Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A estéril ditadura do p.c.

por José Mendonça da Cruz, em 29.05.11

 

No Público de ontem, a jornalista São José Almeida lança-se numa diatribe contra o centrista Pires de Lima, que é, toda ela, a ululante demonstração prática de como o politicamente correcto estiola e degrada o pensamento.

 

Que disse o zurzido Pires de Lima? Referiu-se, num jantar-comício de campanha do CDS, em Braga, à «minha menina do GPS».

Foi quanto bastou para que São José Almeida apontasse na «frase em si» todo um «programa político». Que sentenciasse Pires de Lima ao inferno posmodernista porque «a voz que ele ouve é a de uma mulher, logo é menina», e porque «ele comprou o GPS, portanto a menina é dele». E que isto é «sexismo e a perpetuação de arquetipos», e que assim «atribuem à mulher um papel subordinado ao homem», e que isto é de um «machismo empedernido», e que os políticos estão «desfasados e longe das pessoas».

Se São José Almeida se permitisse pensar fora do preconceito, como os cultores do p.c. nunca conseguem fazer; e se São José Almeida não acreditasse falar de algum pedestal que ninguém lhe vislumbra sob os pés; e se, aliás, São José Almeida soubesse, realmente, pensar - teria compreendido algumas coisas muito simples.

Primeira. Quando Pires de Lima diz «menina», di-lo porque não quis dizer «mulher». Coloca imediatamente a frase no domínio das declarações não sérias, figura que evita que zelotas como São José Almeida ponham em tribunal cada tirada de humor.

Segunda. Quando Pires de Lima diz «menina do GPS» translada imediatamente a questão para o domínio das engenhocas electrónicas, ou seja, despersonaliza a referência, diz que está a falar de bytes.

Terceira. Quando Pires de Lima diz «a minha menina do GPS» está a dizer que a menina é do GPS e que o GPS é dele. Ver nisto traços de «linguagem absurdamente sexista» é absurdamente fanático. 

Quarta. Que um homem que atribui «à mulher um papel subordinado» não pode ser seguramente o mesmo que depende de uma mulher, ou mesmo de uma «menina do GPS», para o orientar.

E quinta. Que Pires de Lima, estando talvez «desfasado e longe das pessoas», no entanto obteve, na última votação a que se apresentou nas listas do seu partido, a preferência de 592 997 pessoas. São José Almeida quantos leitores tem?

O título do artigo de São José Almeida, na pág. 32 do Público, vem sob o título «Não aprendem nada?» Mas, afinal, a resposta é sobre ela e os outros fiscais do p.c. Não aprendem nada? Não.

 


2 comentários

Sem imagem de perfil

De vítor a 30.05.2011 às 00:10


mas então ainda perdem tempo a comentar os artigos dessa senhora? Oh, meu deus...ontem foi um artigo criticando Passos Coelho a propósito de nada...Coitado do jornal Público! com articulistas destes vale mais o dono fechar a loja.
Sem imagem de perfil

De Vítor a 30.05.2011 às 12:22

Eu li este mesmo artigo de opinião de tão ilustrada senhora. E no fim da leitura só me vinha à cabeça uma expressão. Eu que nem sou de usar calão. "Ora f___-se minha senhora, dedique-se mas é à ficção.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Nelson Goncalves

    Certo. Seguindo esse raciocínio não se podem const...

  • passante

    É o "Trump derangement syndrome" que se arranja cá...

  • VV

    Os funcionários e outros colaboradores que irão ex...

  • Ricardo

    Está mas é preocupadinho com a pensão diga lá,não ...

  • Elvimonte

    Ainda sobre CDSs e ataque especulativo à dívida po...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D