Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




SIC e TVi promovem fim de semana antidemocrático

por José Mendonça da Cruz, em 16.10.11

O mau jornalismo, a irresponsabilidade, o histerismo que perpassou os noticiários de Sic e TVi durante este fim-de-semana é de uma gravidade extrema e deve pôr de sobreaviso espectadores, partidos e governo. Eu sou dos 99% que não reconhecem representatividade a grupúsculos de extrema esquerda que querem impor na rua o seu ideário falido, nem aceitam que estações de televisão os promovam com peças parciais, desqualificadas e sem grão de jornalismo.

Eu sou dos 99% que se indignam quando a TVi emite que «Portugal desceu à rua». A TVi não sabe o que é informação e mente. Portugal não desceu à rua. Uns milhares de pessoas representando nada em concreto desceram à rua.

Eu sou dos 99% que se indignam quando a Sic vislumbra que «milhões desceram à rua» na Europa. A Sic faz jornalismo de contrafacção e mente. Não houve milhões a descerem à rua, não houve uma «manifestação global». Houve alguns milhares a descerem à rua em várias cidades, por causas muito diversas e na maior parte desenterradas do caixote do lixo da história.

Eu sou dos 99% que se indignam quando a mesma Sic entrega a estagiários pretensiosos a responsabilidade de textos puxavante e pseudopoéticos com que acompanha imagens de aglomerados de 30 pessoas.

Eu sou dos 99% que reduziram à sua insignificância política e representativa (aqui, na Madeira e no Mundo) os velhos frustrados e os jovens passados que gritam na TVi que «o capitalismo morreu».

Sou dos 99% que não viram, como viu algum pobre néscio na TVi, uma «assembleia popular» frente à Assembleia da República. A TVi alucina PRECs. Aquilo não era uma «assembleia», era uma pequena manifestação. Aquilo não era «popular», era marginal e minoritário, representava uma franja. Um lídimo representante da franja, perguntado, respondeu que «ficaria ali até se resolver alguma questão de fundo». Eu sou dos 99% que perdeu a paciência para a glorificação dos broncos.

Eu sou dos 99% que, num raro momento de alívio cómico proporcionado pela RTP, se riu muito com as habituais excentricidades alinhadas por Boaventura Sousa Santos.



16 comentários

Sem imagem de perfil

De carneiro a 16.10.2011 às 15:15

Subscrevo. Tudo.
Sem imagem de perfil

De IO a 16.10.2011 às 15:25

A "jornalista" Felgueiras parecia a manifestante mais radical da manif...

 
Sem imagem de perfil

De Dazulpintado a 16.10.2011 às 16:27

Mais radical, ou mais histérica?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2011 às 23:23


Acha?
Imagem de perfil

De Pedro Freire a 16.10.2011 às 16:06

Também subscrevo. Quando um gatuno é apanhado pela polícia e preso, os jornalistas nunca esquecem de juntar a palavra "alegado" ou "suspeito" ao substantivo "ladrão". Mas a Sic e a TVi tomaram como boas e provadas as designações que os chamados indignados deram às suas manifestações. E a entrevista ao sociólogo Boaventura foi a cereja em cima do bolo (Mas ajudou a explicar muita coisa).
Imagem de perfil

De Réspublica a 16.10.2011 às 16:24

A RTP Informação não esteve melhor... a filha da Fátima Felgueiras falava em razão da manifestação e medidas injustas que justificavam o ataque ao Parlamento!
Todas as declarações televisivas deviam ser analisadas para verificar a existência de responsabilidade criminal.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2011 às 16:25

Definitivamente a comunicação social é controlada pela esquerda. Que cambada de arruaceiros...se estão mal, que vão trabalhar para a Alemanha, ah...que disparate meu, eles não querem trabalhar...


Luís
Sem imagem de perfil

De Fim da festa 'pá'! a 16.10.2011 às 17:39

Chamar excêntrico ao catedrático em expedientes de parasitagem é pouco.
Sem imagem de perfil

De Enfim... a 16.10.2011 às 18:53

Achei piada as todas as peças de todas as tv's que vi (e foram várias) falarem em «milhares» de pessoas.

Milhares, nos dias que correm, em que uma avaliação muito mais precisa se faz facilmente, é pouco, muito pouco: milhares tanto podem ser 10 ou 20 ou 30 mil como simplesmente 2 mil.
Sem imagem de perfil

De Zé do Pé a 16.10.2011 às 18:54

Vão mamar todos. Se fizerem as contas chegará a milhões, concerteza. Só 200 mil pessoas em Roma. Se querem fechar os olhos fechem. São sempre os mesmos idiotas a pôr as culpas nos media. Palhaços.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2011 às 19:59

O senhor José Mendonça da Cruz é um verdadeiro democrata. Devia ser candidato a Presidente da República. Ou então exilado para o Ártico. Em ambos os casos não se perdia nada.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2011 às 23:22

Mas que belo naco de prosa (balofa, parece) do homem dos 99%.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D