Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Europa

por Luísa Correia, em 20.07.11

 

(... em Santa Apolónia)

 

O que é precisamente a Europa? É, desde logo, um continente. É, depois, o sonho político de uns quantos visionários que, sobre as sementes da paz lançadas à terra no rescaldo de 39-45, germinaram a ambição de um grande Estado aglutinador, capaz de responder aos desafios da globalização e de equilibrar nos pratos da balança os poderes jovens, sôfregos e incontidos da América e das economias emergentes. E a Europa é isto; só isto. Para ir além disto, continente e sonho, não bastariam nunca as vontades daqueles quantos, poucos, visionários. Seria necessária uma identidade europeia, que não bebesse apenas da contiguidade geográfica, menos ainda dos interesses mercantis, que dividem, mas que se fundasse numa cultura e numa língua, que unem. Seria necessário que as paredes do edifício se alicerçassem numa qualquer afinidade entre as gentes e que a ausência de fronteiras significasse muito mais do que o mero fecho dos postos de controlo das entradas e saídas. Infelizmente, os visionários, na sua pressa de ver obra feita, começaram a construir o edifício pelo telhado. E pelo telhado ficaram: não há paredes, nem há alicerces. É por isso que a palavra «solidariedade» me parece, nas actuais circunstâncias, tão hipócrita. Os meus sentimentos pelos alemães frios e disciplinados que têm subsidiado o meu país são reservados. A simpatia dos alemães por povos que consideram madraços e pedinchões tem de situar-se abaixo da linha de água. E a «abominável mulher das neves», Senhora Merckel, limitar-se-á, com toda a probabilidade, a dar voz aos pontos de vista de quem a mandatou.

Autoria e outros dados (tags, etc)



13 comentários

Sem imagem de perfil

De Osório a 20.07.2011 às 20:21

Foto fantástica...
Sem imagem de perfil

De Velho da floresta a 21.07.2011 às 00:25

Não partilho da sua visão. Seja como for, esta sua fotografia, é absolutamente FANTÁSTICA.
Sem imagem de perfil

De Lxa a 21.07.2011 às 09:48

Grande ideia do Costa & Zé, porem monumentos a flutuar nas poças de água da capital. E ainda se queixam da CML.
Sem imagem de perfil

De Pedro Barbosa Pinto a 21.07.2011 às 10:59


Ora aí está porque sou pró-Iberismo, Luísa. Comecemos o edíficio pelas paredes, pelos alicerces.Porque não sermos nós a dar o exemplo como o fizeram os nossos egrégios avós?!
Dizia Gandhi que se queremos mudar o mundo, temos que nos mudar a nós mesmos. Porque apontar o cisco no olho da Merkel se não vemos a trave no nosso? Se não acabarem os nacionalismos bacocos, de 'continente e sonho', o significado de Europa só pode mudar para 'continente e pesadelo'.
Sem imagem de perfil

De carneiro a 21.07.2011 às 11:18


 A Senhora é a grande responsável por eu ter arrumado o meu equipamento fotográfio.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 21.07.2011 às 14:35

Que raio de cultura política Europeísta é essa que não aceita vários países?
Que diz: para não haver guerra precisamos de ser todos iguais.
É a cultura da tirania.
Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 21.07.2011 às 18:51

Foto belíssima e metafórica! Quanto à Europa, se tivermos em linha de conta o crescente poder dos grandes países asiáticos, acabaremos dizer como certo autor francês: "A Europa, esse pequeno cabo da Ásia...".

 
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 21.07.2011 às 19:08

Obrigada pelos V. comentários e lisonjeiras apreciações. Tenho de esclarecer que sou uma europeísta convicta. Mas talvez só os meus netos ou bisnetos venham a conhecer uma Europa unida, quando a livre circulação já os tiver feito esquecer a noção de fronteiras e o inglês – tudo indica que seja o inglês – se tenha tornado a língua comaterna (a par da língua/dialecto própria(o) da «região» de origem). Até lá, a Europa será sempre e apenas uma confusão. :-)
Sem imagem de perfil

De JdB a 22.07.2011 às 09:43

Será que a Europa é apenas, como Santa Apolónia, um reflexo bonito num charco de confusões? Mande as suas fotografias para as cimeiras, porque elas serão objecto de consenso alargadíssimo.
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 22.07.2011 às 18:33

João, :-)))
Sem imagem de perfil

De pedro oliveira a 22.07.2011 às 20:16

Essa Santa Apolónia não será Santa Clara?
O campo de Santa Clara onde se realiza a feira da ladra?
Metaforicamente até seria mais interessante; a feira da ladra, simbolizando a Europa num charco...
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 23.07.2011 às 10:15

É Santa Apolónia, Pedro. A fotografia foi tirada num daqueles parques de estacionamento à beira-rio. Mas o recinto da feira da ladra cairia que nem ginjas! :-)))
Sem imagem de perfil

De pedro oliveira a 23.07.2011 às 11:10

Eh, eh, eh.
Ok, já percebi tudo e faz sentido.
Obtida nesse local aquilo que vemos na imagem é o casario de Santa Apolónia e a cúpula (fui ver ao dicionário para não trocar as vogais) da Igreja de Santa Clara.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...

  • Anónimo

    Este andaço para pouparem a vida dos animais é dev...

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D