o facto de haver crueldade, pobreza, ou que seja de errado, entre os humanos, é também inaceitável pretender relativizar essa maldade sem nome - a tourada - com o mal que outros animais possam sofrer às mãos do bicho Homem.

As corridas de touros são uma barbaridade em si mesmas. São uma coisa injustificável no presente patamar da civilização. Nada - nada, a não ser a necessidade de afirmar sentimentos dos mais baixos e inqualificáveis (e nesse caso faça-se isso entre iguais, por favor!) - pode estar na génese da manutenção desse hediondo espectáculo.

Com ou sem galinhas maltratadas. Cujo sofrimento injustificado é-o em si mesmo. De forma absoluta, sem necessidade de relativizações. 

Costa 
Sem imagem de perfil

De APC a 30.01.2012 às 15:24


Caro Costa,
Não faz ideia do que me tenho incomodado com esta questão dos touros. O seu post diz tudo. É que de facto, como é possível que haja quem defenda o sofrimento de um animal a babar sangue e transpirar sofrimento, para gaudio de uns imbecis de calças de cós alto e meninas insatisfeitas ? É inacreditável como a autora deste post - a senhora MTA, pessoa que tem demonstrado inteligencia e
sensibilidade no que escreve, possa reverter uma questão desta a: esquerda ou direita ? Francamente ...
Sem imagem de perfil

De Por favor! a 30.01.2012 às 12:31

Eu não defendo o sofrimento dos animais e, por consequência, o das galinhas, mas não consta que ir ver galinhas aos aviários seja considerado um espectáculo e uma diversão para o qual se vendem bilhetes.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 30.01.2012 às 17:27


Ou seja, pode-se tratar mal desde que não seja em palco... é isso? :)
Sem imagem de perfil

De Exma. Senhora a 30.01.2012 às 17:34

Não conheço proprietários de aviários, no entanto tenho um vago conhecimento com alguém que trabalha num matadouro.

Como a Senhora aprecia touradas, não desdenhará certamente deslocar-se ao tal matadouro, pelo que, desde já, me prontifico a meter uma cunha a esse tal vago conhecido, quando o vir, para lhe abrir as portas e s Senhora se poder regalar com o espectáculo.

Com os meus respeitosos.
Sem imagem de perfil

De APC a 30.01.2012 às 12:32


Minha senhora,

Nem só a gente de esquerda é contra o sofrimento dos touros na arena, para satisfação e aplauso de uns tantos. Desculpe !
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 30.01.2012 às 17:31


Eu não sou especialista em corridas de toiros, mas segundo me dizem os especialistas, se o toureio for bem feito as farpas são espetadas num dorso que, apesar do sangue, não provoca dor. Aliás se provocasse essa dor que os senhores imaginam o toiro ficaria deitado no chão a sofrer. Mas como disse não sou especialista. Também sei que os toiros só existem porque existem corridas de toiros, após a corrida ou vai para procriar ou vai para o matadoiro. Se deixarem de existir as toiradas não sei o que acontece a esta espécie.
Sem imagem de perfil

De Eu sou especialista a 30.01.2012 às 19:12

E posso afiançar que, se ao toiro lhe doesse, ficaria deitado na arena como os jogadores de futebol na relva, contorcendo-se com dores até que lhes apliquem o spray milagroso...
Sem imagem de perfil

De Marquesa de Fajoses a 30.01.2012 às 13:01


Tem toda a razão, queriducha. Aquelas galinhas todas ali a sofrerem e não há bancadas à volta para podermos ir para lá bater palmas e a dar Olés... Tá Mal!!!

Bjs
Sem imagem de perfil

De Miguel Loureiro a 30.01.2012 às 13:02

Em contrapartida os direitoídes esquecem-se dos humanos... Não sei o que é pior!
Sem imagem de perfil

De Costa a 30.01.2012 às 14:28

Os direitóides esquecem-se dos humanos, diz. Como os esquerdóides fazem e fizeram (fala-se, e muito bem, do holocausto hitleriano; mas não se dá uma fracção dessa publicidade às matanças promovidas por Estaline, Pol Pot e outros).

Estaríamos para aqui longamente a argumentar quanto a quem matou mais, bem como quanto a essa absurda ideia da superioridade moral da esquerda. Mas não vale a pena.

