Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não aprenderam nada

por José Mendonça da Cruz, em 29.06.11

António José Seguro foi agora mesmo debater ao Frente a Frente do Jornal das 9 da SicNotícias. A sua intervenção serviu para explicar que o PS não muda nem aprende nada.

Sobre as viagens de Passos Coelho em classe económica, em vez de executiva, disse que não havia poupança, porque a TAP não cobra. A Tap devia cobrar, é evidente, mas o facto de Seguro crer que não há poupança resulta dessa crença muito socialista (ou esse fingimento muito socialista) de que há almoços grátis. Há poupança, evidentemente, nos lugares mais caros que a decisão de Coelho assim liberta - mas é difícil explicar isto a um socialista.

Sobre o programa do XIX Governo, Seguro diz que não concretiza. Poder-se-ia explicar que um programa de Governo tem que consistir, como este consiste, em objectivos e medidas, e que a concretização dessas medidas fica para as propostas e projectos de lei. Mas Seguro, a quem a vacuidade e o excesso de advérbios de modo nunca afligiram, queria ver um programa com, além de objectivos, medidas e calendários, os próprios projectos e propostas de lei.

Seguro detecta, ainda assim, todo o programa de um governo liberal e conservador. E isso há-de ser verdade. O programa não se ocupa das urgentíssimas questões do aborto, ou da eutanásia, ou do casamento homossexual. Nem da adopção por gays, nem da regionalização, nem da eutanásia. E insiste no papel da sociedade civil. E do rigor e exigência, E da família. Tudo coisas horríveis, como os socialistas sabem. Os socialistas gostam é de solidariedade como política externa (ou seja, que os países que trabalham e aforram paguem tudo aos que não produzem e gastam demais) e de «social» como política interna (ou seja, que os que ainda trabalham e têm emprego se regozigem de ser asfixiados com burocracia e impostos para pagar negociatas estatais).

    

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Lawrence a 29.06.2011 às 22:45

Talvez as pessoas que não ligam muito à política ainda não tenham percebido que os nossos socialistas tentam chegar ao governo apenas para, por um lado alimentar muitas bocas que se fartam de passar por baixo da mesa quando não estão no poder, e por outro distribuir umas "benessezinhas" ao povinho para os manterem lá.
E daqui não passam!
Entretanto acaba-se o dinheiro, e lá vem esses malandros liberais e reformistas e mais não sei o quê das direitas, mais esses ladrões do FMI, tornar a endireitar a casa, enquanto o povinho se vai outra vez esquecendo do que os nossos socialistas fizeram antes, e os tornam a pôr lá para mais uma rodada!
E aqui andamos feitos pescadinha-de-rabo-na-boca até que um dia isto estoira da vez!
Sem imagem de perfil

De CAL a 30.06.2011 às 10:45

Falta pouco.
Sem imagem de perfil

De Lura do Grilo a 29.06.2011 às 23:55

Isso mesmo! Não aprendem! Uma decadência continuada mas com laivos de arrogância e visão das vaquinhas que tocava em pequenito para tirar água do poço: nenhuma (tinham umas vendas). 
Sem imagem de perfil

De Passaroco do Mondego a 30.06.2011 às 00:16

Nem mais!... Muito bem!... Saudações e um obrigado!..
Sem imagem de perfil

De CAL a 30.06.2011 às 10:57

Vale, vale tudo para chegar ao poder, a mentira virou rotina e o povo continua a acreditar!
Sem imagem de perfil

De CAL a 30.06.2011 às 13:56



Sei que, se recorrer aos bancos (agiotas) e atrasar nas
prestações, vou ser assaltado, tudo de acordo com a lei(?) e a ... moral! Quem
deve paga, é a lei que nestes casos funciona muito bem. Sabedor disso,
contenho-me, não vou no canto da sereia da propaganda consumista.



Espanta-me ver tantas BMW, Mercedes e outros caros carros,
mansões, viagens ao exterior de passeio, tudo financiado com dinheiro plástico
(o mais caro).



Muita coisa vai ter que mudar. Vivemos acima das
possibilidades. Não é justo dividir com o pobre a conta do almoço da qual não
participou.



Culpado é o governo que perdeu o controle da economia,
endividou-se e levou o povo a endividar-se. Conhecia muito bem as regras da
banca assassina onde recorria e da qual participava com dinheiro público. Mudar
o poder econômico no mundo vai demorar, até lá temos que fazer a nossa parte, gastar
de acordo com as nossas possibilidades e não eleger mentirosos.



 



  

Sem imagem de perfil

De CAL a 01.07.2011 às 10:31

Que é isto Sr. JMC, deu vírus?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Nahir Bantam Sêguroh

    com tempo arde tudo e resta só o granito esculpido...

  • João Sousa

    Extrapolar resultados (ou sondagens) de uma eleiçã...

  • Anónimo

    Grosso modo, os 5 partidos com um intervalo = ou &...

  • Luís Lavoura

    um infeliz acidente rodoviário é coisa para nunca ...

  • António

    Nem sei como há ainda quem leve o BE a sério. Um p...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D