Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A fama que vem de longe...

por Rui Crull Tabosa, em 30.10.11

Bem pode José Sócrates tentar fazer crer que não telefonou a alguns dos seus ainda apaniguados, tentando pressionar o voto contra do PS ao próximo Orçamento do Estado, o que a ocorrer, diga-se, equivaleria ao suicídio político de António José Seguro (como a actual direcção do GP/PS já percebeu), posto que este romperia com o consenso maioritário em torno da necessidade de ajuda externa - solicitada, aliás, por um Governo do PS -, anatemizava-o na União Europeia e, last but not least, colava-o à esquerda radical do PC e do Bloco.

Bem pode Sócrates fingir que não telefonou, porque da fama não se livra, como bem o atesta o seu longomesmo muito longo, para não dizer longuíssimo cadastro em telepressão...

 

 



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro a 30.10.2011 às 21:22

Rui Crull Tabosa,quem noticiou é que deve fazer"crer". Isso é básico.  Uma noticia não é um post do corta fitas.
Imagem de perfil

De Rui Crull Tabosa a 30.10.2011 às 22:44

Pedro, sabe bem que, em relação ao dito senhor, até escutas de conversas com arguidos foram recortadas do processo (situação única em qualquer sistema de justiça de um país democrático), com o falacioso argumento de que se tratava do pm e, por isso, estas tinham de ser previamente autorizadas pelo presidente do stj (como se fora ele o alvo, que era, só podia ser esse o objectivo da lei proc. penal).
 O Público mantém a notícia e, evidentemente, não acredita que alguém dará a cara por ela, pois não?
Facto é que a actual direcção do PS já veio dizer o que pensa (e bem) de Lello e outros que querem estorricar Seguro na primeira curva.
De resto, como lembrei no Post, todos mentiram sempre quando acusavam Sócrates de  os pressionar?
Como disse, é uma fama da qual ele nem em França se livrará...
Sem imagem de perfil

De Pedro a 31.10.2011 às 00:20

Não falo de fama, falo de jornalismo.  Aliás,nunca dei como certo nada acerca de ninguém,baseado em fama.
Imagem de perfil

De Rui Crull Tabosa a 31.10.2011 às 08:57

O título do post inspira-se num certo Brandy, cuja fama vinha de longe...
Sem imagem de perfil

De Eu cá sou assim a 30.10.2011 às 22:21

Se ele diz que não telefonou, eu acredito.

Era só o que faltava, não acreditarmos num licenciado (a um Domingo) que sempre se faz passar por engenheiro.
Sem imagem de perfil

De anónimo a 31.10.2011 às 12:18

 


 


É uma criatura que não inspira muita confiança, basta recordarmos um passado recente. A 1700 km de Lisboa a dar palpites e a instilar os seus correligionários a concretizarem vingançazinhas, revela que a sua postura não é, nem nunca foi, a de um estadista. Convinha aproveitar o tempo para estudar e valorizar-se, até porque não deve ser nada barato estudar em Paris, só mesmo para gente muito abonada??? Uma percentagem mínima o faz.




Sem imagem de perfil

De CAL a 31.10.2011 às 09:23

A nau a pique e um dos comandantes, responsável direto pelo abalroamento, a abandona!
Isso não é ser, frouxo, covarde? Além de cobarde não é inteligente, podia dizer burro mas não digo, não sabe que este governo, ou qualquer
outro , não melhorando a situação econômica do país todos os políticos podem vir a prestar contas à justiça do povo?

Sem imagem de perfil

De jeronimo a 31.10.2011 às 16:02

Tanta mesquinhez junta !! 
Parece um encontro de velhas bisbilhoteras a comentar as vidas dos outros.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D