O ponto é este: o sofrimento humano não desqualifica nem justifica o sofrimento dos animais. São coisas diferentes, de dignidade (ou desgraça) própria e ambas merecedoras de firme combate pelas pessoas de bem.

Costa 
Sem imagem de perfil

De Miguel Loureiro a 30.01.2012 às 16:34

Costa
A minha 1ª reação é sobre a classificação de "esquerdóide", que não é elogiosa, antes pelo contrário, que só pode ser feita por quem se acha acima desses desgraçadinhos. Cada um tem o direito de ser e pensar conforme a sua formação e a sua capacidade.
Como não sou comunista, guardo da história recente a análise que sou capaz de fazer, sem querer julgar, muito menos aplaudir quem manda matar pessoas, sejam de direita, ou de esquerda, porque sou contra as ditaduras e a favor da vida.
Estava apenas a responder numa perspetiva do AGORA!
Ainda há minutos ouvi Paulo Portas, que mais uma vez vai para Nova York, ouvir um senhor sobre as convulsões na Síria, porque está muito preocupado com os sírios, mas pelo que se vê, nada preocupado com as condições de vida dos portugueses, que de forma diferente passarão por horas de muito sofrimento, mas... É mais uma passeata, a Bem da Nação.
Já agora e por exemplo na Líbia, doeram-lhe mais os mortos por Kafafi, ou pela NATO?
Sem imagem de perfil

De Costa a 30.01.2012 às 17:22


Doeram-me todos, meu caro. Mesmo os que morreram defendendo convictamente uma visão da sociedade que em nada coincide com a minha (e que, se me calhasse viver sob a sua autoridade, me oprimiriam pesadamente). 

E já agora, quais os que mais lhe doeram?

É uma pena quando a esquerda, para não criticar o que se passa na Síria, tenha sempre que invocar os "podres" reais ou alegados, da direita. Como se um mal fosse pior que o outro.

Ou prefira esquecer muito convenientemente o que de outra forma toma como "questões fracturantes" e que, nesses países, Síria, Líbia, etc., etc. (o chamado Médio Oriente), são absolutos tabús.

É a tal "superioridade" moral: uma forma de a afirmar é desconsiderar liminarmente o outro. Decretar sem mais que o outro é indigno e tudo o que faça é mau.

A esquerda, convirá, tem uma longa e sólida história dessa prática. Como a direita. Só que, quanto à da direita, é obrigatório denunciá-la (até para um direitista que se queira "aceitável"); já a da esquerda, será sem dúvida uma mentira propalada pela direita.

Quanto ao nosso ministro dos Negócios Estrangeiros, desempenha o seu papel. Bem ou mal, será outra história e nem é para aqui chamada essa questão. Mas fá-lo. Ou acha você que porque estamos afundados (a esquerda afundou-nos... vá, desanque-me!), Portugal deixou de ter um ministério dos Negócios Estrangeiros, ou de ocupar, pequeno que seja, o seu lugar no tal "concerto das nações".

Isso é populismo, meu caro... Ou será que você, afinal, defende uma autarcia ao estilo norte-coreano?

Suponho que não, afinal diz não ser comunista nem aprovar ditaduras.

Mas desviamo-nos muito do tema...

Costa 
Sem imagem de perfil

De Miguel Loureiro a 30.01.2012 às 19:14

Costa
Aonde me quer levar? Que abuso é esse de me considerar defensor do regime norte coreano? Não tem estofo para discutir razoavelmente a sua opção (penso, sem ofensa, de direita) e avalia e julga quem não conhece?
Já levo uns anos disto e não tenho paciência para tanta convicção e clarividência...
Sem imagem de perfil

De Costa a 31.01.2012 às 12:23

Leva-lo a lado nenhum, nao teria tal presuncao. E nao o considerei defensor desse regime; ora tenha a bondade de reler o que escrevi e vera que termino considerando ser precisamente de afastar tal possibilidade. Pode o meu caro                 contrapor com razoavel firmeza perante o que lhe escrevi de inicio (invocando voce a Libia, a NATO - supremo horror, deduzo! e questionando nao sem evidente ironia a importancia que eu daria a uns e outros mortos -, ou a actuacao do ministro dos Estrangeiros), mas incomoda-se se a resposta esbocar tambem um pouco de firmeza. Admita-se que ha algum "sabor a esquerda", da tal que se arroga de superioridade moral, na sua reaccao.


