Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Top of the pops

por João Távora, em 30.08.11

Eu sou sua menina, viu?
E ele é meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

"O meu Amor"

Maria Bethânia 

 

 

Por estes descontraídos dias de Agosto, na intimidade com os meus discos tive privilégio de recordar alguns antigos temas de Maria Bethânia. Quase estranhei aquela poesia reencontrada (da própria cantora, do seu irmão Caetano, de Chico Buarque ou outros), que nos anos setenta se cantava de forma tão encantadoramente explicita: o amor, erótico ou romântico; o encontro, o desencontro, a dor da separação. Talvez porque a liberdade era então para todos nós uma descoberta preciosa, porque a vulgarização ainda não tomara conta destas palavras hoje banidas da canção popular, ou simplesmente envergonhadas sob fórmulas abstratas e puritanas. Ou porque o encantamento tornou-se ingenuidade?

 



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • joaquim

    mas afinal quem é demagogo ? os que sistematicamen...

  • Carlos Conde

    Há formas de pensar que revelam muito.É uma chatic...

  • Anónimo

    Ah, é o velho argumento de que perde a autoridade ...

  • henrique pereira dos santos

    Têm benefícios fiscais, têm concessões de serviço ...

  • Luís Lavoura

    sugeri que todas as organizações que recebem apoio...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D

    subscrever feeds