Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não aprenderam nada

por José Mendonça da Cruz, em 29.06.11

António José Seguro foi agora mesmo debater ao Frente a Frente do Jornal das 9 da SicNotícias. A sua intervenção serviu para explicar que o PS não muda nem aprende nada.

Sobre as viagens de Passos Coelho em classe económica, em vez de executiva, disse que não havia poupança, porque a TAP não cobra. A Tap devia cobrar, é evidente, mas o facto de Seguro crer que não há poupança resulta dessa crença muito socialista (ou esse fingimento muito socialista) de que há almoços grátis. Há poupança, evidentemente, nos lugares mais caros que a decisão de Coelho assim liberta - mas é difícil explicar isto a um socialista.

Sobre o programa do XIX Governo, Seguro diz que não concretiza. Poder-se-ia explicar que um programa de Governo tem que consistir, como este consiste, em objectivos e medidas, e que a concretização dessas medidas fica para as propostas e projectos de lei. Mas Seguro, a quem a vacuidade e o excesso de advérbios de modo nunca afligiram, queria ver um programa com, além de objectivos, medidas e calendários, os próprios projectos e propostas de lei.

Seguro detecta, ainda assim, todo o programa de um governo liberal e conservador. E isso há-de ser verdade. O programa não se ocupa das urgentíssimas questões do aborto, ou da eutanásia, ou do casamento homossexual. Nem da adopção por gays, nem da regionalização, nem da eutanásia. E insiste no papel da sociedade civil. E do rigor e exigência, E da família. Tudo coisas horríveis, como os socialistas sabem. Os socialistas gostam é de solidariedade como política externa (ou seja, que os países que trabalham e aforram paguem tudo aos que não produzem e gastam demais) e de «social» como política interna (ou seja, que os que ainda trabalham e têm emprego se regozigem de ser asfixiados com burocracia e impostos para pagar negociatas estatais).

    



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Lura do Grilo a 29.06.2011 às 23:55

Isso mesmo! Não aprendem! Uma decadência continuada mas com laivos de arrogância e visão das vaquinhas que tocava em pequenito para tirar água do poço: nenhuma (tinham umas vendas). 

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/o-povo-merece-a-arro...

  • Anónimo

    Acho que está enganado: os portugueses são uns pap...

  • Anónimo

    “With COVID-19, the inflammation goes haywire, and...

  • Anónimo

    A história analizará o desempenho de Centeno como ...

  • Anónimo

    Neste caso, de esta pandemia, óbviamente que não s...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D