Pergunto-me em qual de nos residira o abuso, se abuso houver. 


Quanto ao mais, ja levamos ambos, entao, uns valentes anitos e a ambos talvez va escasseando a paciencia. De modo que, se concordar, fiquemos por aqui.


Ah, de direita, sim. Sem qualquer ofensa (nao e estigma, nem sinal de menoridade intelectual, quero crer). E desculpe-me pela falta de acentuacao e cedilhas, por limitacao do teclado que de momento posso usar.


Costa
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 30.01.2012 às 17:33


Na minha perspectiva são os esquerdóides que se esquecem dos humanos, preferem os abortos e afins, que é matar humanos, mas estão muito preocupados em salvar os animais, quase ao ponto de se tornarem todos vegetarianos. São bastante verdes os esquerdóides....
Sem imagem de perfil

De Com o devido respeito por Vexas. a 30.01.2012 às 14:39

O assunto touradas é recorrente no CF. Ao contrário, não me recordo de posts abordando a horrorosa morte de idosos isolados de tudo e todos.

Mas Vexas. lá sabem.
Sem imagem de perfil

De E sobre touradas? a 30.01.2012 às 17:25

Quantos são? Quantos foram?
Sem imagem de perfil

De E, já agora a 30.01.2012 às 17:29

Veja lá bem se os posts que indicou se referem à frequente MORTE DE IDOSOS ISOLADOS DE TUDO. Olhe que não são, abordam o assunto "idosos" mas não na vertente da arrepiante morte em casa, sem ninguém.
Imagem de perfil

De Rui Crull Tabosa a 30.01.2012 às 14:45

Cara Maria,
Certa vez, depois de uma viagem à Europa central, onde cães entravam com os donos em centros comerciais e mesmo restaurantes, regressei à nossa velha península, onde, num camping, ouvi, sem conseguir dormir, o sofrimento de uns animais que, encurtando a história, fiquei depois a saber tratar-se de dois cães de médio-grande porte que o selvagem do dono enfiara no porta-bagagens enquanto bebia uns copos ali perto.
Por muitos comentários que esta questão da crueldade praticada nos aviários apenas em nome de uma celerada cupidez, podemos dar bem razão à máxima de que "África começa nos Pirinéus"...
Uma tristeza de gente que faz bem perceber o buraco em que nos encontramos.
Sem imagem de perfil

De Ai a minha vida a 30.01.2012 às 15:18

Ou eu ignoro onde ficam os Pirinéus, ou África inclui a terra onde há picadores e touros de morte (e não me refiro a Barrancos nem Monsaraz).
Sem imagem de perfil

De A propósito do BCP a 30.01.2012 às 15:32

Apesar do Sr. Amado, o BCP hoje desce mais de 5.5%. A senhora engana-se muito.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 30.01.2012 às 17:37

Isso é por causa dos prejuízos de centenas que o banco vai anunciar já no dia 3. É por causa do aumento de capital que vai anunciar e é por causa da entrada do Estado para ajudar o BCP a recapitalizar... é por isso que as acções estão a descer. Mande sempre...
Sem imagem de perfil

De Oh, diabo a 30.01.2012 às 17:47

Nesse caso, estar lá o Amado ou o que quando para lá foi levou consigo o Vara pouca diferença faz.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 30.01.2012 às 18:20

Isso de o Nuno Amado fazer ou não a diferença no BCP, só se pode avaliar depois do jogo...
Sem imagem de perfil

De Xarope a 30.01.2012 às 17:57

Cheira-me que hoje ao sr. Távora lhe dá uma coisa, despede os colaboradores quase todos do Corta-Fitas e fecha a loja.

Image


 

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • RR

    Trabalha sim. O trabalho dele é este mesmo: escrev...

  • Hugo

    E mesmo assim o Passos Coelho ganhou depois desta ...

  • anónimo

    Sim, vivem em conluio com o eleitorado.O PS certam...

  • Filipe Costa

    Em setembro de 2010, pouco antes da aprovação do O...

  • Tiro ao Alvo

    Este balio não trabalha. É um funcionário público,...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D